Começa a semana com isto

__

Todos nascemos inteligentes mas isso não impede que se possa aprender a ser inteligente. Kathleen Eisenhardt é tão inteligente a ensinar a inteligência dos inteligentes que quem chegar ao fim dos primeiros 5 minutos deste vídeo já está mais inteligente do que no estava nos 5 minutos antes. E continua-se a esse ritmo de crescimento nos 50 minutos seguintes.

São as regras, estúpido!

9 thoughts on “Começa a semana com isto”

  1. Só mesmo na América é possível ganhar dinheiro explicando aos indígenas que antes de mijar convém primeiro abrir a braguilha, para não afogar os chanatos. Bendita terra de oportunidades!

  2. Once upon a time in America, the morons were breeding like rabbits. And the foxes were getting rich… teaching them that the rabbits breed like rabbits, something that the morons… sorry, the rabbits didn’t know. And so the foxes could eat more and more rabbits every day, and get richer and richer teaching the surviving rabbits how to breed more and more/on… sorry, moron rabbits, just beeing rabbits.
    The End

  3. “Abrir “inquérito urgente” ao conflito entre PSP e GNR na escolta das vacinas em Évora”, se ficar por aí, é coisa de castrado. O que o alegado ministro da Administração Interna devia ter feito (ou fez, que a esperança, no que me toca, é a última a morrer), no momento em que foi informado do acontecido, era chamar imediatamente à sua presença Magina da Silva, o alegado “polícia durão que não tem papas na língua”, como lhe chamava em 15 de Dezembro o pasquim direitolo “i”, e dizer-lhe: “Senhor director-geral da PSP, se não o fez ainda, eu digo-lhe o que vai fazer no minuto em que sair deste gabinete: 1. Suspender imediatamente todos os elementos da PSP responsáveis e participantes pelo que e no que aconteceu em Évora. 2. Instauração de inquérito e punição dos responsáveis, que poderá chegar à expulsão da corporação, já que os actores de tão evidente, irresponsável e estúpido abuso de poder não têm lugar na polícia de um Estado de direito. 3. Desencadeadas e bem encaminhadas estas diligências, e independentemente do seu resultado, quero a sua carta de demissão entregue sem delongas neste gabinete. Caso isso não aconteça, fique desde já sabendo que serei eu a demiti-lo, coisa que me arrependo de não ter feito aquando das suas declarações de há duas semanas, após a reunião com o PR, agravadas pela sua não menos inaceitável afirmação de que havia quem estivesse a aproveitar a morte do cidadão ucraniano para “vilipendiar” o SEF como um todo.”

    Menos do que isto só contribuirá para o lento enfraquecimento e apodrecimento da autoridade das instituições democráticas, dando gás aos Venturas, Venturinhas, Venturões e outros cabrões para quem os Maginas valentões serão um dia as traves mestras de um almejado futuro musculado.

    Mas isto sou eu em modo de wishful thinking, já que a frouxa (para não dizer cobarde) decisão do MAI, para desbloqueio da situação, de uma escolta partilhada a partir de Évora não augura nada de bom.

    Quem o inimigo poupa, às mãos lhe morre, é bem verdade, e o pobre do ministro ainda não percebeu que, para os Maginas durões e sabichões, ele não passa de um insecto. Há que provar-lhe que os insectos podem por vezes ter ferrões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.