26 thoughts on “Da honra”

  1. Ja viu que o Carlos Santos acabou de ser expulso do Corta-Fitas? E agora ate os que faziam coro com ele na histeria beata que e o “Catolicos Portugueses no Facebook” o renegam dando-se ares de virgens ofendidas…nada como uma ameacazinha de processo judicial
    O que parece confirmar a sua tese de que estamos a ver o aproveitamento de uma pessoa desiquilibrada e que e posteriormente descartada quando o seu comportamento se torna embaracoso. Isto no fundo e tudo muito triste e muito indigno (e nao estou a tentar reabilitar o Carlos Santos, que na minha opiniao embora desiquilibrado nao e inimputavel).

  2. Joana Andrade, agradeço a informação e fui ler. De facto, tal como dizes no comentário que lá deixaste, nunca se viu da parte dos outros autores do Corta-fitas qualquer sinal de desagrado com o que o Carlos Santos lá fazia. Pelo contrário!

  3. Decisão acerta do Corta-Fitas!
    E pelos vistos o “Judas” teve vergonha e apagou o perfil no facebook!

    Aproveito para dizer que comento muito pouco aqui, mas sou um seguidor fiel do Val

  4. edie, exactamente. Era o que ele merecia.
    __

    Nuno Manuel Costa, quer dizer que o homem voltou aos apaganços? Vamos lá ver se é desta que o apagão blogosférico é geral e ele deixa de empestar o ambiente.

  5. Tudo aquilo foi um episódio lastimável, e fico com a sensação de que, não fosse a aglomeração entre a ameaça de processo judicial, as críticas da blogosfera da esquerda à direita e a conclusão de que as afirmações do Carlos Santos eram afinal mentira isto continuaria ad aeternum.

  6. Val, sim o gajo apagou o perfil! Já nem aparece na pesquisa dos membros do facebook.
    Este tipo de pessoas mete nojo.
    Como é possível um gajo (não devemos usar o termo homem) passa de ateu, socialista para liberal, católico!

    Ainda me pergunto como consegue ele trabalhar na Universidade Católica com esta exposição pública vergonhosa!

    Vamos ver se desta ver o gajo desaparece para sempre!

  7. Eu quero uma comissão de inquérito a este inqualificável ataque à liberdade de expressão. Tenho as minhas suspeitas que será em breve anunciada compra do corta-fitas pela PT com o dinheiro da Vivo. Sócrates, como sabem, não dorme em serviço, nem os seus assessores.

  8. Estocada assassina:

    “Na busca de respostas, penetremos no senhor Carlos Santos” – Bettencourt dixit

    De muito mau gosto, mas mortal.

  9. tenho uma especial apetência por malucas e malucos. acho que dão colorido à vida. O Carlos Santos, desde o princípio, caiu-me na categoria dos malucos (hoje dei por mim a pensar em como já li tanta gaija por aí a dizer o mesmo que acabei de dizer, que nunca foi à bola com o carlos santos desde que ele apareceu com a sua diarreia de links, e começo a achar que talvez nós, mulheres, tenhamos uma sensibilidade mais apurada, herdada de mães, avós e por aí fora, para detectar farsantes, era para nós quase uma questão de sobrevivência, enquanto vocês, homens, se deslumbram muito mais com as aparências e não estão fisiologicamente preparados para ficarem cheios de borbulhame quando uma criatura destas se aproxima…) mas continuando o que estava a dizer sobre malucos, depois de os detectar e etiquetar não lhes resisto e foi em busca de mais umas horas de diversão que eu, ou outra por mim, ou outro, porque tenho múltiplas personalidades para os malucos, me acheguei ao carlos santos no facebook e lhe pedi, respeitosamente, para ser meu amigo. ainda não me deu resposta, deve andar com muitos afazeres, mas Nuno, que o perfil dele continua activo, continua. Verifiquem aqui http://www.facebook.com/profile.php?id=1443214745&ref=ts

  10. Tereza, é não consigo ver na no facebook.

    O homem deve ter retirado o meu perfil do grupo de “amigos” dele porque divulguei alguns post que não era nada meigos para ele!
    Enfim, para católico é pouco tolerante…

  11. Joana Andrade, parece que tens razão. Uma notazinha agora apensa ao post original:

    Nota: o parágrafo antecedente não invalida o princípio geral de que, no Corta-fitas todos os textos publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.

    Lamentável…

  12. Como pode o Valupi falar de honra quando partilha um blogue com um ser destituído de coluna vertebral que mais abaixo utiliza vergonhosamente uma citação descontextualizada de Fernando Venâncio única e simplesmente para chafurdar no seu próprio fel de estupidez, pensando que consegue atingir a maior glória das letras portuguesas dos últimos anos.
    Em situações normais eu consideraria que a linguagem dos comentadores daquele post seria demasiado forrte mas no caso até considero demasiado branda.
    Como consegue falar de honra se tem nas suas barbas o achimcalhamento de Saramago. E, já agora, também de Fernando Venâncio.

  13. João, também penso como tu. Basta dizer que o Tabosa fazia coro.
    __

    Nuno Manuel Costa, essa questão da sua ligação profissional à Católica é bem interessante, em todos os aspectos, sem dúvida.
    __

    Tereza, esse aspecto da questão, onde uns reclamam ter percebido que o Carlos Santos era uma fraude e alguém que não merecia confiança, é uma curiosidade em aberto, pois não me lembro de ninguém adivinhar o rumo dos acontecimentos. Para mim, nada há de errado no que ele fez até começar a violar correspondência privada e a difamar. Aliás, o seu percurso mostra que teve sucesso, utilizou o meio com eficácia numa intenção de promoção pessoal.

    Enfim, nada contra os malucos, só contra os doidos varridos.
    __

    António, as questões que me colocas são absurdas. Que importa a opinião de alguém acerca da obra do Saramago? Onde é que entra aí a honra? Se, porventura, o Venâncio estiver chateado com alguma coisa que aqui leia – se é que ele ainda é leitor deste blogue – saberá muito melhor do que tu e eu o que dizer ou fazer.

  14. Não só fazia coro, como o último post dele é risível: afirmar que aquilo que o CS se propunha a fazer era denunciar bloggers anónimos quando os ataques eram a pessoas bem identificadas (o que quer que na internet isso seja…).
    Lembrei-me de um post dele ironizava com a indignação da Fernanda Câncio sobre um cartaz a um site de futebol cuja imagem eram umas meninas descascadas e onde não se percebia ao certo o que era publicitado.
    A dada altura nos comentários, afirma então o Rui Crull Tabosa “Quando é que alguém percebe que o propósito do Post não era propriamente a questão das ‘meninas’, mas o facto de a fotografia destas ter sido inicialmente colocada num blog conhecido por ter activistas inacessíveis aos encantos do género feminino?”.
    Isto sim, é o “primado das ideias políticas”.
    Mais ridículo ainda é a nota acrescentada no post do João Távora a dizer que a responsabilidade dos posts é dos seus escritores. Lá isso é, mas a conivência com que foi permitido durante semanas a fio aqueles textos inquisitórios é da responsabilidade de todos os participantes do blog.
    E nenhum deles ainda veio a terreiro demarcar-se das mentiras que naqueles posts foram escritas.
    Mau para o Carlos Santos é, dado o seu percurso BE-PS-PSD-Direita conservadora católica, já só lhe restar escrever no Forum Nacional ou dar a volta e juntar-se ao PCP.

  15. Valupi, não há bruxos nem adivinhos e era impossível de adivinhar o que se seguiria mas era de esperar que a personagem fosse mais gelatinosa que uma alforreca. Não lhe nego qualquer eficácia na utilização do meio mas foi exactamente o seu afã na publicidade, os seus gritinhos de olhem para mim aqui, que indiciaram uma desmedida ânsia de promoção pessoal e quando o intuito é esse e só esse não há limites. Se bem te recordas ele vinha, elogiava e a seguir punha o link para onde ele próprio já tinha dito mais e melhor. Repugnam-me as humildades untuosas, prefiro um arrogante a um falso humilde. Daí para a frente assistimos de bancada a uma enorme bebedeira de vaidade até ao estertor que se espera final.

  16. Por acaso, Tereza, fui espreitar o meu antigo blog e lá estava o comentário do CS, exactamente como descreves. Já nem me lembrava. Num blog obscuro sobre as eleições americanas de 2008 que quase ninguém lia. Estou com o Val, há que respeitar a eficácia.

  17. E fica assim demonstrado, à saciedade e à sociedade e a quem mais vier, a importância de um nome…
    (http://corta-fitas.blogs.sapo.pt/3775612.html)

    (Ó Aires, bem vindo ao admirável mundo novo onde as palavras são impressões digitais e os nomes ilusões. É que, para quem não saiba, eu não me chamo Aires Vilela como um Aires Vilela que eu não sei se se chama Aires Vilela mas que quer demonstrar à saciedade que os anónimos que não assinam dois nomes, pelo menos, não passam, como ele do alto do seu link o afirma, de meros cobardes…. E este comentário fica aqui e não lá porque este cobarde Valupi que não assina dois nomes mas dá o pêlo pelo que escreve não tem medo de comentários e abre a caixa ao que vier sem moderações, contemplações e com muitos …. por acaso colhões rimava e até ficava bem)

  18. tereza, tou contigo. ainda hoje estive a falar com a shyz sobre isso. no meu caso, claro, pode ser só mm por ter um grande nariz, eheh, mas q farejo farejo. apre, aquilo era insuportável.

  19. Fernanda, estás a querer dizer que o teu nariz é maior có meu? olha que o Obelix ficaria encantado com qualquer um deles mas parece-me que nos carlos santos da vida nem é o nariz que nos alerta, é a pele fina. É que até se me arrepiam os pêlos. que não tenho, claro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.