Debates que pagaria para ver

Jerónimo de Sousa-Zita Seabra

Por razões óbvias, por tantas histórias que teriam para contar do tanto que sabem a respeito um do outro, ficaria como um debate histórico.

Assunção Cristas-André Ventura

A verdadeira líder da oposição contra um dos verdadeiros líderes da verdadeira direita. Histórico para o futuro da nossa vera direita decadente.

Rui Rio-Passos Coelho

Um debate teológico entre dois colossos da estratégia política – “O Diabo, afinal, sempre chega no dia 6 de Outubro pelas oito da noite, como anunciam as sondagens?”. Histórico para presentes e futuros cientistas políticos.

Catarina Martins-Pedro Nuno Santos

A esquerda da social-democracia e a social-democracia da esquerda. Histórico para se consolidar Portugal como o bastião da social-democracia europeia.

André Silva-António Marinho e Pinto

Dois animais políticos à solta. Histórico para quem gosta da natureza da democracia.

Rui Tavares-Santana Lopes

Uma estrela cadente há anos e anos versus uma estrela decadente há anos e anos. Oportunidade histórica para relançarem as suas carreiras.

Mendo Castro Henriques-José Pinto Coelho

Tendo sido aluno do primeiro, sei bem que ele – e sem se esforçar – poderia reduzir o segundo a um britado de ódio cujo único destino seria um aterro sanitário. Que pena não podermos vir a contar essa história.

9 thoughts on “Debates que pagaria para ver”

  1. Mário Centeno – Vítor Gaspar;

    Ricardo Salgado – Carlos Costa;

    Ivo Rosa – Carlos Alexandre;

    Joana Marques Vidal – Valupi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.