Da MTV para o YouTube – a convergência dos vídeos musicais

joao-pedro-da-costa-da-mtv-para-o-youtube-a-convergencia-dos-videos-musicais

O nosso João Pedro da Costa, um dos fundadores deste pardieiro e o blogger mais criativo que alguma vez conheci, lançou um livro. Que acontece não ser o primeiro. Um livro nascido do seu doutoramento e que o prolonga. Neste espaço – https://mtvu2b.com/ – é apresentada a obra e disponibilizado o precioso material videográfico de apoio à leitura.

Como feliz proprietário de um exemplar autografado pelo autor, falarei da minha experiência de aprendizagem quando terminar a leitura. Por agora, esta certeza: sendo um estudo erudito sobre os vídeos musicais, trata-se igualmente de uma viagem à história da cultura mediática dos últimos 40 anos (mais coisa, menos coisa, entre outras coisas).

Comprem o livro não porque o meu primo precise do dinheiro mas porque qualquer um de nós precisa de inteligência. E ela sai escandalosamente barata neste caso.

6 thoughts on “Da MTV para o YouTube – a convergência dos vídeos musicais”

  1. que fixe! eu posso adiantar que tive o privilégio de vê-lo e ouvi-lo na defesa da tese de doutoramento e adorei. e se eu adorei é porque vale mesmo a pena. :-) fiquei, entretanto, curiosa com os aditivos e, pois claro, vou explorá-los.

    e fico igualmente viva de vontade para ler, entretanto, a tua experiência de aprendizagem. :-)

  2. ” que fixe!…” = seca
    “… eu posso adiantar que tive o privilégio de vê-lo e ouvi-lo na defesa da tese de doutoramento e adorei.” = podes agradecer-me a tese de doutoramento…”
    “… e se eu adorei é porque vale mesmo a pena.” = acordei estremunhada, desculpem se ressonei
    ” :-) fiquei, entretanto, curiosa com os aditivos e, pois claro, vou explorá-los.” = pois… os croquetes

    ” e fico igualmente viva de vontade para ler, entretanto, a tua experiência de aprendizagem. :-)” = não percebi patavina, vê lá se resumes para eu mandar mais uns bitaites intelectuais.

  3. Caro Ignatz: se a Olinda e outros gajos do Aspirina B te incomodam não respondas.

    Vira-lhes o cu e a manda-os foder (com ou sem strap-on).

  4. Valupi, obrigado. Para além do Glorioso, que recebe o Paços de Ferreira, não estou a ver mais nada assim culturalmente interessante que aconteça hoje na capital do Império quando espreitar a noite. Para aprender algo de verdadeiro sobre esses mundos inventados, esclareço.

    Nota. E parabéns para o primo, claro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.