6 thoughts on “extra_gapingvoidmania”

  1. Não me parece que a ideia do autor seja sacrílega, antes pelo contrário. Há por vezes insultos que revelam paixões…

  2. Luís, conta comigo para mantermos a enfermaria aberta ao público.

    Fátima, escândalo?! Quem me dera… mas não tenho talento para tanto. Na verdade, esta peça é inócua. E até ironicamente crente, se a quisermos levar a sério.

    Não sei o que seja isso de “bom Natal” e sou inimigo da palavra “felicidade”. Mas envio-lhe desvairados votos de alegria para uso diário.

  3. Valupi,

    Esse foi o postal de Boas Festas que o Sharon mandou ao Rumsfeld o ano passado, não foi? O que de certo modo torna infundados os medos que o Luís tem de ficar sòzinho. Que não tema, há aqui crrristandade nova aos montes a trabalhar no Aspirina que não liga nada ao Natal, muito embora se encostem ao ateismo do costume. Melros de bico amarelo que não se dão com o Nuno porque ele, como é do conhecimento geral, não gosta nada, nada, nada da Coreia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.