10 thoughts on “Coisas que podemos escolher”

  1. A questão colocada assim é caso para dizer “que venha o diabo e escolha”.

    Ainda assim, a solidão pode ser muito mais profícua do que o tédio de prescindirmos da nossa vontade. Desaconselhável é trocarmos o primeiro prazer de estarmos aqui pelo comodismo.
    E também existe muito de ilusório na suposta partilha de pertencer ao rebanho.

  2. Se eu pudesse escolher escolhia quem sou, mesmo com os defeitos e virtudes que tenho e são bastantes – mais os defeitos.
    Agora se me dissessem se te pudesses remodelar. Remodelavas-te? Isso com certeza que sim. Não cometia os mesmos erros, preparava-me melhor para a vida, mas como uma pessoa só se levanta depois de ter caído. Também é nos erros que nos aperfeiçoamos e é assim que me vou corrigindo, embora seja pouco, vale mais o pouco que nada.
    Pelo que expus, escolhia-me a mim.

  3. eu seria andorinha, mas também gosto dos vôos das águias, portanto talvez um aguiorinha?

    entretanto lá vem isto desaustinar e o cabram do tricheur não baixa as taxas para equilibrar.

    E ainda temos de chegar a taxas negativas porque vem aí uma nova era e há que saber inovar. Não sabem o que é uma taxa negativa? eu também não mas deve ter números complexos para chegar lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.