14 thoughts on “Exactissimamente”

  1. Falou e falou muito bem.
    Não que acredite que o Vieira seja outra coisa que não um ganda malandro, mas Sócrates tem razão quanto ao modus Operandi do MP, CAlex e amigos.
    Aliás, é justamente por causa da malandragem que é URGENTE mudar o paradigma.
    Primeiro investiga-se, depois acusa-se, julga-se e prende-se.
    O que me mete nojo é que depois do espectáculo da detenção não se vislumbra uma ACUSAÇÃO dentro de poucos dias, semanas vá. Mas que porra de m…. é que ainda há para investigar ? não andam atrás do homem a escuta-lo há 3 anos ? mas ca fdp de incompetência.

    O último parágrafo espero que seja profético. Que o resto da Corja, os calculistas – os mais incautos – estimo todos que se f… !
    AGE no Benfica já, seus porcos fascistas que querem impedir os sócios de se manifestar e de deliberar. Aprovação de regulamento Eleitoral. ELEIÇÕES para corpos sociais.
    NOVOS ESTATUTOS. Refundação do clube. DEMOCRACIA NO BENFICA, seus porcos fascistas que querem calar o Povo do Benfica !

  2. Ora chegamos ao ponto onde, neste país de idiotas, o óbvio só é dito por quem é preso e ostracizado, a plena liberdade ( como disse Kris Kristofferson, popularizado pela JJoplin) só é alcançada fora do autêntico sequestro público a que a instituição da Justiça submeteu o País… Faz lembrar a lenda que conta que Thoreau foi visitado pelo amigo Ralph Waldo Emerson na cadeia que lhe perguntou “o que fazes aqui?” ao que ele retorquiu “E tu o que fazes aí?”
    Um país de pulhas liderados por um ente religioso chamado Kosta.

  3. Chegados a este ponto, não restam dúvidas: Valupi e José Sócrates são, respetivamente, o Émile Zola e o Alfred Dreyfus da III República.
    Que avance a réplica lusitana do coronel Hubert-Joseph Henry.

  4. Já sofri dois apagões mas insisto. Sim, não se me leve a mal, mas julgo ser este o sítio, junto do excelente artigo, inteligente e justo, de José Sócrates, para repetir a minha homenagem a Otelo Saraiva de Carvalho: “Morreu o Homem a quem o país, o seu povo, deve a liberdade e a democracia. Um Homem por quem, com todas as suas qualidades e defeitos, (todos nós as temos), por ele e pelo que fez, todos os portugueses conscientes devem ou deviam ter consideração e respeito. Infelizmente, pelo que tenho lido, ouvido e sabido, tem havido divergências mesmo que encapotadas, e não todas. São para esquecer, pois são daqueles , a maior parte, que pouco ou nada fariam para que o 25 da abril, que já pouco ou nada lhes diz, se é que alguma vez o avaliaram devidamente, acontecesse. Como é possível que não tenha sido decretado luto nacional? E, não vindo a ser, o que pensar da dúbia atitude do nosso palavroso P.R., e como aceitar o total silêncio das esquerdas e das direitas. políticas e democráticas (dos Partidos), perante tal situação, perante tal injustiça? Felizmente que ainda vão havendo algumas vozes que nos dão algum alívio. Refiro-me, em particular, às declarações do nosso ex-Presidente, general Ramalho Eanes, aos comentário do nosso poeta socialista Manuel Alegre, e ao corajoso editorial da jornalista Ana Sá Gomes, do Público. Acredito que ainda haverá muitos mais! Viva Otelo! Vivam o 25 de abril e o Portugal democrático por quem ele lutou orgulhosamente e sem medo!”

  5. Completamente de acordo com absolutamente tudo. Sobre o último parágrafo há um interesse especial por que se debruça, de forma refinada como sempre o faz. A maldade humana. A consciência de facto nem sempre nos guia para a benevolência nem para a bondade. A consciência também nos leva a praticar o mal. “O homem é o lobo do homem”. Bem sei q o autor era um filósofo pessimista, mas nisto tem toda a razão A hipocrisia desta choldra não cabe em lado algum. Pessoas q estiveram sempre ao lado desse presidente nem uma palavra de apoio, nem uma alusão à presunção de inocência, nada. O Luís Filipe Vieira morre na areia como o pobre Simon morreu, numa ilha habitada por miúdos! (A maldade nasce connosco)
    Para acabar, José Sócrates foi o melhor primeiro ministro e chefiou o governo mais bem-preparado desta república.

    “Afinal de contas, são elas que fornecem a informação que lhes alimenta a ação.” -objetivamente isto é verdade.

  6. Será que vão ladrar que o artigo também foi escrito pelo Domingos Farinho? É que, ainda por cima, o sacana do mafarrico escreve bem, expõe ideias e argumentos com clareza, eficácia e contundência, é um perigo para o conforto das digestões de suas excremências. Por isso a canzoada tenta desesperadamente acabar com ele. E já que não podem exterminá-lo (ou poderão?), precisam, pelo menos, de o calar e neutralizar.

  7. A esquerda dos fiéis Kostistas como qualquer seita religiosa vive de interditos: é proibido criticar, mencionar sequer, o querido líder.Isto vai da esquerda ISCTE/IUL, a cronistas do reino, acabando inevitavelmente nos fiéis acéfalos, a guarda pretoriana. A auto censura e a vigilância inter pares são meras questões metodológicas. Os primeiros ainda tem algum negócio a manter, compreende-se, os últimos são os explorados da religião temos que os ajudar a libertarem-se da cegueira e da cobardia.
    Mas o que interessava analisar seria o cruzamento institucional de duas religiões, a de Marcello, cristã do Vaticano e a de Kosta, o hindu das vacas, loucas e tresmalhadas.
    Não há nenhum Constantino disponível para tal tarefa.

  8. “… o hindu das vacas, loucas e tresmalhadas.”

    bonita alegoria para louçã e as meninas

  9. não estou a ver como com esta espécie de homem ávido , esbanjador e vaidoso se iria cumprir os desejos do senhor do “começa a semana com isto” . tem mais pinta de ditador.
    tanta contradição nestes democratas , jasus.
    não leio isso nem que me paguem.

  10. yo, o inocêncio coitadinho, faz de juiz em causa própria, as críticas sortidas do custume, cartilha repetitiva ad nausea bundum, de substância, zero, nem consegue sequer explicar se é vitima da justiça, ou da injustiça.
    Não leia, que não perde nada .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.