9 thoughts on “Há 60 anos, na civilizadíssima Inglaterra”

  1. Bom dia Valupi,
    Sem dúvida. Um crime absurdo.
    Se bem que menos “comentarista” continuo a passar por aqui todos os dias.
    Desejos de um Feliz Natal e um ano 2014 que corra com a corja.
    Abraço

  2. Em Portugal daquele tempo nenhum homem homosexual era castrado.

    Nem homem nem mulher.

    Ainda tinha uma vantagem ser homosexual, podia ter sorte e não ir para a tropa para as colónias.

    Em Portugal, naquele tempo, os homosexuais, ciganos e pretos podiam circular livremente que ninguem os castrava.

    Mas todos chateavamos o regime do Salazar.

    Somos uns ingratos.

  3. oh reaça! não digas asneiras.

    ” A lei era clara. A homossexualidade começou a ser punida pelo Código Penal a partir da revisão de 1886, através dos artigos 70.º e 71.º, que perdurarão quase 100 anos – até 1982. Sem nunca mencionar a palavra, prescreve-se que aos que “se entreguem habitualmente à prática de vícios contra a natureza” passam a ser “aplicáveis medidas de segurança”, como o “internamento em manicómio criminal”, “internamento em casa de trabalho ou colónia agrícola”, “liberdade vigiada”, “caução de boa conduta” e “interdição do exercício de profissão”.
    http://www.publico.pt/sociedade/noticia/o-estado-novo-dizia-que-nao-havia-homossexuais-mas-perseguiaos-1392257

  4. Pois é Ignatz, pela lógica do loby os homens nasceram todos com o pulso partido.
    Pelo menos os inteligentes.
    É cá uma conversa!

  5. Pois é Ignatz, pela lógica do loby os homens nasceram todos com o pulso partido.
    Pelo menos os inteligentes.
    É cá uma conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.