2 thoughts on “Exactissimamente”

  1. antes qua apareça aí a badalhoca com a caganeira matinal, vou botar comentário a isto.

    ninguém quer mudar o país, para isso era preciso haver uma ideia, que não há. o que há é uma fome de tachos e apetência de engorda com privatizações pelos mesmos do costume, que vinham de um jejúm de 7 anos. a sede e fome eram tantas, que a água, esgoto e lixo vão de seguida. põe-te a pau oh bécula, ainda levas com uma taxa na produção diária de metano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.