Disparates

Durante uma visita a Maputo, algures na África, o presidente do PSD e primeiro-ministro nas horas vagas foi abordado por duas estudantes moçambicanas que lhe perguntaram: “Vai mesmo abandalhar por completo o sistema de pensões lá dos portugueses?”.

“Eu nunca ouvi falar disso no PSD. Eu já ouvi uma fonte oficial do Governo dizer, infelizmente, que o PSD quer acabar com muitas coisas e também com alguma réstia de justiça e lógica nas pensões dos portugueses, mas nós nunca falámos disso e isso é um disparate”, respondeu Pedro Passos Coelho.

As duas jovens concordaram: “Pois, também nós achamos”.

“Isso é um disparate”, reforçou Passos Coelho.

15 thoughts on “Disparates”

  1. passos coelho,é um homem serio quando não se ri! se desmentiu,pelo seu passado de aldrabices,é porque vai abandalhar efectivamente o seu sistema de pensões.

  2. pedir um debate no parlamento com o pm no estrangeiro e com portas a substitui-lo,é meio caminho andado para um festival “em grande” de mentiras e demagogia .o bloco efectivamente não tem conserto!

  3. Não sei se o dialogo foi como está descrito ( vi na tv , mas não recordo. Mas quando vi a cena das criancinhas a fazerem perguntas e o láparo a responder, veio-me logo à memória a mesma (quase) cena da campanha eleitoral , do mesmo personagem a responder a duas criancinhas numa escola e que tem passado frequentemente quando se fala das mentiras da criatura..
    Não tem emenda. É compulsivo…

  4. F Soares, estou apenas aqui a fazer uma paródia com o que ele disse em 2011, no dia 1 de Abril, e que bem recordas. Em Maputo não houve meninas a fazerem perguntas sobre pensões, como é suposto (ou supunha) ser óbvio.

  5. consigo vê-las: meninas de cu arrebitado e tranças em corninhos de céu, olhar brilhante e cheio – mas isto até pararem a perguntar disparates porque, de repente, os cus caem, as tranças desfrisam, os olhares tropeçam em um poço fundo. começa a chover. porque até o oxigénio chora perante a farsa do ogrão.
    :-)

  6. Tenho esta para a troca, val:

    — Sr. primeiro-ministro, ouvi dizer que o seu Governo ia proibir a comparticipação, pelo SNS, de todos os medicamentos aos reformados, excepto o Eutasil. É verdade?

    — Eu nunca ouvi falar disso no PSD. Eu já ouvi uma fonte oficial da Oposição dizer, infelizmente, que o PSD quer acabar com muitas coisas e também com a comparticipação de medicamentos para os reformados, mas nós nunca falámos disso e isso é um disparate”, respondeu Pedro Passos Coelho.

  7. Isso é um disparate – foi o que a parteira disse apontando o bébé Passos Coelho acabado de nascer e já com aquele estigma chapado no focinho. Realmente, mais parece disparate de uma noite de insónia.

  8. Os cortes das pensões não vão ser Permanentes, vão ser Variáveis.

    Ai se vão….!

    Se ficassem permanentes era muita sorte!

  9. ó reaça, estás a dizer que não acreditas na salvação da economia nacional que agora iniciámos e no caminho vitorioso do grande líder? cheira a traição, pá.

  10. Mas ó edie um verdadeiro Reaça, (maiúscula) só acredita no 25 de Abril, que ainda foi feito à Estado Novo, com ordem e respeito.

    A partir do dia 26, não acredito em nada.

    Logo nessa data nos apareceu um Só ares em vez de um Suarez!

  11. reaça no dia 25 de abril,como uma criança gostaste dever os tanques na rua. foi divertido.no dia 26 já querias o regresso ao passado. acredita que nao me incomoda a tua presença,mas preocupa-me a tua falta de sensibilidade para com milhoes de portugueses, que nem direito a reforma tinham, depois de anos de trabalho e de fome.

  12. nuno cm, tenho uma sensibilidade enorme para com milhares de gente com perto de 30 anos, que estudaram, estudaram e agora vivem da reforma de milhares de pais e avós que não tiveram juizinho na cabecinha doida.

    Só pensaram neles, e não no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.