4 thoughts on “É impossível discordar”

  1. ontem, finalmente lá vi o espectáculo da comissão de inquérito. a velha foi completamente arrasada: enredou-se em contradições e o que deixou foi uma procissão de fé. mesmo nas resposta ao seu mentor pacheco, viu-se às aranhas. constatamos mais uma vez que a senhora foi para a liderança do ppd numa missão de sacrifício ao cavaquismo, não tendo jeitinho nenhum para esse papel.

  2. As opiniões:
    Finda a inquirição a Manuela Ferreira Leite, passei para o canal RTPN e ouvi o comentário de Inês Serra Lopes a propósito das declarações de Ferreira Leite. Diz Serra Lopes: “Manuela Ferreira Leite mostrou impreparação perante as perguntas de Vitalino Canas, no que toca ao Direito. Ao contrário Vitalino Canas mostrou bastante preparação”. Referindo-se ainda que nas comissões de inquérito e tribunais o que faz prova são factos e não suposições e que Ferreira Leite não trouxe nada de novo a não ser o que tinha lido nos jornais.
    Helena Matos tem outra percepção e afirma o seguinte: “Ouvir Manuela Ferreira Leite na comissão da AR é uma espécie de viagem a uma outra dimensão: pode discordar-se ou concordar-se com ela mas sobretudo está-se perante alguém que assume o que diz, que não faz de conta que não se lembra, que tem claro para si o que pode ou não fazer quando se é membro dum Governo…. Enfim, alguém muitos patamares acima dos vitalinos da vida”. São duas “jornalistas” uma (Helena) sei a tendência partidária, de direita, a Inês não sei mas, PS não é.
    Estas opiniões fazem-me lembrar uma católica e uma protestante que depois de assistirem a uma missa – cada uma na fé que professam – e lhes é perguntado se vêm satisfeitas com o que ouviram? Resposta mais que provável. Sim. Se não fossem movidas pela fé, talvez dissessem outra coisa. Mas, ambas esperam pela realização do escrito em cada uma da sua Bíblia. Certezas e factos não os podem provar. Só a sua fé.
    Como em todos os textos gosto de exemplificar com coisas concretas. Um dia, há vários anos o meu clube, S.C.Freamunde, foi jogar a Mirandela com o clube local e este precisava de não perder para não descer de divisão. Começado o jogo e passados uns cinco minutos o defesa direito do Mirandela dá uma sarrafada ao nosso extremo esquerdo – nesse tempo jogava-se com cinco avançados – sendo ele expulso e o nosso jogador retirado de campo devido à lesão. Enquanto o jogador expulso se dirigia para os balneários diz-lhe um seu adepto: era preciso teres essa atitude e agora jogarmos só com dez? Responde o jogador. Acha que não tive uma boa intervenção ao arrumar com o melhor jogador deles. Abri uma oportunidade para não perdemos o jogo.
    É o que me faz lembrar o que a comissão de inquérito está a tentar fazer. A oposição – e ontem Ferreira leite – tudo estão a fazer para porem Sócrates KO e assim ser-lhes mais fácil ganhar umas eventuais eleições. Não se lembram que o povo português não vai nessas cantigas. Ainda ontem na SIC Notícias vi o fórum depois da audição a Ferreira leite e todos diziam que esta comissão era uma vergonha que mais lembrava os tribunais plenários. Ferreira Leite tudo fez para ser 1ª. Ministra e ainda agora tudo faz para descredibilizar Sócrates intitulando-se como a dama da verdade. Em todas épocas arranjaram-se cognomes.
    Acabado o jogo o Mirandela perdeu. Encontrou-se o assistente e o jogador expulso e diz o assistente. Valeu de alguma coisa o teres aleijado o jogador adversário se descemos na mesma de divisão? Perdemos o jogo e o pobre do jogador de certeza vai ficar parado uns tempos. Diz o jogador expulso: eu fiz o meu papel os outros é que não fizeram o deles.
    No fim da comissão de inquérito é o que vão perguntar a Ferreira Leite. Valeu de alguma coisa a senhora prestar-se a tais calúnias. Nunca fez prova do que afirmou. De certeza porém ela vai responder como o fez o dito jogador: eu fiz o meu papel os outros é que não fizeram o deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.