Em quem irá votar a Laura, a doente oncológica sem cabelo?

"MULHER DE PASSOS JÁ TEM CABELO
Laura está a recuperar de um cancro e prepara-se para ir votar este domingo, 4 de outubro.

A mulher de Pedro Passos Coelho já apresenta melhorias após a luta contra um cancro. Com o final dos tratamentos de quimioterapia, Laura Ferreira regressa aos poucos à vida normal e o cabelo começa a crescer, como mostra a revista FLASH! através de fotos exclusivas publicadas na edição de 2 de outubro.

O primeiro-ministro está agora concentrado na época de eleições, e a esposa prepara-se para ir votar este domingo, dia 4 de outubro."

52 thoughts on “Em quem irá votar a Laura, a doente oncológica sem cabelo?”

  1. Caro Val,
    o aproveitamento indecente e vergonhoso que a pasquinada faz da imagem de uma padecente do foro oncológico é inqualificável, mas, quem o permite, seja por omissão ou por vontade própria, desce ainda mais baixo na escala do oportunismo abjecto e desregrado.
    A direita já explorou quase tudo, desde as roupinhas a condizer, as festas de aniversário com direito a ‘parabéns a você’, a exposição ridícula de corpo em vestidinhos deprimentes, a exibição de crucifixos, o beijinho aos idosos a quem cortaram rendimentos, etc.
    Alguma esquerda também alinhou nas tretas, também é verdade, mas chegar ou ultrapassar este degrau vai ser difícil. Qual será o próximo número? A confrontação ‘acidental’? Já esteve mais longe…

  2. Ó Valupi

    Essa pergunta é de resposta fácil.
    Atão, a senhora doente vai votar no sacristão com o crucifixo !

    Eu aqui me confesso:
    Adoro gente que faz a festa antes do tempo. Se ainda por cima exibirem crucifixos então é a cereja em cima o bolo. Adoro. Mas o prato só fica mesmo completo quando o Presidente vira as costas à República … à qual seria suposto presidir ! É a absoluta perfeição.
    Saudações da sempre Nobre, Leal, e Invicta Cidade do Porto.

  3. Aqui se vê a força do PC, perdão …. a força do PS. Não preferem falar do tema do momento ? Assis, Pedro Nuno Santos ou Álvaro Beleza ?

  4. Gozem, gozem ,que quando virem a primeira pagina garrafal do manholas, vão ficar siderados.
    E não seria a primeira vez. Já aconteceu no mesmo manhoso em dia de eleições

  5. só falta a paulette engolir o cruxifico e ter uma filho do pedrocas para a irmã lúcia voltar a pôr os óculos dos milagres e revelar os segredos da troika.

  6. com um jeitinho os votantes nela, que é neles, louvam o facto de não estar a usar peruca de cabelos naturais por conta de ser caríssima – uma espécie de solidariedade pela pobreza do país. mas o mais engraçado é que saem caras, essas perucas, depois de o cabelo natural ser dávida. ora aqui está algo útil que uma primeira dama cancerosa podia fazer: campanha contra o abuso do mercado das perucas de cabelo natural.

  7. O título deste post é francamente nojento e, por isso, inadequado. Espero que nenhum dos vossos familiares algum dia padeça de cancro, porque será certamente muito triste ler « a doente oncológica sem cabelo?».

    Que alma a vossa!

  8. O Costa convidou os ex presidentes e secretarios gerais do partido para a última arruada. Um não pde ir está preso por corrupção, outro ainda está a curar-se das facadas, outro está entretido a trazer islamicos para a Europa, o gá-gá é capaz de não ir com medo de se perder, a única que vai é a que vai aproveitar para fazer campanha á custa do costa.

  9. Ó Campus

    Olha lá os eleitores da PaF a festejar a vitória ! Domingo estão todos bêbados ou a curar a ressaca, e nem com uma corda os arrastas para as secções de voto.

  10. numbejonada,

    “O título deste post é francamente nojento e, por isso, inadequado. Espero que nenhum dos vossos familiares algum dia padeça de cancro, porque será certamente muito triste ler « a doente oncológica sem cabelo?».”

    Tens toda a razão!
    Por acaso até tenho uma boa opinião da senhora (ao contrário da que tenho do marido) e acho de muito mau gosto o que se escreveu.
    Muito pior do que eventuais comentários de carácter racista que dizem terem sido proferidos por mim em relação ao irmão do Ricardo Costa.
    Só espero que a rapariga se restabeleça rapidamente e que se cure do problema que tem/teve!

  11. O post pode ser parvo, no sentido etimológico do termo, mas a exploração da doença da senhora como arma de manipulação política é o quê?

  12. IGNARALHO, antes FASCISTA do que BURRO e DESALMADO com tu e outros que andam por aqui.
    A pia reside desse lado. Vê lá se ficas careca…não percas a memória.

    COMUNA.

  13. Caro Teodoro

    EXATAMENTE. Porém, aqui fazem-se ótimos exercícios de hipocrisia e de imposição de VERDADES ( as próprias).

    Nunca me passaria pela cabeça, nem em jeito de brincadeira, comentar a doença de alguém, muito menos, chamar CARECA a uma doente oncológica. Aqui já me chamaram psicótico…bem, como se diz em inglês ( que não é o do tapete), «it takes one to know one».
    (Faço ideia, a reação dos doentes oncológicos ao lerem tal desiderato…pode brincar-se, ironizar-se mas neste tema, não é adequado. É feio e desumano…)

  14. que drama despropositado. acaso a doença oncológica é alguma coisa do outro mundo? os cancerosos não votam? faria sentido chamar parvo ao post, e ao autor, se se tratasse da doença dos pezinhos. :-)

  15. «acaso a doença oncológica é alguma coisa do outro mundo?»

    Não, não é uma doença do outro mundo…apenas envia para lá….

    Despropositada é a observação da Olinda.

  16. “Ter vergonha na cara , faz muita falta na vida publica.”

    deves tar a falar do aproveitamento oncológico para influênciar o sentido de voto, de crucifixos eleitorais para ajudar a espalhar a fé em lares de idosos ou da ambição do portas em ser pai desde que o louçã lhe falou no assumpto nas eleições anteriores. ide rápido apanhar no cu, 2ª. feira já pode ser tarde e é mais um desejo que fica por realizar.

  17. IGNARALHO, se alguns daqui fossem do teu género já estavas careca há muito tempo, porém, há almas diferentes da tua. ORDINÁRIO.

  18. careca ficou o duarte lima a matar velhas e a roubar no gangue do gajo que meteu baixa para o 5 de outubro. há almas diferentes mas não prestam e só ainda não foram dentro porque os alexes e vidaleiras as protegem. dass… não se pode falar na paneleira do caldas que o picolho fica histérico.

  19. Um eleitor discernido e esclarecido não se deixa impressionar nem influenciar pelo assunto em causa .

    O texto original prima pela crueldade extrema, o mesmo sucedendo com os comentários do Ignatz, Inácio, Brochelência, e por uma questão de síntese, ” O ESCARRO “, palavra que melhor designa tão desprezível criatura.

  20. oh pimpampolho, desprezível é o chuleco de massamá pôr as doenças da família ao serviço da sua eleição. português que se preze caga em pieguices bacocas e infantilóides.

  21. Sim sim, ordinareco, e se fôr da tua igualha, bate na mulher todos os dias, passa rasteiras ao ceguinho, empurra velhotes na passadeira, e agride fisicamente ” freaks” tais como doentes oncológicos, pacientes de Parkinson, Alzheimer, e ” anormais ” em geral, é bem assim, todos aqueles que não concordam com o teu clube político e ganha pão, que é a actividade de agenciamento político .

  22. sim… sim, isso tudo e muito mais, segundo rezam as crónicas da vizinhança, enfardava diáriamente a padinha com direito a ocorrência policial, ganza, desintoxicações, calotes a particulares e dividas ao estado, expedientes parlamentares com subsídios parlamentares, tráfico de influências e serviços de porteiro com fundos comunitários, testa de ferro de todas malabarices ambientais feitas empresas do angelo e com processos em tribunal a decorrer, transitados e prescritos ou arquivados com as manhosices habituais.
    pega lá o currículo do moço, devidamente documentado. haveria aí matéria para um quarteirão de friportes caso portugal fosse um estado de direito e a justiça não estivesse ao serviço da direita.
    http://tretas.org/PedroPassosCoelho

  23. Ó anormal, se a justiça ( aparelho ) estivesse ao serviço da direita tú já tinhas uma caterva de processos em cima de tí, por via das graves e diversas calúnias que tens proferido aqui, designadamente injúrias e ofensas a magistrados, e, nota, que é fácil chegar a ti.
    Sucede que, nem a justiça está ao serviço de nenhuma ideologia nem está minimamente interessada em perder tempo com um imbecilóide como tu.
    Por isso, podes cobardemente ocultartes por trás de um computador e ir continuando a proferir ofensas e a destilar ódio e veneno. Até um dia. Pode ser que te trames.
    O facto de por enquanto ninguém ter manifestado interesse em te agarrar pelo colarinho, não invalida que sejas um escroque, que é o que tu és.
    Aliás, penso que que és um caso de anomalia do foro mental, um psicótico .

  24. “… das graves e diversas calúnias que tens proferido aqui, designadamente injúrias e ofensas a magistrados…”

    bora lá, exemplos de calúnias, injúrias e ofensas que eu tenha feito.

  25. Ó FDP, tu referiste-te a duas magistradas como tendo feito broches à direita, utilizaste as mesmas palavras com relação à magistrada que interveio no desempate do recurso vencido em que o juiz relator entendia que não existia nada no processo, e reincidiste na terminologia com o juiz Albuquerque que foi para o TEDH, e ainda tens a distinta lata de vir desafiar para desfiar exemplos ???
    Vai dormir, anormal.
    Devias estar legalmente impedido de te aproximares de um computador, hehehe.
    Se eu fosse legislador criava essa medida. E a transgressão, seria, parágrafo único e apenas para o caso do Inácio, punida do seguinte modo, partindo-se-lhe o computador na cabeça.
    Heheh.

  26. nunca entendi a discriminação, numbejonada. e vou continuar sem entender. sabes que nós somos bastante responsáveis pelos fatalismos físicos que nos acontecem e tem quase tudo que ver com emoções não processadas. somos psicossomáticos e cada um tem de carregar a sua doença quando a tiver. que interessa se é careca ou cabeluda? é que nem sequer há heróis e heroínas no combate à doença, essa invenção disfuncional da sociedade. os heróis e as heroínas são os que aguentam com as cargas sem ficarem doentes a não ser pelo desgaste óbvio do tempo. mas não me vou alongar mais por conta de não querer falar daqueles que apenas usam a esquerda e descuram a direita. falo da parte do cérebro, claro. :-)

  27. Ó Pimpampum
    Já te disse noutro post mais acima e repito aqui.
    Vai chamar burra à senhora tua mãe que te fez nascer burro como ela.
    Certamente não queria mas sendo a sua espécie não pode parir uma cria de espécie diferente.
    Em todo o caso não confundas a tua espécie com a espécie dos outros.

  28. O IGNARALHO é isso mesmo – IGNARALHO. Ordinário, maldizento, e pateta – é talentoso nessas áreas todas.

    Depois de chamar VÁRIOS nomes a magistrados aqui, designadamente, os que processam o inquérito criminal do Marquês, a Sr.ª. Dr.ª. Maria José Morgado, e o Dr. Pinto Albuquerque, convidei-o a endereçar-lhes os precisos termos que publicou aqui. Ofereci-me inclusive para lhe indicar os endereços eletrónicos, dei-lhe indicações para os encontrar, mas o BADAMECO nada fez. Ei-lo, porém, que continua descontroladamente invetivando e comentando sobre OUTROS. Ele pensa que neste espaço está imune à imputação criminal e cível. Não está.
    Agora vem desafiar o PIMPAUMPUM para este indicar«exemplos de calúnias, injúrias e ofensas que tenha feito.»

    O IGNARALHO é um intenso IGNARALHO. Fala de «paneleiros» e tudo o que se relaciona, com tal expertise que nos leva a pensar que o gajo é mais um dos que motivou a lei paneleira de Sócrates. Foi este que a mandou publicar, não foi o Portas. Etce, etc.

    Portanto, tudo o que o PIMPAUMPUM diz é CORRETO.

    IGNARALHO és um escarro.

  29. A BURRA agora mete-se com o PIMPAUMPUM. Esta esquerdalha não sabe comentar sem ser com as patas nas «ancas»…

  30. Cala a pia, ó fascista ordinário, maldizento e pateta!

    Nem com a toneladas de graxa para falares das Senhoras Donas vais lá, ó badameco.

  31. sóvejoburros a inverter o ónus das provas. todas as opiniões que dei sobre os teus adorados magistrôncios foram fundamentadas em casos de incompetência e (ou) fretes ao governo (broches) que são do conhecimento público, cujos links divulguei na altura. se há alguém que foi chamado de incompetente ou fez broche ao governo e não concorda com aquilo que foi publicado, a tal liberdade de expressão que os jornais alegam em sua defesa, terá que rebater o que foi dito ou impugnar as decisões judiciais em que foi julgado incompetente. por causa das merdas aí vai de novo a notícia sobre o brochista incompetente para te ires queixar ao tribunal e meteres um processo ao sindicato da corporação por divulgar o “erro grosseiro” no site. http://www.asjp.pt/2013/07/20/supremo-indemniza-testemunha-condenada-sem-julgamento/

  32. BURRO és tu, ó IGNARALHO. Tu condenas o CM e atuas como este. Mas que sabes tu dos processos em que os magistrados atuam ou atuaram? Sabes o que é um processo? Claro que não, pela resposta que deste. E falas de ónus da proova?? Tás a brincar, ó CASCO. mas não tens piada. Descansa a trampa, pá, hoje é sábado. Caramba, estes gajos escrevem sobre o que não sabem, e justificam-se….justificam-se.

    CALUNIADOR! DIFAMADOR! Devias ter mais cuidado com o que escreves e olha que lá em cima, não se responsabilizam por ti, pá….

  33. oh burro do caralho, não sei se já reparaste que o “erro grosseiro” foi publicitado pela asjp, vai chamar difamadores e calunidores à corporação.

  34. IGNARALHO, BURRO, BURRITO e BURRINHO és tu…e do alho também.

    OK BURRALHO. Continua a difamar e a caluniar…olha que os prints também se guardam em «pdf.» e off it goes para uma certo lugar. Habilitas-te, pá. Já te avisaram aqui e te pediram contenção nas expressões.
    N meu caso eu provo-te que não sou burro. Porém, quanto a ti as evidências são bastantes….poxa, ainad me lembro daquela em que diferenciaste insolvência de falência, meteste dolo na responsabilidade pelo risco….e há mais. Caramba!! O que me ri. Mas lá que deste um sapateado de burro, ui…e agora vens falar de «erro grosseiro». Hum, explica lá, que é isso? Bá lá! Erro grosseiro, o que é?

  35. Trela não, que aqui até lhe dão rédea curta passada a fase dos guinchos em tirolês.

    Rédea – Longas tiras de cabedal presas às argolas da embocadura e que servem para o cavaleiro dirigir o burro.

    Ante-olhos – Um par de peças de cabedal que se fixam na cabeçada e que limitam o campo de visão do burro obrigando-o a olhar sempre em frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.