discursos históricos do primeiro magistrado

Espero que o Porfírio faça disto uma série. Cavaco é um sósia de Bush em vários aspectos, do aparato religioso serôdio e oportunista às figuras ridículas em público. Mas com esta diferença: Bush tinha graça na sua tonteira, Cavaco não tem graça nenhuma, e ainda menos quando se julga engraçado.

4 thoughts on “discursos históricos do primeiro magistrado”

  1. A ordenha mecânico-poética é das mais surpreendentes intervenções públicas de um político a que tive oportunidade de assistir. É isso: histórico! Até as vaquinhas se babaram.

  2. Há um vídeo que eu gostava tanto de conseguir: quando o primeiro magistrado explicou, com candura, como tinha tido a falsa ingenuidade de dizer que estava no Pulo do Lobo. Entre ter sido PM e chegar a ser PR, o homem achou que podia abrir a alma e explicar, com um sorriso no canto dos lábios, como pratica a hipocrisia. Infelizmente, acho que esse vídeo nunca saiu dos arquivos da RTP.

  3. E aquela reportagem da RTP, quando Cavaco inagurou o IP5 Aveiro-Vilar Formoso, primeiro chamada «estrada ineligente» e, passados uns anos, «estrada da morte», até que o famigerado governo de Sócrates a converteu em auto-estrada e acabou com o fatídico IP5: «Depois desta obra Portugal vai ficar mais grande». Não se o Moniz despediu o jornalista que mandou isto para o ar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.