17 thoughts on “Ganda malha”

  1. “O meu medo é o do inconseguimento, em muitos planos: o do inconseguimento de não ter possibilidade de fazer no Parlamento as reformas que quero fazer, de as fazer todas, algumas estão no caminho; o inconseguimento de eu estar num centro de decisão fundamental a que possa corresponder uma espécie de nível social frustacional derivado da crise.”

  2. Camaradas comunas e xuxas, toca a demonstrar o vosso apoio aos gajos que querem viver à custa dos subsídios e tributos de quem trabalha. O denominador comum abrange-vos, por isso, na esteira da solidariedade e igualdade e união que vos carateriza, dai uma mãozinha aos vossos irmãos gregos. Ou como diz um com aspirações ao amor, praticai amor com quem necessita – enviai-lhes energias com muita transparência e preguiça.

  3. Se os admiradores do Syrisa chegam ao poder em Portugal é o que muito provavelmente teremos em dois anos no máximo, tais são os saldos e o Circo de promessas que são oferecidos pelo Pai Natal Costa. Um BANQUETE . Uns já prometeram que as pernas do banqueiros alemães vão tremer. O Varoufakis Galambetas de Alcântara reuniu-se com mais 11 apóstolos do Costa e elaborou um papel em que promete levar a segurança social a uma falência acelerada. Fazem-se romagens a Évora e documentos económicos que para baterem certo precisam da intervenção da Virgem. É a esquerda que continuamos a ter … e a gula ao POTE a espumar de promessas para todos os gostos!

  4. Partidos já apresentaram contas relativas a 2014. PS é o que tem um passivo maior. É a herança de Seguro e Sócrates.

    O passivo do PS atinge os 18,8 milhões de euros, de acordo com o balanço das contas de 2014 entregues no Tribunal Constitucional. Esta é uma herança que António Costa, eleito em novembro, recebe tanto de António José Seguro como de José Sócrates.

    Em abril, o PS contraiu mesmo um empréstimo de 1,5 milhões de euros por causa destas dívidas. A antiga equipa de António José Seguro reconhece um passivo de 2,7 milhões (cumulativo) e argumenta que o restante valor não pode ser tido em conta, uma vez que o partido tem processos em tribunal onde reclama uma quantia de cerca de 8,6 milhões de euros – que tem a ver com diferendos sobre devolução do IVA por parte do Estado e interpretação jurídica dos cortes nas subvenções partidárias.

    A situação financeira do partido é feita de altos e baixos que oscilam ao sabor das eleições. Em ano de eleições legislativas e autárquicas, o passivo inscrito dispara e desce no ano imediatamente a seguir, quando o partido recebe as subvenções públicas do Estado correspondentes aos resultados em cada eleição. Foi por isso que no final de 2013 (ano de europeias e autárquicas) o PS registou um passivo total de mais de 23,45 milhões de euros.

  5. Pergunta do dia: é para pagar em 50, 75 ou 101 anos ?

  6. lopes w o programa da direita é uma especie de fascismo democratico ( os filhos r netos do antigo regime já ,estão todos no psd e cds) só que a europa não deixa.

  7. pois, não temos por cá deputados que lutem pelos direitos humanos de forma alargada, só se focam em nichos, e vai daí Portugal vê-se grego nos pareceres. :-)

  8. Camaradas comunas e xuxas esqueçam os gregos. Façam uma romaria ao Santos e Silva e peçam-lhe dinheiro para pagar as dívidas do vosso partido Partido. Ele é bom, ele é altruísta. Ele ajuda. Avante! Confiança no mundo!

  9. Ó FERRACOLHITO, a gaja da foto está mesmo a jeito para ti. Os olhos virados pra testa, as manapulas para te socar, e o resto, o resto deve ser igual a ti – inconsumível. Hum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.