Dito e feito

Num telejornal da France 24, à hora de almoço de hoje, um francês em estúdio dizia que Ronaldo iria ser alvo de faltas violentas de forma a que ficasse inibido e, com sorte, lesionado. Era o único perigo para a França e, se anulado, a vitória estava no papo. A jornalista sorria de aprovação e terminou a conversa desejando que essas faltas não levassem a cartões nem a grandes penalidades. Os dois riram de satisfação e esperança.

9 thoughts on “Dito e feito”

  1. Esse quadro intuía-se, era uma tentação previsível.
    É notável que os gauleses a tenham exibido assim explícita, os descarados
    O rai da bola é que era redonda, que chatice. E o puto marcou um golo lindíssimo, que nunca mais vai esquecer.

  2. A Selecção não é do Ronaldo é de Portugal, e o futebol que praticou foi aquele que lhe permitiu ganhar o campeonato, com sorte ali e azar acolá, como sempre. O treinador não é castiço, é competente, inteligente e sério. Distinguir qualquer jogador neste momento, seja Ranato ou Ronaldo, é profundamente injusto para com todos os outros. E não esquecer que há mais vida para além do futebol!

  3. Os franceses são os maiores sacanas da Europa .
    Arrogantes, vingativos, má-língua, e por aí fora .
    Consegue lembrar-se de alguma guerra no século XX que não tenham perdido ?
    Na legião estrangeira, alistam malfeitores .
    Ora, A selecção francesa, um pouco à semelhança daquela, apenas tem um punhado de franceses étnicos, o resto, a esmagadora maioria, é composta por negros e mestiços, directamente oriundos da selva, para onde deveriam ser recambiados .
    Payet, por exemplo, é mestiço de indiano e preto, oriundo da ilha da Reunião, antigo famoso reduto de piratas .

  4. Comentário bastante elucidante

    ” Amazes me how there are actually some ppl so ignorant that they think this wasnt intentional. Ive done martial arts and that is Exactly how you take away someones ability to walk for a day. You can also use a low roundhouse to the back of the knee, but Payet knew that would be too obvious. Its obvious anyway – you can see they planned it because 1. Payet attacks him with his lead leg 2. Payet runs away after, without trying to get the ball, 3. Evra knows what Payet’s doing, because he comes from the other side and, blatantly, elbows Ron in the face. 4. The way Ronaldo receives the ball indicates he has no reason to expect Payet to attack him 5. It ‘just so happens’ that this happens to Ronaldo, now the only real threat to France winning the trophy, within the 1st 15 minutes, in the middle of the pitch. and 6. Once Ronaldo is finally off, they start trying to injure Nani and Pepe, in that order, and when the goalscorer shows a threat, he is lunged into by Sissoko or Matuidi etc, on the far side. It seems that half of the team were in on it, which suggests this was on Dechamps orders. Now, its one thing to try to fix a match, quite another to be so ignorant that you have the actual footage infront of you, and because Mark Clattenburg (yes, Clattenburg, one of the most crooked refs in the FA) doesnt give a red card, to think that this wasnt a deliberate assault to take the opponents star player out of the game. People are infinitely stupid and always defend the official line. NOTE: When Payet and Evra attacked CR, they are not just offending Portugal – they are offending You, the People, who want to watch a good fair match with the best players. By taking CR out of the match, they are making a big ‘fuck you’ to every one of us who wanted to enjoy this 1x in-4-years match. And for That, ruining an experience for 200 million people, I think Payet should be barred from returning to England at customs, banned from the game, and preferably, have his bollocks ripped off by everyone who wanted to see good football in the Final. Pathetic French Cowards. Losers, too! Well done Portugal!”

    E aquí pode-se ver uma compilação do ” tratamento ” dado a Ronaldo

    https://m.youtube.com/watch?v=8s9quRoBJgY

  5. E não seria possível apanhar a gravação desse programa?
    Mesmo que o Payet não tenha feito de propósito para aleijar o Ronaldo, essa entrevista merecia ser conhecida, sobretudo em França.

  6. Eu próprio não entendo muito bem o que estamos a fazer na (des)União Europeia, na companhia deste tipo de povos. São povos que se deixam seduzir, enganar e (des)governar por elites corruptas e reles, do mais reles que existe à face do planeta. Na verdade, devíamos seguir o exemplo britânico, ou seja, sair da UE. Mas fazê-lo com calma; isso terá que ser feito à Fernando Santos, isto é, no momento imediato à próxima crise financeira. Nessa altura, até os comemos!…

    Até lá, é manter o governo da esquerda em funções; o que não vai ser fácil porque, como se viu hoje, a golpaça reles e baixa, à Payet, já começou no ECOFIN de hoje. Como é evidente, eles prefeririam o Passos no poleiro quando a próxima crise financeira rebentar (e percebe-se bem porquê).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.