5 thoughts on “Exactissimamente”

  1. paulo pedroso, confirma a tese que vigora no aspirina há quase tres anos.dar forma ao odio a socrates, foi a prioridade do mandato de seguro. esta atitude, levada a cabo pelo secretario geral do ps ,deixava, o miguel de vasconcelos desconsolado, se ainda fosse vivo,por ter sido ultrapassado no capitulo das traiçoes!

  2. Será ainda preciso fazer a pergunta?
    Será que as pessoas ainda não perceberam que o governo está em funções, única e simplesmente porque não existe oposição.
    Neste momento, e perante a fantochada do orçamento rectificativo, o líder da oposição diz graçolas… palavras para quê?

  3. A Câmara de Lisboa acha mal empregue gastar 27000 euros anuais em jardinagem.

    O jardineiro tem sentimentos colonialistas e saudosistas.

    Abaixo os jardins, as torres de belem os jerónimos e a ponte salazar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.