3 thoughts on “Exactissimamente”

  1. eia!:-) isto sustenta a minha teoria de que a produção, e consumo, cultural per si nada diz – importa o metabolismo intelectual e folclórico, e no que isso se traduz, de cada um.

  2. Safa ! Chegaste a ler a sopa que linkaste ? Não ha uma frase bem construida, ou que faça sentido ! “…o pietismo das boas intenções… ” ?!?

    Talvez o proposito seja nobre. Mas a primeira ideia que vem à cabeça do leitor é que, afinal, não deve ser assim tão estupido aplicar algumas noções de economia ao “consumo” de bens culturais… quanto mais não seja para poupar o tempo que perdemos a ler analfabetas.

    Boas

  3. ó joão viegas faz todo o sentido, no contexto, o pietismo das boas intenções. não sei onde possas ver imbecilidades, a não ser as referidas pelo texto, no texto.

    (foi o meu pietismo justo a reclamar) :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.