Dominguice

A desorganização procura a organização. A organização provoca a desorganização. Daí o movimento. E, por causa do movimento, o tempo. O tempo é a alteração do espaço através do movimento. O trânsito constante entre organização e desorganização.

Aceitar que só somos por sermos ambos, uma organização desorganizada e/ou uma desorganização organizada, é refresco.

22 thoughts on “Dominguice”

  1. tipo árvore… um tronco e ramos por aí , e muda a folhagem e vira para donde está o sol, gosto , suponho que sou assim
    tipo silva …crescer desorganizadamente , um emaranhado sem pés nem cabeça , a sociedade de hoje em dia , e algumas pessoas sem rumo . não gosto.

  2. a yo curte mesmo é a organização das invasões e também a organização do sol, que dizer site, do pcp. quem é assim é assim e pronto. !ai! que riso

  3. a mimencanta vir à casa da luz que é, por isso, também a minha casa. e adoro surpresas, yo. é por essa razão que faço sempre uma festa quando chego onde quero vir. !viva! a Ucrânia; !viva! o Aspirina; !viva! Zelensky; !viva! o Valupi. !ai! tão bom

  4. !ah! consegui mudar a fotografia, lembrei-me do wordpress que me estava a bloquear por ser trenga !ai! que riso

  5. a olinda mudou de avatar.
    conseguimos! portugal, lisboa, esperávamos, desejávamos, conseguimos!
    vitória!

  6. dominguice é ir ver um espectáculo de musica electrónica experimental numa horta colectiva.
    a musica é uma merda mas tem tomates!

  7. !ai! que riso: se tem tomates e é uma merda mais deve parecer ketchup. dominguice é sopa fresquinha de legumes com todos

  8. Os sacanas dos putinistas lá andam a matar mais umas dezenas de castanhos na Faixa de Gaza e eu tive de pôr uns tampões nos ouvidos para não ficar surdo com o clamor de indignação das bem-pensâncias democráticas e humanitárias do jardim e arredores.

    Post scriptum — Estão aqui a dizer-me que não ligue. Além de castanhos, são ranhosos. E as criancinhas nem sequer têm tablets, pelúcias e gorros de lã, imagine-se! Mais importante ainda, não são louras nem têm olhos azuis. Q’as pariu!

  9. se não sei se a noticia sairá traduzida no link , mas basta pesquisarem com a frase abaixo e é a 2^entrada do google , do jornal alemão , dia 2 do 8 , e traduzem a página….Olinda , tadinha , que pena que tenho que escolha sempre os heróis errados.

    Offshore 95 – Geheimgeschäfte von Präsident Selenskyj

    https://www-welt-de.translate.goog/kultur/plus240130237/Selenskyj-Offshore-Konten-und-Wagnergate-geheime-Geschaefte-des-Praesidenten.html?_x_tr_sl=de&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=pt-PT&_x_tr_pto=sc

  10. yo, miseráveis são os que se calam à invasão e andam à cata de mais invasão. os meus heróis dão a pena às balas. !viva! a Ucrânia: !viva! o Aspirina; !viva! a Vogue; !viva! o Valupi; !viva! Zelensky

  11. “miseráveis são os que se calam à invasão” da palestina, do iémen, da síria, líbia e do afeganistão.

  12. carapuça: escreva aí um textão de intervenção, não se cale não, e eu prometo que comento. !viva! a ucrânia; !abaixo! putin e putinistas carapuça

  13. está quentinho, marretas, bebam e bufem, este chá de arruda que vos trago para os ajudar a abortar essa maldade. !ai! que riso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.