14 thoughts on “Fenómenos do Estroncamento”

  1. Desconfio que o padrinho nao teve preferencia em algum negocio..desconfio… ou… cinismo, sabe de que lado está a preferencia da maioria e finge a rendiçao moral.

  2. fenómeno do entroncamento é o remake da medieval Inquisição , pela mão da “ciência,” com a cena da vacinação obrigatória . querem ver que me vão queimar outra vez na fogueira? e novo Renascimento nem cheirá-lo , tudo a tremer de medo dos germes científicos alienígena , porque claro , para os temerem tanto devem ser de origem extra Natura .

  3. Qual é a dúvida?
    É evidente que o Rangel não é líder de coisa nenhuma. A não ser que os líderes agora saiam de dentro dos armários.
    Se por um absurdo ele ganhar as eleições, quem vai mandar é o marido, não é ele.

  4. Entre as coisas que apontam a António Costa e a chamada traição ai camarada A J Seguro. Não foi traição o PS na pessoa dos seus simpatizantes não estava co Seguro o partido a sua cúpula sabia. No PSD a situação é outra . O partido não sabe de fonte segura quem é o líder que lhe convém. Se Rio, sem grande brilho nesta coisa do dizer tu direi eu do combate político, mas moderado e convencido que não é agora que chega ao poder, era isso que ele estava a espera mais dois anos para se restabelecerem , ou o Rangel que promete ranger de dentes, com ameaças de eu mordo, eu grito eu pulo às goelas deles todos. Se quem é mais acompanhado pelos simpatizantes eu não sei, mas eles tb não sabem. Os politiqueira desdobram-se em adivinhações. Olham a bola de cristal , as borras de café, as folhas de chá e nada. Repito o partido está dividido e só após se saber quem vai dirigir o partido se poderá definitivamente saber quem são os dois cabeças de cartaz das próximas eleições. Até lá vai ser a conversa do costume, Passos, Ângelo, Rangel, Cavaco, PR mas tudo se evapora nas folhas d chá, borras de café e bolas de bruxas.

  5. Soubesse eu rezar, queridas massas populares, e em verdade vos digo que passaria os próximos tempos fodendo os joelhos em genuflexão, orando pela vitória do tatibitate esganiçado para a “liderança” da direitola agremiação. Ao apoiá-lo desavergonhadamente na disputa, na esperança doida de ter no lamentável garnisé depenado uma garantia de regresso rápido ao pote, o “aparelho” limita-se a mostrar como é estúpido. Abençoo entusiasticamente essa estupidez, motivada por uma longa e desesperada travessia do deserto, longe da manjedoura bendita. Se bem sucedida na coroação do fugido do armário, garantiria tal estupidez à agremiação um porradão de que tardaria a recompor-se. Infelizmente, os militantes do PSD não serão, tendencialmente, tão estúpidos como a merda do aparelho e tenho como provável a recondução de Rui Rio, que é, a prazo, um adversário mais viável, consistente e perigoso para António Costa e o PS.

  6. Basta de inanidades! Os comentários néscios que aqui vejo publicados mais não são, sob a aparência dum desprendimento crítico, do que conivência velada. Cumplicidade com a política de mixórdia que condena Portugal à estagnação ruinosa. Cumplicidade com as trafulhices da cleptocracia. Cumplicidade com a depravação moral do jacobinismo. Cumplicidade com o maçonismo apátrida, difusor do cosmopolitismo dissolvente. Tanta verborreia a disfarçar a impotência de castrados!!!

  7. há coisas que devem ser mantidas em segredo , nem que seja de polichinelo , porque agora cada vez que vejo esse piqueno só me dá para imaginá-lo de chicote , saltos altos e cara sebenta. mais vale fecharem a tasca , ó psds.

  8. Excelente pergunta! Aposto que foi o mesmo que se passou entre o momento em que aquele careca do Eixo do Mal, que é muito apreciado aqui neste blogue, dizia que o Passos Coelho era o Messias, e aquele em que o mesmo careca passou a dizer do Passos Coelho o que o Maomé não dizia do toucinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *