Da política-espectáculo ao espectáculo como política

Que têm em comum o convite a Draghi para participar num Conselho de Estado e a oferta de um cão a Marcelo, o primeiro animal de estimação com estatuto presidencial? Ambos são, essencialmente, golpes publicitários. O actual Presidente da República foi eleito, se esquecermos o facto de não ter tido concorrência, por ser uma estrela da televisão. E ele tornou-se uma estrela da televisão, em vez de um servidor público, porque – para além das benesses profissionais, sociais e pessoais que esse poleiro lhe dava – compreendeu com inteligência vocacional como funciona a fama de um artista do entretenimento. É uma arte do simulacro, um constante teatro onde a personalidade não se esconde pela máscara, antes passa a ser a própria máscara que se exibe em palco.

Chamar Draghi ao Conselho de Estado é uma jogada brilhante de relações públicas para Portugal e para Marcelo em tandem com Costa, mesmo que o seu efeito não passe de um fogo-de-artifício para inglês (e alemão, francês, americano, chinês) ver. Ter um cão, para mais oferecido por militares, a fazer companhia ao homem sem mulher no Palácio compõe a fotografia de família ideal para ficar no coração de 9 milhões de portugueses, mais uns trocos.

À volta disto tudo temos Marcelo a tratar a malta como se ele fosse um guru do coaching contratado para repetir as banalidades da psicologia positiva ao seu novo cliente: Portugal. Não tem nem terá outro projecto ideológico. O resto do tempo será passado num crescente processo de manipulação dos códigos que lhe deram o sucesso anterior e que têm enchido os dias desde que venceu as eleições.

19 thoughts on “Da política-espectáculo ao espectáculo como política”

  1. Sim, é isso mesmo. Marcelo é um excelente artista de circo.
    Mas até os melhores trapezistas se podem estatelar no chão. Os acidentes acontecem, as redes ainda um dia podem vir a ser furadas por algum exilado.

    Meanwhile … no Brasil …
    Está a passar o filme “Sócrates” … só que lá HÁ LUTA !
    Lá não deixaram o homem sozinho no campo de batalha.
    Podem dizer que é porque lá o PT está no governo, mas eu aposto que se aqui o PS estivesse no governo em Novembro de 2014 o António Costa não teria mudado uma vírgula no seu comportamento. Chama-se cobardia. E um dia vai pagar por isso.

    LULA em conferência de imprensa. Vejam e ouçam. Porque Lula não foi amordaçado e amarrado para não falar. Esteve quase mas ainda pôde reagir.
    https://www.youtube.com/watch?v=-x0VhqaiXGU

    E vejam mais AQUI:
    https://www.youtube.com/watch?v=RVoMzSc_JyE

    E sobretudo NÃO PERCAM este FANTÁSTICO ÁUDIO:
    https://www.youtube.com/watch?v=B_l1By9Vjjg

    E ESTE:
    https://www.youtube.com/watch?v=0xYVRwb4FGE

    Sobre o Brasil:
    “Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme, traficante se vicia, e POBRE é de direita” ― Tim Maia.
    (acho que também podia ser sobre Portugal)

  2. Um tratado de submissão simbólica. A Santa Se, a cadela pastor alemão (Merkel? Esta da Pan para mangas), a viagem saudosa ao Império e o convite ao soberano €, este uma autentica vergonha que em qualquer país com um minimo de respeito proprio dava uma celeuma pesada.Em menos de um mês está patente o idiota que é este clown. Sem densidade sem qualquer pensamento estruturante. Primeiro Deus e depois a ordem natural das coisas, pelo meio folclore para os media. O pior e que, como dizes bem, não ha nada para alem disto. That’s all Folks.

  3. Aqui não te acompanho, Val. Convidar Mário Draghi para um Conselho de Estado é o mínimo que um Presidente pode fazer para reconhecer a decisão que aguentou Portugal e a Europa. Se Mário Draghi não tem dado um berro, no Verão de 2012, após anos de nhã nhã nhã, Portugal e a Europa já tinham acabado.

  4. os seguranças,não têm pedalada para acompanhar marcelo, ele é frenético.qualquer dia, está o povão que ele visita, a cobrar-lhe os pedidos de ajuda!

  5. a policia já aguarda aumentos e promoçôes.esta gente só tem trabalho perigoso,em lisboa,porto e setubal,no resto do pais a vida é bela!

  6. o tio balsas diz que a ruela e o lopes só vão para belém assessorar o marcelo se rescindirem o contrato com a sic, portantus é desta vez que a manicure judite vai para belém aparar as unhas ao pastor alemão.

  7. Portanto, Marcelo vai preso por ter cão, e o cachorrinho vai preso por não ter ainda robustez para morder Draghi .

  8. Compare-se a categoria do depoimento integral de Lula na Polícia Federal, onde não se vislumbra uma sombra de falta de autenticidade.
    http://www.valor.com.br/sites/default/files/infograficos/pdf/depoimentolula.pdf

    Com as justificações esfarrapadas de Eduardo Cunha, o líder da Câmara dos deputados e comandante do impeachment, sobre as acusações de que teria mentido ao afirmar não possuir contas na Suiça
    http://www.valor.com.br/politica/4492308/ao-conselho-de-etica-cunha-diz-que-nao-mentiu-sobre-contas-na-suica
    Diz que “não teria contas, mas “trusts”, uma figura jurídica segundo o qual o dono dos recursos transfere a administração para um terceiro”.

  9. Subscrevo a lucidez da tua análise, Valupi, mas, apesar dos pesares, quero acreditar que isto tem tudo para correr bem, sendo esse tudo o “Factor Marcelo”. Mas também tem tudo para correr mal, e esse outro tudo também tem nome: “Factor Marcelo”. Dr. Jekyll e Mr. Hyde, é nas mãos destes dois que está o nosso futuro a médio prazo. Oremos.

  10. Dois excêntricos? Costa e Marcelo?
    Ou anda o mundo inteiro tuga, de cabeça à roda?
    Parece-me que Passos e Sócrates já são animais pré-históricos!
    Perder tempo com eles para quê?
    O único que vai gozar alguma coisa com isto tudo é o César dos Açores, e a malta nem topa!

  11. No fim do mandato ainda condecora o cão. Também…o outro nomeou cônsul o próprio cavalo ! Isto de prebendas já vem de longe !!! Hoje aquela distribuição de amêndoas às reclusas deu para ver o “popularucho” da função. A ministra da justiça parecia não fazer parte daquele filme infantil ! Coisas !!!

  12. Não creio que o convite ou o cão sejam golpes publicitários! Antes, estou a ver o
    conceituado hábito do ter ou não ter cão, tudo serve para a critica e suspeição!
    Até agora, o PR limitou-se a abrir as portas e janelas do Palácio de Belém para
    remoção do bafío cavaquista, estamos na terceira semana do mandato e até ver
    não houve qualquer contradição com as promessas (poucas) eleitorais, irá despa-
    char o O.E. em tempo recorde porque teve o cuidado de acompanhar a sua discus-
    são, cumpre a promessa de convocar com regularidade o Conselho de Estado dan-
    do impacto internacional à primeira reunião, com o convite ao presidente do BCE
    e ao governador do BdP sendo do domínio público quanto fragilizado está este!
    Por tudo isto acho prematuro estar a seguir o mesmo caminho dos sempre avisa-
    dos e profetas do futuro … isto de escrever para memória futura, tem mais que se
    lhe diga, há que dar tempo ao tempo e verificar a prática!
    Declaração de interesses, não votei no prof Marcelo e, tenho reservas políticas
    sobre a actuação do mesmo que, foram evidentes, enquanto animador no seu
    espaço de entretenimento na TVI!!!

  13. Este presidente tenta reabilitar o velho Portugal.

    Desde “pecanininho”que não pensa noutra coisa.

    Conseguirá?

  14. Marcelo e Costa fazem cada revianga a certa esquerda obtusa histórica tuga, que muitos esquerdas vão andar aos gambuzinos durante muitos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.