13 thoughts on “Esqueçam o trampa, é com isto que o Mundo se deve preocupar”

  1. @Val

    Sugiro que comentes a declaração muito pertinente de José Sócrates sobre a desastrosa provocação de Jean-Claude Juncker, dirigida ao presidente eleito dos Estados Unidos.

    Digo eu que a UE está a ser dirigida por uma elite birrenta e sem discernimento político. Deveria o líder da comissão europeia (apoiado por Passos Coelho e Assunção Cristas) compreender que se continuar a emitir comentários insultuosos contra Donald Trump, irá decerto ajudar a que a população norte-americana se solidarize com o seu presidente.

  2. valerico, publoca mais uma biliosa e ressabiada palermice, já mistura trump com sócrates, sugerindo que esqueçamos tudo e concentremos todas as forças na propaganda anti-trump e sabe de soturnas conspirações do fbi e da rússia para derrubar hillary.

    em breve irá apresentar-nos os homenzinhos verdes que vivem debaixo da sua cama. os tais que lhe coçam os tomates à noite e segredam as grandiosas e certeiras análises e prognósticos políticos que publica aqui no spinnirina.

    dá-lhe Valerico!!

  3. valerico tu és o homem da retaguarda, o que contra passos dizia que no fim da escadaria é que é o lugar do povo, que, perante, a asquerosa violência contrq sócrates aqui escreveste que ficavas a assistir na plateia. és um verme da escrita.

  4. Porquê ?
    Vão à Bijan comprar peúgas do Egipto mercerizado ?
    Se bem me lembro o Inácio só come carne certificada . Da Argentina congelada . Não faz por menos. Olaré !
    Cumprimentos ao cão de cerâmica Nelo e ao gato de porcelana, Motinha .

  5. E em que sentido é que nos devemos preocupar, Valupi? Na possibilidade do Processo Sócrates ter o mesmo fim e todos poderem dizer que não o acusam porque a Justiça deixou prescrever o prazo previsto na lei, ficando sempre no ar a suspeição de culpa para o resto da vida?

  6. Tenho para meu consumo que estamos perante duas faces da mesma moeda: não será o descrédito nas instituições Republicanas,que se vão degradando perante a tolerância cúmplice de um certa “elite” neo-moralista, que vai abrindo caminho aos vários “trumpismos” que por aí proliferam ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.