Coisas boas

Tiago Barbosa Ribeiro está de volta às lides blogosféricas com O Portugal Futuro. É mais uma fonte de inteligência política à esquerda que agora recomeça a actividade sob os teleológicos auspícios de Ruy Belo.

Pedro Lains inova na blogosfera nacional ao aderir ao crowd funding. Tendo em conta que esta é uma voz especializada em economia onde vigora a honestidade intelectual, há uma altíssima probabilidade de que o dinheiro angariado seja revertido em benefício da comunidade. Claro, se ainda der para ele comprar um Porshe, também não virá daí grande mal para as finanças públicas, disso podemos ter a certeza.

Uma dos melhores pedaços de cinema que vi este ano foi-me oferecido pelo O Homem Que Sabia Demasiado, aqui: “Soy Cuba”

16 thoughts on “Coisas boas”

  1. fiquei a pensar que nunca se sabe demasiado a não ser quando o que se sabe é demasiado para se poder afirmar que se sabe demasiado. não sei bem, tem um cheiro de investigação policial. voltando ao assunto, o soy cuba não me levou a lado algum. terá sido, talvez, pelos meus pensamentos, demasiados, imediatamente antes de ir ao link. não sei bem. :-)

  2. Uma pequena correcção: o Pedro Lains não foi o primeiro a inaugurar o Paypal. Há um outro blogger, conhecido pelos seus lamentos públicos de pobreza e fome, que já o tinha feito.

  3. A ti pode não te ter levado a lado algum, Olinda, mas a mim tem-me feito pairar desde que lhe pus os olhos em cima. Deve ser a sequência mais mágica que alguma vez vi em cinema e pergunto-me, tal como o outro que sabe demais, como terão conseguido filmar aquilo sem cortes. Absolutamente encantador.

  4. ui, Val, eu que entrei em verborreia – não de atraso – de adianto mental, afinal gostaste. que bom.:-)

    Teresa, eu desta vez não estava a andar de metáfora – daqui vai mesmo dar a nada. mas deve ser defeito meu. :-)

    (se ficaste encantada podias, perante a minha impotência local, contar-dos encantos-me) :-)

  5. Os encantamentos não se contam, Olinda. Vê outra vez, deixa-te levar, sobe até à varanda, passa resvés às grades de ferro forjadas, acena com a bandeira, volta a descer. Tu consegues, vá…

  6. não: os encantamentos contam-se, sim, de outra forma não podia haver aspirina nem pai Val. :-) por outro lado, Teresa, que é nenhum, beco sem saída, vejo o quê se aparece nada? :-)

    (essas indicações do tipo doutrinal de auto-ajuda é que não gosto nadinha. mas obrigada na mesma pelo pseudo-estímulo) :-)

  7. Valupi, é um velho conhecido destas lides. Eu dizia-te quem era – se é que ainda não sabes – mas não o fazer chateia-o ainda mais. Por isso não digo. ;)

  8. Vega9000, não faço ideia de quem estejas a falar. Para além de ser um fraquíssimo conhecedor da actualidade blogosférica, sou também muito distraído.

  9. É o jurássico que pedia dinheiro para comprar leite de bébé. Parece que tentou trabalhar em call centers, mas foi despedido ao fim de três dias porque só dava informações sobre o Sócrates.

  10. Sapo Cocas: cortes.
    ___
    Valupi: brincalhão. Vai lá espreitar o blogue onde, sob o olhar atento de Jesus Cristo, se dedica a destilar ódio pelos seus irmãos. Lá está o Paypal, bem em cima.

    (Já chega de perder tempo com tão triste personagem. Mas lá que foi o primeiro, isso ninguém lhe tira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.