5 thoughts on “Da série “Isto com a Joana Marques Vidal e o Carlos Alexandre…””

  1. e era culpado ? tinha massa na off shore e o primo dum amigo era o seu herdeiro ?

    bem , ao menos este demitiu-se quando começaram as suspeitas , já ganhou um ponto.

  2. Afinal o grande corrupto está inocente?
    Quem paga a vida estragada, imagem pela lama as acusações tatuadas a ferro e fogo?
    Penso que este só não esteve preso!!

  3. Este caso demonstra que, felizmente, os juízes não validam tudo o que o MP pretende. Por isso é que a sentença de processos como o de Armando Vara, apreciado e validado por vários juizes em várias instâncias, não oferece dúvidas.

  4. No MP há de tudo…, nos juízes de todas as instâncias também. Todos dizem procurar a verdade com “boa consciência” e em nome do povo. Uns sustentam o seu veredicto com base em provas, outros sustentam-no com base em convicções pessoais e ilusões justiceiras para a pólis, a contento das massas já trabalhadas pelas mãos da comunicação social.
    Com o Vara, os vilões revelaram-se. E, preparem-se, a procissão ainda vai no adro… As bandeiras e os estandartes coloridos da antiga Roma vão desfilar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.