Finalmente, um momento de coerência do homem invulgar

"Pedro Passos Coelho mantém-se firme na intenção de apresentar o próximo livro do jornalista José António Saraiva - ex-diretor dos semanários Expresso e Sol - apesar de entretanto já ter percebido que contém revelações sobre a vida íntima de políticos, muitas das quais atribuídas a personalidades que já morreram, e baseadas em conversas privadas.

Eu e os Políticos - assim se intitula o livro, editado pela Gradiva, e que o líder do PSD apresentará no próximo dia 26, no centro comercial El Corte Inglés, em Lisboa. "O Dr. Pedro Passos Coelho aceitou o convite mesmo antes de ler o livro. Este convite foi aceite tendo em conta a admiração que o Dr. Pedro Passos Coelho tem pela carreira e pelo papel que o arquiteto José António Saraiva desempenhou e desempenha no jornalismo português." É este o conteúdo da nota enviada ao DN por um assessor de imprensa de Pedro Passos Coelho depois de o DN o ter questionado sobre se não se sentia "desconfortável" com o teor da obra e o facto de José António Saraiva contar várias histórias que lhe foram contadas em privado, muitas delas de conteúdo sexual.


Fonte

13 thoughts on “Finalmente, um momento de coerência do homem invulgar”

  1. “Este convite foi aceite tendo em conta a admiração que o Dr. Pedro Passos Coelho tem pela carreira e pelo papel que o arquiteto José António Saraiva desempenhou e desempenha no jornalismo português” nomeadamente as sua constância de opinião a favor de mim próprio, do meu partido e da fatia social que representamos, sempre como elevada devoção e lealdade.
    O senhor arquitecto é como se fosse um irmão gémeo, também não convive muito bem com a língua escrita e tem um QI pouco elevado, poderia ter acrescentado Passos Coelho.
    A cara de um é o cu de outro.

  2. pior que isso é mesmo aquela pessoa que escreve um livro…quando na realidade não o escreveu. e para elevar o ego até compra os livros todos.
    a vida é assim, feita de escolhas e estes dois exemplos são mesmo muito infelizes.
    .

  3. Jpferra, Não! Não digas isso a verdadeira anónima.
    Não ves q ela está a “dizer q” afinal foi o Passos q escreveu o livro. Que ela nunca acabe, e o inconsciente da direita a deitar música Ehehe

    Afinal o Rantanplan tinha razão para ficar chateado com o Costa, “apanhar Pokemons”? Fonix que merda mais infantil e indigna..tão pouco hardcore .
    Capítulo I – Ela tem o Diabo no corpo
    Capitulo II – O exorcista do Cacém
    Capitulo III – A técnica e a forma

  4. Já havia sido noticiado anteriormente que o ex-líder socialista não havia escrito o livro, mas hoje o SOL revela quem está por detrás da obra: Domingos Soares Farinho, é o nome do autor.

    O professor na Faculdade de Direito terá, acreditam os investigadores, procedido à elaboração do livro. Esta tese é defendida com base em conversas telefónicas entre os dois intervenientes.

    Porém, tal é veemente negado ao SOL pelo docente que assegura que a sua intervenção se ficou apenas pela “parte formal, como na revisão do livro e notas de rodapé”. E questiona: “O que é que isto tem que ver com o processo?”.

    O semanário avança ainda que também João Perna, o ex-motorista de Sócrates, ia por diversas vezes à Cidade Universitária para levar ou recolher informações junto do professor, informação confirmada por Domingos Farinho que admitiu que “ele apenas levava e trazia alguma bibliografia”.

    Aliás, segundo a mesma publicação, o então motorista não acreditava que a autoria da obra fosse do patrão: “Ele escreveu tanto o livro como eu”.

  5. Bugs Bunny (conhecido como Pernalonga antigamente em Portugal e atualmente no Brasil) é um personagem fictício, um coelho antropomórfico, que aparece em vários curta-metragens de animação das séries Looney Tunes e Merrie Melodies, produzidos pela Leon Schlesinger Productions, que se tornaria a Warner Bros. Cartoons em 1945.

    João Perna, duh!

  6. No desenho, as palavras são usadas como sinônimos. Apesar de ter as orelhas bem compridas, o que é uma característica das lebres, Pernalonga vive em uma toca, o que o define como um coelho.

    João Perna, confirma-se.

  7. Há pokémons no Largo do Rato e o PS abre as portas aos “caçadores” – PÚBLICO
    https://www.publico.pt/politica/noticia/ha-pokemons-no-ps-do-rato-e-o-partido-abre-as-portas-aos-cacadores-1744304

    Continua a ligação do Partido Socialista ao universo da popular aplicação Pokémon Go. Nesta sexta-feira à tarde, por volta das 13h30, o partido publicou no Facebook um curto vídeo onde é possível observar o percurso desde o Largo do Rato, em Lisboa, até aos jardins da sede socialista, local onde se encontrou (e apanhou) um pokémon.

    O “caçador”, Dimas Pestana, explicou ao PÚBLICO que a ideia pretende demonstrar que o PS tem “as portas abertas”, apoiando a visita dos cidadãos à sede socialista. O militante do PS achou “curioso” que se encontrasse um pokémon dentro das instalações e decidiu aproveitar para gravar o vídeo e divulgá-lo. Pestana acrescentou ainda que é comum ver-se pessoas a utilizar a aplicação na zona do Rato, embora não costumem aventurar-se pelo edifício do Partido Socialista.
    […]

    “Diabos não temos, mas podemos dar uma ajuda na caça aos pokémons”
    https://www.facebook.com/SedeNacionalPartidoSocialista/videos/1291321697546818/

    Melhor ainda, excelente.

  8. A sabedoria «sorridente»de Costa é inata em certas figuras já conhecidas e que tramaram quem se meteu com eles.

    Ri-te…ri-te!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.