Dominguice

O meu primo disse-me “Aqui ninguém se entende.” Aqui era ali, para os lados de acolá. Só muito mais tarde consegui compreender o que tinha ouvido. Que era isto: “Ninguém se entende.” Nem ali, a terra dele, nem em nenhures. Nem nas terras dos outros nem nas casas dos mesmos. Nem ontem nem amanhã. A discórdia é o estado natural da política e da sociabilidade. Daí ser preciso recorrer à violência máxima – como as calúnias e campanhas sujas que destroem a reputação, saúde e o futuro dos alvos, ou os assassinatos de opositores e as ditaduras policiais – para tentar reduzir a discórdia à expressão mínima. Apenas para que ela rebente, vingativa ou revolucionária, mais tarde. Inevitavelmente.

A democracia é para heróis. Dos mais valentes, mais belos. Aqueles que estão apaixonados pela alteridade.

4 thoughts on “Dominguice”

  1. que linda dominguice na chuva serena que tudo lava sem precisar do ralhete do trovão. mas eu discordo disso de ser para quem está apaixonado pela alteridade só por causa de o verbo não ser em inglês. a beleza da democracia, essa vaidosa por direito, é para quem é apaixonado no que é essencial nisso da alteridade.

  2. pois , quando a malta gosta de desporto de competição e se põrr no altar o ganhar e um vencedor , dificilmente adoptaremos a cultura da cooperação e de “todos ganham”. numa cultura cooperativa concursos e competições não podem existir.
    a democracia partidária é para covardes posto que a má governação não tem castigo á altura do mal que faz aos representados e divide a sociedade em blocos.

  3. e mais , a democracia é boa para quem vive de aparências e acha que a democracia partidária é o que vem nos livros de ciência política. se a democracia não fosse a forma mais fácil e barata de comprar políticos não andava a ser espalhada à força pelo mundo pelos anglo sionistas. muito mais fácil comprar um zé ninguém , morto de fome e que depende de eleições para ter dinheiro do que um rei ou ditador qualquer. a democracia partidária é um instrumento ao serviço dos donos disto tudo. e um tipo com cabeça só não vê isto porque é teimoso. ou atão porque quer ganhar eleições e governar , sei lá.

  4. e a hipótese anterior é fácil de provar : quem detêm o poder hoje não são os governos nacionais , são as corporações e mega empresas. não creio que a vontade do povo fosse chegar a esse resultado. e suponho que haverá uma correlação positiva forte entre a conquista de poder por essas entidades e o espalhar da “democracia” pelo mundo.
    enganam-vos com qualquer coisinha .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.