Isto de enfrentar os interesses sai bué da caro

Ricardo Costa - Passos - Sócrates

+

Olhem quem fala, outra vez

__

A carta de Sócrates onde acusa Passos Coelho de miséria moral é chocante. Como é que este tipo, preso preventivamente sob suspeita de um crime que, a ser provado, abrirá um novo capítulo na História de Portugal, se atreve a defender a sua honra? Como é que o alvo das maiores, mais prolongadas e mais ferozes campanhas negras neste país, desde que há democracia, tem a lata de vir descrever a realidade como ela é, dimensão onde existe um Passos Coelho que faz da pulhice uma táctica política? Como é que um ser humano que se pretende afastar, humilhar e destruir por medo do seu poder político consegue ainda ter o desplante de reclamar o seu estatuto de cidadão? Chocante.

Essas ondas de choque estão manifestas nas reacções de dois sofisticados guardas pretorianos da actual direita. Ricardo Costa, que se imagina mais inteligente do que todos os políticos juntos, mas que nunca fará política por ainda ter uma réstia de lucidez, deu os parabéns a Passos. Parece que ele já sabia como é que Sócrates iria responder, pelo que engendrou este resultado, garante o mano jornaleiro. É a visão de um cínico inveterado, o qual tem um entendimento da política ao nível da Feira da Malveira. Mas cumpre o seu papel de spin doctor com zelo, Balsemão deve estar satisfeito. David Dinis vai por outro caminho, culpa a vítima. E é delicioso o grau de hipocrisia atingido quando alega que Passos nem sequer estava a pensar em Sócrates quando fez as declarações que toda a gente, a começar por quem o aplaudiu aos urros, entendeu como se pretendia fossem entendidas. Um craque perante audiências cuja idade mental não ultrapasse os 12 anos (e vá lá, vá lá…).

A direita para quem Ricardo e David falam não se importa nada com a sonsice de Cavaco e Coelho, tal como estava encantada com a sonsice de Seguro. A sonsice é uma característica intrínseca à cultura da oligarquia, fazendo parte dos códigos ancestrais da vida palaciana. A calúnia nasce como necessidade de comunicação num ambiente onde toda a frontalidade será castigada. O rei vai nu, o bispo de ceroulas e o general usa sutiã. Falai baixinho e para o lado, aprendem no berço. Em contraste com esta celebração da cobardia, Sócrates é bem capaz de nunca ter sido apanhado em público a proferir uma calúnia, sequer uma difamação ou suspeição. Aliás, o ódio que sobre ele despejam figuras estruturantes do poder português, como Cavaco, Belmiro e Soares dos Santos, justifica-se cristalinamente se recorrermos ao argumento de Marco António Costa utilizado para proteger o tal primeiro-ministro que pertence à raça dos homens que garantem com voz de barítono pagar todos os impostos: “Nos últimos anos o primeiro-ministro enfrentou muitos interesses, isto paga-se caro.“.

Olá se paga.

30 thoughts on “Isto de enfrentar os interesses sai bué da caro”

  1. Com o tema da invasão do Iraque aprendi a distinguir o que é uma pessoa decente e inteligente nos media e na política internacional. Com o processo Sócrates aprendi a distinguir o mesmo, em Portugal. Não confio em ninguém que não perceba a monstruosidade que está à nossa frente. Desprezo em absoluto quem dela se aproveita para fazer o seu ganha-pão.

  2. a política é uma coisa tão séria para ser abusada. mas quando é que passará a haver testes psicológicos para quem quer exercer o cargo?

  3. Mas lá que acusou o toque, acusou. Estará distraído? Pensa que pode continuar a falar porque tem audiência e esta tem peso? Ou simplesmente, desconfia de si próprio ou é verdade o que anda por aí dito e a melhor defesa é o ataque? É assim tão vulnerável? O homem, em qualquer das hipóteses, está errado. Mal assessorado, ou, então, teimosamente impositor, o que faz do seu advogado um pau mandado que, por isso, vê gorada a defesa jurídica a curto e longo termo. Se isso é assim, ainda se há-de escabelar…

  4. temos um prumeiro menistro a quem o sócras chamou “miséria moral” e quem reage em sua defesa da sua honra são os jornaleiros de serviço e a puta do regime que vêm timidamente dizer “ah, enfiou a carapuça, ninguém disse o nome dele”. nem se dão conta da figura que fazem de sabujos, até o santa coisa da misericórdia já disse que o imbecil deveria pedir desculpa aos contribuintes da segurança social e aos portugueses que vivem acima das suas possibilidades.

  5. está aberta a campanha. tudo do lado da direita, claro. se o costa (antónio) não se põe a pau vai ser engolido na boa. a única coisa a fazer é denunciar esta imprensa sabuja e parcial. se o não fizeram, se insistirem em tratar a imprensa como imparcial então o costa é comido, apesar do horrendo que é actual governação e do trafulha do passos.

  6. hum, mauzões, mauzões. Se os xuxas de cima mandassem, clones entre si, tudo o que não partilhe da sua (in) douta opinião seriam engavetados num ápice. No entanto, «ils sont Charlie». Bá, bão lá pór a vela em frente a ébora, ou rumem a Massamá, e enxertem de porrada o gajo que enganoue a segurança social e não deixou que se pagassem mais passos e libros aos filhos dos trabalhadorrrs. Malandro. o pobo unido jamais serrá bencido. biba o suvsidio de desempregu, bá éra melhor num travalhare do que estare a ganhare o salário minimo, tá beie? cunboque-se uma grebe dos trabalhadorres, cuntratem os cumunas, queçes gajus cantam melhor o atentado aos dirreitos, cu Costa num teie boz, o irmao fala pur ele, e o costa fala xinêze, num é? oqueie. socrates pá, só gostas de sitios caros, ora é parise ora é ebora. fazes falta meue.

  7. muitos gostariam que Sócrates enfiasse a viola no saco, mas acontece que o homem não está para aí virado e, ao contrário do que dizem, não está politicamente morto. quanto à sua defesa, sabe-se que está a cumprir a lei, ao contrário da acusação que, à falta de matéria de facto para fazer uma acusação que possa dar uma condenação em julgamento, vai lançando merda na ventoínha para o povoléu fazer a sua justiça na praça pública. os ricardos costa e os josés maneis fernandes desta vida são peões assalariados que estarão sempre disponíveis a apoiar a invasão de qualquer “iraque” esteja ele onde estiver.

  8. quem não se sente não é filho de boa gente.o alexandre ainda não conseguiu provas para justificar a prisão, e temos esta pulha armado em serio, a fazer julgamentos antecipados.atenção dado as empresas onde passos entra para ter o papel de facilitador,pode estar acontecer que estas fugas aos impostos e às contribuiçoes à segurança social,pode ser um truque para se armar em pobrezinho! investiguem!

  9. Muito estranharia que Sócrates não respondesse de imediato e com acutilância ao traste que temos por primeiro ministro.

    E mais uma vez demontrou a sua grandeza moral.
    Isto é o que mais incomoda e faz ranger os dentes de gentalha como o comentarista ricardo.

  10. “Carlos Alberto
    5 DE MARÇO DE 2015 ÀS 23:21
    E não está o Senhor/a ignatz a defender diariamente a honra do Sr Sócrates?”

    Não, na minha maneira de ver, está a defender o estado de direito. E quem não vê isso é tão cegueta como o cegueta, que pelos últimos comentários, mostra o que anda por aqui a fazer.

  11. sr. carlos alberto,

    reparei agora na sua pergunta:

    “E não está o Senhor/a ignatz a defender diariamente a honra do Sr Sócrates?”

    e para que não fique na dúvida ou sem resposta, aí vai:

    se calhar estou, mas também estou a dizer o que penso e de borla, enquanto os costas, os dinizes e outras coisas leais a coelhos que outrora fazia uns bicos ao vale de azevedo, são pagos para desenrascar o passarólas com meios poderosos que não estão ao alcance do ignatz, daí a eficácia daquilo que escrevo ser nula, só perturba tótós de má consciência ou fachistóides do pensamento único tipo cegueta.

  12. Como é que há pessoas, que passados quase quatro anos desta politica criminosa, ainda se dispõem a defender um homem que teve o Relvas como braço direito.

  13. O que esta “malta” não daria para terem Sócrates fora da prisão. Assim sempre tinham a desculpa de ser ele o autor das notícias acerca de Passos e do esmiuçar da sua vida contributiva.
    A “perturbação da ordem pública”, uma das razões da detenção não pode ser alegada. Que chatice!

    Afinal são jornalistas, que pelos vistos, se regem pelo estrito dever deontológico sem partidarite! Belmiro está a engolir sapos, ele que nas últimas eleições apareceu nos comícios de Passos, idolatrando o messias do comércio e afins !

    Soares dos Santos, o tal que disse que a única coisa séria do Pais era o PCP, pondo-se ele no lado dos não sérios, é outro dos indefetíveis também vai ter que engolir catervas deles!

    E assim vai o mundo, pequenino, de gente mesquinha e também pequenina!

  14. “foi distracção e falta de dinheiro” – primeiro ministro de portugal
    “não vai chegar para pagar as despesas” – presidente da república portuguesa

    só falta vê-los a cantar o fado do desgraçadinho na rua augusta, porque do resto já vimos tudo

  15. Mauzões, mauzões, deixai o sócrates em paz, bá, quele é inussente. Hum. Bolas, o intercessor mor e autor de pareceres burridicos aqui do dispensário é que teie razão. Bá, ajudem-no a fazere o requerimentu pra põr o inucente cá fora. Faxistas, faxistoides, o ignatze é que tem razão, ele e a gaja em quele se transforma – a ignatizia, debe ser a corcunda que o acumpanha na caveça. magistratura malandra, que tenze prezo um inocente, ele enriqueceu com muito travalho, muito travalho, pôs o país saiu da miséria, bendeu a suverania á óniãoe eurrupeia, turnó-se amigue do chavez e prontos. agora beio este pulha do passarólas inganare os passos e os libros dos filhus do ignateze, marreco. debias tare taméie em ébora, pá. não, ébora não, caíe é só pra finus, tu cumo és de maçamá, debias tare no linhó, pá. e tu ó ricardu, debias calar-te, tá beie, fazeres cumó teue irmãoe, prazebes? hum? oqueie.

    sugestãoe: cunbidare o ignatezes e seus deribatibos a fazer parte das interbenções xirúgicas permanentes. quere dizere as uficiais, purque ele num larga o dispensário. oqueie.

  16. O Costa continua estranhamente calado, diz o enapa. Será porque tem rabo de palha ? Porque Costa não quer comentar o assunto, chegando a ser ofensivo para uma jornalista da SIC que queria uma opinião sobre o tema da actualidade ? Porque joga tão à defesa que até os Alegres estão admirados ? Se o Ferro também já entrou no baile, porque será que o Costa tem medo ???

  17. o campusinato anda desantento às notícias ou só ouve o que lhe interessa, tal como ofensas a jornaleiras mal educadas da sic. já aí botei links das declarações do costa que estragam a versão sic dos bucólicos da outra senhora.

  18. num se metam cum o 44, pá, cu 44 pá, tá inussente, pá. presunçãoe, tão a bere? ó ignatezes pá, cunta aí, já fizestes o requerimento pá? oube, faz queixa do irmão do teu chefe costa, queixa crime, tá beie? pede ajuda À vastunária pá, ou a lórensso, qué ispexialista em recursos de gabeta e em supósições de bóletim, tás a bere? tenze ali matéria pra inbestigaçãoe, bá, abança. tenze aí um linque ca sirba de proba? hum? tensze?
    oube, tu que saves tanto de linques, bé lá se descobres quem foi o gaju que fez um recurso pró socrates, mas foie indeferido porque aquela iscrita era um cópi peiste de um artigo do jurnale? num ma digas ca fostes tu, pá? informame, oqueie?

  19. Ignóbil, só estava a reflectir na frase do enapa, porque é que o Costa estará à retranca ? Rabos de palha ou de facto o homem é mesmo vazio, já que ideias o melhor é nem falar.

  20. Ignatezes, oube a Olinda, acabou de te mandar um recado. ora baie ber, parece que tu é que teis o privlema da cumixãoe, pá, atãoe, tens o pendente escaldado e com peles a saíre? Tás a berre, andas-te a meterre cum quem num debes, e comes de todo o ladu. Oube, pur içi é que num largas o dispençario num é? unguento, unguentozinho, oqueie?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.