Grécia, não te metas com um país governado por gente pequenina

Consta que os pequenos países estão a ser verdadeiros gigantes do castigo a aplicar à Grécia por esta pretender usar a sua soberania para acabar com a loucura. Uma loucura que um certo desses pequenos países ainda conseguiu aumentar para além do exigido por sua alta recriação.

Isto é como diz o outro: 19-1=18. Ou seja, é matemático. Puta que os pariu. Olhem, saiam da zona de conforto. Ide trabalhar para o Norte da Europa. Raios parta os gregos. Cambada de socialistas. Piegas do caralho.

43 thoughts on “Grécia, não te metas com um país governado por gente pequenina”

  1. Tudo sobre o 44 e alegado e efabulacoes, ja rumores manhosos sao apresentados como verdades indiscutiveis.

    Cambada de Socialistas nao, Neo-Marxistas emparelhados com Fachos Gregos.

  2. Foda-se, Valupi, até parece um gajo do Norte. Ou uma mulher do Norte, que aqui elas não ficam a dever nada aos maridos no uso do vernáculo. Por mim, já descarreguei tudo o que sei dizer em caralhadas contra os estupores da troika, pelo que fizeram à UE desde 2010.

  3. Serei só eu a achar obscena a felicidade juvenil que ilumina o focinho da Albu-queque quando sai do rectângulo desgraçado para ir roçar o coirão entre a corporação de gatos gordos desta Europa merdosa, coutada de gatunos encasacados?

    Serei só eu a considerar pornográfica a alegria saltitante de cachorrinho que se apodera da bem nutrida figura quando, rodeada pela brilhante elite de sipaios engravatados, uns aos outros se besuntando de beijinhos gordurosos, escancara o corta-palha até às amígdalas, quase expondo o esófago?

    Serei só eu a sentir-me agoniado com a transformação relâmpago do focinho enjoado daquela espécie de Gioconda da Curraleira em feérico fogo-de-artifício de esfusiantes sorrisos, quando reencontra os seus pares da fina criadagem armani, versace e vuitton nas orgásticas reuniões dos corredores da alta finança internacional?

    Serei só eu a vomitar as tripas com o contraste entre o ar de Madalena enfadada que pendura na tromba, quando responde a perguntas domésticas da gentinha obviamente menor do seu próprio país, e a festa de fim de ano no Funchal que lhe ilumina a fachada quando, em Bruxelas, Washington ou Nova Iorque, esfrega a generosa bunda nas finérrimas homólogas dos seus pares?

    Serei só eu a adivinhar, na pornográfica expressão corporal que a criatura exibe na estranja, a impaciente e húmida expectativa do confortável e bem remunerado tacho internacionalento que num futuro próximo receberá como recompensa (vide Vítor Gaspar) pela canina fidelidade de que dá provas, língua ávida e generosa, sempre pronta a lamber os putrefactos entrefolhos dos donos?

    Apenas eu não serei, certamente, e merda seria, minha gente, um povo entorpecido assim.

  4. PORCO, simplesmente PORCO. efeito da democracia – a marreca. A que pode vir a governar e defende valores – como a educação.

  5. FRANGO CONATRA, estás no teu domínio, não é ó IGNATRASH? Conta aí, quantas vezes mudas de cadeira, sempre que escreves a PORCARIA que te define?

  6. JRodrigues, uma delícia ler os teus comentários das 17.17 e 17.46.

    MRocha, podes continuar a esperar sentado, o chafurda ceguinho nunca sai do esgoto a que chama lar, dá-se mal com a luz do dia. É trauma que lhe ficou desde que, das poucas vezes em que a tal se atreveu, os humanos não o viam e pisavam-lhe constantemente a cauda. Colado à cauda tem o cu, é claro, e sabes o que dizem de quem o tem.

  7. JRodrigues e MRocha, enganei-me na marmita, referia-me a intervenções vossas no post “Perfeito juízo”, que tinha acabado de ler.

  8. Não tendo eu opinião definitivamente formada sobre alguma solução para os problemas da Grécia, tenho no entanto uma opinião convicta de que a Europa, à semelhança da Itália toda lampeira de 1940, vai aprender mais lições do que vai ensinar. Mas é só um palpite. Aguardo para ver.

  9. G Meireles, e se a Europa chegou a um tal ponto de insensibilidade que que mais drama grego menos drama grego não lhe vai provocar grande sobressalto de consciência? E se os mercados já estão preparados para absorver este e outros choque gregos, com a mesma frieza com que encaram o drama das centenas de migrantes à deriva no “Mare Nostrum”? Pelo andar da carruagem, não me admiraria nada que a UE venha a assistir impávida e serena à agonia de um ou mais dos seus membros. Se isto acontecer, será o sinal da emergência de um novo mundo, em que os mais fracos dos homens e das nações ficarão irremediável e impiedosamente para trás. É isso, não vai haver lugar para os “piegas”. Assustador? Não vejo muita gente preocupada com o que já está a acontecer, e revelador desse mundo implacável com os fracos.

  10. «Portanto, talvez esta crise seja sobretudo uma crise de comunicação mediática em que o atropelo e a falta de valor acrescentado na cobertura jornalística da revolução em curso nos impede de formular um raciocínio isento e, mais grave, de nos mobilizarmos. E é assim, muito mais do que com o excesso de dívida, que se liquida o projeto europeu.»

    Fonte : http://www.jn.pt/opiniao/default.aspx?content_id=4656907

  11. «Nesta Europa desorientada e submissa aos interesses da finança e da usura, operou-se uma perigosa inversão de valores que subordina a paz e a solidariedade entre os povos aos egoísmos nacionais e à concorrência desenfreada. Que submete os tratados fundadores e os direitos humanos garantidos por uma “carta” juridicamente vinculante às disposições estritas do “pacto orçamental”. Uma Europa que despreza a esperança e a dignidade de refugiados e cidadãos europeus que procuram alguma segurança no interior das suas fronteiras e que fazem os maiores sacrifícios para pagar dívidas e construir um futuro melhor. Num esforço de simplificação brutal de que os nossos governantes são o mais feroz exemplo, tudo se resume a que “ninguém pode ser dispensado do cumprimento das suas obrigações”… e que não há outras obrigações para além da satisfação pontual dos interesses dos credores! O “serviço da dívida” toma assim o lugar antes reservado ao “bem comum” e a usura já não é crime nem pecado.»

    Fonte:http://www.jn.pt/opiniao/default.aspx?content_id=4656906

  12. Pois é pa, tanta opinião esclarecida em Portugal, tanta gente que acha que sabe o que é que os gregos querem e o que é bom para eles, e alas, o sim vai ganhar.

    Os gregos já perceberam o erro histórico que foi terem caído na esparrela da esquerda, aquela que promete resolver tudo com belas palavras, com os valores que são só deles é mais de ninguém, e com o progresso social que só eles conseguem trazer. Tudo mentiras como de costume, e os gregos, mesmo numa altura difícil, preparam-se para correr com a esquerdalha sinistra que os precipitou na mais abjecta pobreza.

  13. o diretorio nem tentou convencer os paises “grandes ,por pudor e porque sabia que tinha à mão os seus rapazes como passos coelho e outros imbecis.

  14. oh burro do caralho, a semana passada os gregos eram uma cambada de parasitas que não pagavam impostos e queriam viver à custa dos europeus. hoje já são um povo bestial que vai correr com o syriza? mas não foram sucessivos governos de direita que estoiraram a economia grega antes e depois da bolha, com gamanço, escrita viciada pelos credores, programas de recuperação desenhados pelo fmi e supervisionados pela toika. sabes por acaso onde foram parar os 240 mil milhões dos regastes? eu digo-te 140 para pagar dívida e juros, 14 para o governo grego, 20 recapitalização da banca e o resto são emolumentos e despesas de representação com a dona lagaldéria para dizer umas chalaças perfumadas a peidinho de caviar nas competições de cadeira de rodas.

  15. Básico, a exemplo do ultra-básico governo que os portugueses sofrem, persiste na estúpida mentira de atribuir à esquerda grega a culpa da situação actual. Os factos demonstram, desde há 20 anos, que a desgraça da Grécia foi consumada pelos governos de direita e dum PASOPK que traíu o socialism. Foi toda essa escumalha que, por incompetência e ladroagem,, permitiu todos os abusos aos gatunos que dominam a UE. As grandes negociatas de submarinos, de material de Guerra e muitas outras, encheram os bancos alemães e os bolsos da malandragem governativa. Reformas, nem uma. Moralização fiscal, nicles. Foi a grande balda em proveito dos tubarões. E agora que um governo de esquerda foi a Bruxelas dar o murro na mesa, todos os básicos saudosos do fascismo gritam e barafustam. Se o “sim” ganhar, por força da propaganda paga por Bruxelas em mais um acto de infame ingerêdncia, isso não quer dizer que tenham razão os lacaios da Alemanha, mas sim que esta, por cegueira, prepara outro funeral europeu. Já nos anos 40 se viu isto: a França a abrir as perna e a colaborar com o nazismo, a Itália , a Espanha e Portugal a promoverem um fascism que sevrisse os interesses da Alemanha. É isso que está em causa, A dívida é um pretexto. Por muitos erros que o Syriza tenha cometido, por inexperiência, nada se compara aos crimes que estão a ser perpetrados contra a Grécia, hoje, e contra outros, amanhã.

  16. BÁSICO, PIMPAUMPUM , verdadeira anónima ( e outros da mesma estirpe de inteligência), «se calhar» devíamos começar a elogiar-nos uns aos outros, tão a bere? Já viram os INTELIGERDAS a condecorarem-se com as medalhas da ignorância e da cegueira, no pressuposto de que vêm em três dimensões?

    IGNERDAS, aposto que vos alimentais com os teores dos cânticos dos «sérgios godinhos» do rap atual…

  17. Não percebo é porque os INTELIGERDAS não se ATREVEM a escrever sobre o TRATADO de LISBOA e o que antecedeu. É que qualquer análise minimamente séria não prescinde da consideração daquele. Porém, prefere-se entrar no «fim do meio» e disparar opiniões eivadas de expressividade sui generis, típica de quem carece de argumentos, porque também não tem palavras.

  18. Opiniões do energúmeno do BSS dispensam-se, o gajo e os seus observatórios da mama que va orar para os bolivares da América do Sul, lá é que as políticas dele são bem recebidas.

    O povo grego vai falar, e após se ter enganado e ter deixado uns neo-marxistas assaltar o poder, vai voltar a meter as coisas no sítio e correr com essa canalha dali para fora.

    São de facto uns martirizados, não bastando estes bastardos de esquerda radical, ainda tiveram que gramar com 20 anos de socialismo desde 1981 (34 anos). Assim de facto é impossível qualquer país progredir e sair da mxrda.

  19. O TAL QUE FOI SELADO COM UM ” PORREIRO PÁ ! ”

    O “tratante” leviano nem deve ter lido o que assinou. E, e se calhar, nem os consultores e os assessores. Porventura, mais dados a perder o tempo com brincadeiras de computador, – pagos com o dinheiro dos nossos impostos .

    Os “conselheiros” mais entusiastas, no tocante à adesão ao euro, ao que consta, Vítor Constâncio, e Vitor Gaspar.
    Antes da adesão à moeda única, Portugal tinha uma dívida relativamente pequena, mas juros altos ( sempre a maldita fatalidade de sermos um país pequeno e não termos representantes políticos/negociadores que saibam defender bem os interesses do país ).
    Dizia Gaspar : já viram que podemos ter uma dívida mais elevada e com juros baixos como a Holanda ?
    Deu no que deu !

    Que fazer agora ?
    Citando o mais que saudoso Manuel António Pina :
    ” CALMA ! ISTO NÃO É O PRINCÍPIO NEM É O FIM. É APENAS DEMASIADO TARDE “.

    Se alguém aqui, sem preconceitos ideológicos, estiver interessado em ler algo bem fundamentado sobre o drama greco-luso, aconselho o artigo do professor Martínez, intitulado, OS GREGOS E NÓS, os Gregos estão inocentes, e os Portugueses também .

    Podem entrar pelo Blog PORTAL DA LOJA, aviso aos mais sensíveis, de direita moderada .

    Entrem pelo post PROENÇA DE CARVALHO, O POMBA BRANCA DO REGIME.
    Lá no fundo, um comentador, tem o link para o artigo, evita-vos o repúdio de entrar directamente no site do jornal que publicou o artigo.
    De passagem, leiam também o artigo sobre o PROENÇA de CARVALHO, um dos personagens mais sinistros do regime .
    Aprenderão algo, de certeza. Mormente, sobre as cumplicidades, cimentadas pela ” confiança “.

    Sou quem sabeis ( pelo menos, o Valupi sabe ) ou intuístes ( os mais argutos )
    PIMPAUMPUM/quero lá saber, e outros nicks incidentais.
    Fiquem bem.

  20. Esquecí-me de referir que no artigo do Blog Porta da Loja ( assim é que é, por lapso disse portal da Loja ) sob o referido título PROENÇA DE CARVALHO, O POMBA BRANCA DO REGIME, é feita alusão ao trio ” los dos ” , Proença de Carvalho e Dias Loureiro.
    Na verdade, eram três : ví o lamentável programa televisivo do Herman José, e lá estava também Jorge Coelho.
    Os dois cantaram. Proença, é baixista. Em tudo !

  21. Tem piada que quando estava a escrever sobre os assessores e outros, estava também a pensar no pessoal político-partidário, incluindo funcionários do partido, que visto a democracia ser subsidiada em Portugal, são pagos com o dinheiro dos nossos impostos, e estive para te incluir no grupo dos garotelhos, sim porque tu aqui és o mais flagrante exemplo do insurra JOTINHA insolente, que em tudo depende do partido, porque não tem mais nada de que viver.

    Poupei-te e fiz mal, já o Saint Simon dizia, quem os seus inimigos poupa …

    Vejo que contínuas o mesmo ordinarão de sempre .
    Despachei-te temporariamente, dando-te a provar a tua própria medicina, e foste lamber as feridas.
    Que é como quem diz, buscar mais palha .

    Voltaste o mesmo de sempre : albardado na jurisprudência do sapateiro de Braga ( interpretada à maneira que te convém ) e a um passo, também, de adaptares um grau, e ao teu género, a doutrina do teu guru Santos Silva : ” VÁ, VÃO LÁ, NÃO TENHAM MEDO. FAÇAM COMO OS OUTROS. METAM A MÃO NO POTE ! ”

    Mas olha que és mais fácil de derrotar do que pensas! E eu já to demonstrei !
    Por isso que, depois do meu post, A HECATOMBE DE IGNATZ, tú te eclipsaste .
    Tou a ver que tenho que ficar por aquí, gostas de apanhar tareia …

  22. uih… uih…. adoro levar porrada de machões tipo medina caganeira e não falto a uma missa do cej com toque rectal ou duchesse na versailles com a aristrocracia panasca-ò-jurista.

  23. “Por isso que, depois do meu post, A HECATOMBE DE IGNATZ, tú te eclipsaste .
    Tou a ver que tenho que ficar por aquí, gostas de apanhar tareia …”

    fica…fica, gostamos muito das tuas tareias e se tirares o acento do tú e o enfiares no cu, vais finalmente entender um pensamento profundo, no cu é um descanso.

  24. Duma penada aparece com três fachadas diferentes mas é o mesmo, o ORDINÁRIO MOR, IGNATZ, o pior que a internet pode produzir em termos de selvajaria, um verdadeiro caso dum psicopata desiquilibrado mental que sabe-se lá porquê, tem acesso a um computador, veja-se o que seria um desiquilibrado deste ter acesso ao poder ao à mera proximidade dele, noto que te preocupas com bolachas e pacotes, sendo eu a última bolacha do pacote, não te convém para o fim a que a destinas ( a última está murcha ) e tampouco, adianta um anormal como tú, queixar-se e dizer que não gosta da banana da madeira, por ser pequena, qualquer pessoa normal sabe que a banana da madeira, saboreia-se com a boca, não com o cu, como tu fazes, seja como fôr, faz como te aprouver ; quanto a doçaria, não é matéria da minha competência ; outra coisa que podes fazer com relação à tua pretensiosidade gramatical é enfiares o Aborto Ortográfico no sítio donde dizes ser um descanço vejo que falas com conhecimento de causa, chama-se a isso, o saber de experiência feita, no demais, arroz de substância, nada ! Como de costume, palhaçada e tão só.
    Uma pena um talento como tu, desperdiçado pelo PS.
    Contratado pelo Circo Mariano, ainda terias alguma utilidade na salvação do partido, digo, angariação de fundos para atenuar as contas e a falência.
    Tal como te deixam, só contribuis para enterrar o partido. Na verdade, cada vez te atolas mais em merda . E sabes isso.

  25. oh pimpampolho, não te esqueças de tomar as gotas antes de deitar e é se queres ir amanhã apanhar ignatezes escondidos debaixo de eclipêésses, depois voltas à porca da loja e o irmão cagasentenças faz um poste orgástico sobre umas cuecas bijan que o rotex diz terem pertencido ao e que foram temporáriamente descosidas dos autos para este ritual onanístico. vai ser um dia em cheio.

  26. desgraçaram a nação .

    Empoleirados no partido, na Assembleia da República, nos escritórios de advogados encostados ao poder, ou mesmo na mera ociosidade, gozando os proventos da última roubalheira, enquanto esperam pela próxima oportunidade, usando telemóveis e computadores pagos por todos nós contribuintes, trocando SMS para se ajudarem uns aos outros, caso aquí do eclipse, e o país que se lixe.
    E depois ainda pedem julgamentos com todos os salamaleques.
    Eu dava-vos o julgamento !

  27. Contínua a ver-se que o paneleiro IGNATZ está muito por dentro das intimidades de Sócrates .
    Elucidativo !
    Eu tinha lido peúgas, peúgas Bijan.
    Custam(avam) 100 dólares.
    Uma bagatela para um eremita com acesso a crédito ilimitado.
    Dizem os connoiseurs, que é o artigo mais barato que se pode comprar lá na loja.
    Já umas cuecas, devem ser mais caras. Para mais que lá na Bijan têm a mania de pôr cristais Swarowsky e diamantes em quase tudo.
    Nunca ví umas cuecas com diamantes .
    Seria interessante de vêr.
    O Sócrates com um diamante enfiado no sítio where the sun doesn’t shine .

  28. olha, só mais uma coisita. connoiseurs leva dois esses, como escreveste cheira àquela coisa donde nunca deverias ter saído há 80 anos.

  29. sucede que escrevo com mais aprumo, quando estou a falar com pessoas educadas e que merecem o meu respeito – não é o teu caso.

    E além disso, compro e pago o meu computador com o dinheiro do meu bolso, sem abater no IRS.

    Não sei se será o seu caso.

    Por experiência própria, sei que os socialistas gostam de coisas caras, e do melhor. Especialmente, em se dando o caso de o dinheiro não sair do bolso deles, mas sim dos contribuintes.

    Coisa assim do género : vou para servir, servindo-me.

  30. que para mim ainda não tocou o recolher obrigatório.
    Pró outro não sei.
    Mastiga bem a palha do jantar, não te empanturres, remata com o digestivo habitual, licor de Merda.

  31. pimpampolho! yeah meu, ganda resposta. knock out técnico com exílio em eclipse total.

    nota – se pusesses aí cópia da factura do computador e da declaração do irs era mais c/bincente.

  32. IGNATZtrampa, ou se quiserem – IGNATRASH -, o badalhoco pêdé, o mec que fala muito de rabos, fala como os rabos e expressa-se como os rabos. É como os rafeiros vira – latas – come no focinho, afasta-se, consulta uns linques, copia-os, mete-lhe uma juliana de disparates e ei-lo a assinar-se diversamente mas sempre sob o signo do IGNARALHO. E depois, lá vem um derivativo – um pêlo de rabo mal lavado, elogiar com «boa malha» a trampa que sai da palha do IGNATZARALHO. Temos, portanto, estrume, en français – fumier -, on peut donc dire «espèce de fumier», voyons.

    Como toma e abusa do licor de «M», o IGNARALHO criou a seção das melenas no dispensário. Há várias melenas por aqui, a saber, sem pretensão de exaustão: o Jrodrigues ou jafonso, um fifizito, simplório que deve ter servido a sofistas, uma abrilada sem cravos, um mrocha mais calhau que os calhaus da idade média. É fartar vilanagem.
    Ignatz, passas a vida a cuspir em ti, pá. Segue o conselho do arrebujo – o advogado – pá, lava-te: cheiras mal.
    És uma consequência má das novas oportunidades. Com computadorzeco « à la magellan».

  33. Cagxlhoes postados de Cagalhaes

    O fundação comunicacoes móveis foi agora encerrada com um custo de 65 milhões, mais um presentinho do 44

  34. Ao caramelo que anda por aqui a colar-se ao Manuel António Pina deve ter escapado esta (e provavelmente muitas outras), escrita em 2011, vejam bem, quando os gregos já se atreviam a sonhar com referendos e os gatos gordos entravam imediatamente em parafuso e esganiçavam ameaças:

    ———————————————
    «Opinião

    O medo da Democracia
    02.11.2011, Manuel António Pina

    Bastou o primeiro-ministro grego anunciar que consultará o povo, através de referendo, sobre as novas e gravosas medidas de austeridade e perda total da soberania orçamental impostas ao país pelos “mercados” e seus comissários políticos em Bruxelas e nos governos de Berlim e Paris para cair a máscara democrática desta gente. Na pátria da Democracia, o Governo decide-se por um processo democrático básico e Sarkozy fica “consternado” e considera a decisão “irracional” enquanto alemães e FMI se mostram “irritados” e “furiosos” com ela. E Merkel e Sarkozy assinam um comunicado conjunto dizendo-se “determinados” a fazer com que a Grécia cumpra as suas imposições e lhes ceda o que ainda lhe resta de soberania; só lhes faltou acrescentar “queiram os gregos ou não queiram” e mobilizar a Wehrmacht e a “Force de Frappe”… Até Paulo Portas, ministro de uma coligação eleita com base em compromissos eleitorais imediatamente rasgados mal tomou posse, está “apreensivo”. O medo que esta gente, que tanto fala em Democracia, tem da Democracia é assustador. Aparentemente, o projecto de suspensão da Democracia por 6 meses (ou por 48 anos) estará já em curso. Pinochet aplicou no Chile as receitas de Milton Friedman suspendendo sangrentamente a Democracia. Como é que “boys” de Chicago como Gaspar ou Santos Pereira, que chegaram a ministros sem nunca antes terem governado sequer uma mercearia, o fariam em Democracia?»

    (tirado daqui: http://www.jn.pt/Opiniao/default.aspx?content_id=2094826&opiniao=Manuel%20Ant%F3nio%20Pina )
    ————————————————

  35. ó cavalheiro, o caramelo tem nome, está lá em cima, infelizmente, o arquivo do JN não abrange o período de Sócrates, tens sorte em ser difícil encontrar algo na Net, mas também não é de estranhar muito, o detentor do jornal na altura, avisou claramente os directores do JN e do DN para terem juizinho e cuidadinho com qualquer referência ao pm José Sócrates, o grupo dependia e muito da publicidade paga pelo governo, coisa que o então executivo, geria com maestria para manter o controle, portanto, vê se te comportas com mais isenção, o facto de não aparecer na net , não significa que não exista em papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.