EPUL si muove

Fernando Negrão é o pior candidato, seja a que cargo for, que me lembro de ter visto. A sua entrevista ao RCP ficará como o pináculo caricatural de um grupo de portugueses que não valem nada. Eis um homem que se propõe ser o chefe político da Capital pelo PSD e que não tem uma mísera ideia para apresentar. Mais, quem tivesse a infeliz ideia de o aceitar como guia turístico para uma visita a Lisboa, acabaria perdido algures em Setúbal.

Enormes desperdícios d’água podem ser testemunhados ao longo da entrevista, tantos que até o jornalista bebeu uns pirolitos, mas não é o lado patético que importa relevar. Acontece é ser esta pessoa alguém que o maior partido da oposição propõe como modelo de competência e visão política para o berbicacho autárquico (leia-se este texto delirante e tema-se o pior…). Não é de mais repetir: um PSD reduzido a figuras como Mendes, Menezes e Negrão, um PSD do Jardim e do Valentim, entre outros ainda mais sinistros ou trôpegos de ideias (se tal for possível), é uma perda grave para a democracia.

8 thoughts on “EPUL si muove”

  1. Eu acho muito curioso que os mesmos que agora insistem até à exaustão numa confusão de siglas (demonstra má preparação, sim, senhor, mas são apenas siglas) nem sequer se lembrem que Mário Soares (sim, o “Pai”) na última campanha presidencial insistiu que Ribeiro e Castro era um deputado socialista (“Ribeiro e Castro” é o nome de uma pessoa, “EPUL”, “EPAL” e “IPPAR” são siglas, onde é que é mais fácil fazer confusão???)

  2. “De agora em diante, tenciona recorrer a um truque: “Vou começar a dizer o nome das instituições por extenso”, para evitar enganos.”

    Saberá ele o seu próprio nome por extenso?

  3. Qualquer lisboeta por mais analfabeto que seja ,sabe que a EPAL é a companhia das águas, porque tem de lhe pagara conta da água .

    O Negrão nem isso sabe, o que revela a sua total impreparação para o cargo a que se candidata.

  4. José Gricino

    Mas que tem o cu a ver com as calças? Ainda por cima, exemplos do Soares, coitadinho…

    Quanto ao Negrão, acho que é a imagem acabada do medíocre que sempre foi subindo ou planando acima do rebanho. Oiça-se a resposta que dá à pergunta do que mais admira em Lisboa e constate-se a completa vacuidade da figura…

  5. “uma perda grave para a demokracia”? eheheh deixa-me riri
    atão nã é que bosmecês inda nã perceberem que o PSD é uma associação de hienas para-malfeitoras que só se reunem quando há carcaça para esfolar?
    e, como os tempos são de escassez, só aparecem os bichos com menos gordura de anteriores patuscadas e alguma mobilidade, ininputáveis, dignas de comiseração pelo adiantado estado de pele-e-osso

  6. … eu aqui de Cascais, estou farto de rir com a paródia da capital. Acho delicioso. O melhor é pôr lá uma data de bicharada diferente e observar a evolução do ecossistema… Também há o inteligente motivo do Ensaio sobre a Lucidez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.