5 thoughts on “Exactissimamente”

  1. Depois de tudo o que têm vindo a publico, frases como ” eu conheço bem Miguel Relvas” só nos podem levar a pensar que quem as profere, das duas uma :
    ou não sabe julgar muito bem com quem se dá ,ou sabe muito bem com quem se dá e têm gato com rabo de fora preso pela mãozinha fétida deste palhacete de ministro.

    Tudo isto envergonha e enoja, especialmente se as vitimas se mantiverem caladas. Porque não deve ser a primeira vez que este senhor se serve destes métodos…

  2. No nosso país há sempre gente que tem informação privilegiada que , ora serve para fazer bons negócios bolsistas, ora para ‘lixar’ o próximo. O resto da gente (muita gente)não se incomoda com o “fedor da pocilga”.

  3. Tudo isto, que é mais infecto do que os resíduos perigosos do Curry Cabral, tem a grande vantagem de pôr a nu aquilo que os diligentes serventuários e as arrastadeiras do governo atual pensam, realmente, sobre a sua base eleitoral, ou seja, os votantes de Passos e Portas em Junho passado: que não passam de um carreiro de dóceis alforrecas, uns pobres de espírito bastante fáceis de encavar. E, como todos sabemos, até têm bastante razão…

  4. precisam de tempo para negociar com a sonae as contrapartidas para que a jornalista transforme a ameaça em mal entendido. safa-se o relvas, o belarmino herda direito a uma privatização a preço reduzido, a jornalista ganha direito a reforma antecipada e uns meses de férias na nova zelândia e os portugueses pagam em suaves prestações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.