Crapulinsky

Louçã diz que o PS é inimigo dos trabalhadores, amigo dos liberais, e que só o BE pode levar a cabo uma política socialista, em aliança com o PCP. Acrescenta que esse dia está cada vez mais próximo porque o BE está cada vez mais forte, o PS cada vez mais fraco. No fundo, sugere que já cheira a Louçã como Primeiro-Ministro.

O seu discurso repete as fórmulas dos pregadores, incluindo a retórica diabolizante e a prosódia sermonária. Fala de dois grupos: o mau, que junta PS, PSD e CDS; e o bom, onde o BE dará a mão ao pequeno PCP e salvará os pobres e oprimidos através de um Governo que cumprirá todos os ideais de Outubro e Abril do século passado. É o maniqueísmo sempre eficaz na manutenção da identidade das seitas, veneno da inteligência e intoxicação da liberdade.

Durante os anos do 1º Governo Sócrates, o Bloco declarou que a causa de todos os males políticos residia exclusivamente na maioria absoluta. Sem ela, inevitavelmente apareceria uma nova governação, onde o PS aceitaria as propostas da oposição ou faria coligações. Foi-se a maioria, tempo para o BE moldar o destino do País? Sim, mas apenas como fonte de guerrilha. A lógica é a mesma, manter a promessa de que os santos estão só de um lado, e que não fazem milagres apenas porque os demónios não deixam. Vamos ter de esperar mais um bocadinho, então, para que Portugal se torne no único país do Mundo onde o socialismo derrotará o grande capital, o liberalismo, os banqueiros, os ricos, os abastados, a burguesia, os contra-revolucionários, os inimigos do proletariado – e Louçã terá toda a legitimidade para se auto-coroar imperador do marxismo.

14 thoughts on “Crapulinsky”

  1. Há cerca de duas semanas um individuo no Kentucky depois de uns charros de marijuana meteu e deixou o filho de apenas 5 semanas toda a noite dentro do forno. Depois de tudo ter terminado em bem para a criança, o individuo ligou para a linha de ajuda psiquiátrica.

  2. O BE é um partido infantilizado que vive na irrealidade.Sabe-se emasculado pelo seu alucinado programa e mente despudoradamente aos seus eleitores pois não tem um projecto viavel que vise resolver qualquer problema, esgota-se na contestação e no ódio e arranja qualquer desculpa para fugir do compromisso.
    Depois ao olhar para as caras dos seus principais quadros parece que todos eles têm vidas sexuais insatisfatorias ou no maximo bastante tristes, sentindo-se uma severidade pelo mais trivial prazer (ok excluo daqui o F.Rosas que tem uma certa bonomia) burguês naquelas carantonhas infelizes. Devem praticar em frente ao espelho o ar estudado daqueles tipos enormes que figuram nos murais pintados nas paredes. Enfim um bluff.

  3. AJDiogo: isso foi o mais oportuno e inteligente que te ocorreu a propósito?
    E o pormenor dos charros de marijuana é assim tão relevante? É que nem há muito tempo dois pais que não dão nela esqueceram-se dos filhos dentro dos carros e foram para o trabalho sem se lembrarem deles…

  4. eu sei de um pai ou dois ou três que depois de uns copos de vinho ( às vezes de leite , até) fizeram com que a coisa não acabasse bem para a criança , Shark.

  5. Há quantos anos está este azeiteiro do Louçã à frente da Punheta de Esquerda???

    Eles nunca mudam de liderança ?!

    Este Punheteiro de Esquerda está na liderança desde que o BE nasceu!

    Ainda falam dos outros, caralho!

    Se há ‘Grande Líder’ ele é Francisco Anacleto Louçã, Azeiteiro da Punheta de Esquerda.

  6. Pois eu sei, mf, de muitos pais que criaram e que criam filhos bem ou mal. E em nenhum dos casos descobri um paralelo inequívoco entre os líquidos ou os fumos consumidos e o desempenho da progenitura.
    E não vejo que possa existir uma relação directa de caras entre o cumprimento desse papel de pai que muito me orgulha e substância alguma. Em última análise são o amor e o sentido de responsabilidade que fazem sempre a diferença, sendo que esses (quando genuínos) não se deixam entorpecer seja pelo que for.

  7. AJDiogo,

    se era para desviar do assunto do post, parece que está a correr bem.

    Se era para fazer referência aos perigos da legalização da marijuana (defendida pelo BE), nem tanto.

  8. Gosto dessa ideia do K: deviam exibir as caras desses rapazolas senis, sem legendas, que não precisam. Mas primeiro mandar as crianças para a cama. O Louçã é um asco, só a voz e a dicção dele tiram o sono aos menores de 10 anos.

  9. K,

    Concordo com a tua apreciação.

    E digo que o Louçã já percebeu o que o espera para as próximas eleições. Daí estar a mandar o “barro à parede do PC”.

    O eleitorado que votou bloco nunca esperou este número de circo que está a desenrolar-se na AR, com o bloco a desencadear parcerias com PSD. A coisa vai correr-lhes mal, creio.

    Por outro lado, o bloco é um partido com diferentes pontos de vista sobre as mesmas matérias e o que busca junto do PC deve ser uma dinâmica de organização que de outra forma não conseguirão alcançar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.