3 thoughts on “Exactissimamente”

  1. não é ódio , é fastio. e errado : reivindicações lesbianas não são feminismo , chamem-lhe , sei lá , reivindicações de machofeminismo. chato , apropriarem-se indevidamente do termo dado que os géneros não se confundem nem misturam nem querem as mesmas coisas.

  2. enquanto as autointituladas feministas não perceberem o que aqui está escrito pelo daniel vão continuar nessa lamúria e isolamento crescentes. claro que para todas as facções politicas que se julgam “de vanguarda”, sendo que neste caso o termo é só ridiculo, os outros é que estão todos errados e os odeiam.
    estes feminismo radical acaba por ser pouco mais que o veganismo radical. ou pouco menos, já não sei. enfim.
    aqui está: http://expresso.sapo.pt/blogues/opiniao_daniel_oliveira_antes_pelo_contrario/2018-06-14-Do-vermelho-ao-arco-iris-a-esquerda-das-politicas-identitarias#gs.8OWQsVs

  3. sexismo e misoginia são, sim, cancros sociais – há que combatê-los ardentemente. só detesto a palavra feminismo por nela tanto caber a misandria. proponho a abolição da palavra e a sua substituição por igualitarismo – palavra justa e forte e objectiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.