Chega cá, diz o PSD

Ventura e Montenegro são aliados. O acordo que fizeram implica que uma eventual maioria parlamentar desta direita (com a IL) será conseguida através da exploração do racismo, xenofobia e autoritarismo pelo Chega enquanto o PSD trata de normalizar essa prática de forma a tornar socialmente aceitável virmos a ter Ventura como ministro de alguma coisa.

Esta a única lógica que explica não só a inesperada direcção de voto PSD para que o seu grupo parlamentar apoiasse a candidatura do Chega a uma das vice-presidências da Assembleia da República como ainda a inacreditável pressão de Montenegro sobre Augusto Santos Silva para obter um resultado que nem sequer conseguiu junto dos seus próprios deputados.

Ou então isto – Constitucionalista Bacelar Gouveia e ex-ministro do PSD Gomes da Silva rendidos ao Chega – onde o fedor a conluio de figuras gradas do PSD com a escória proto-fascista é insuportável.

Há surpresa nesta obscenidade mas ela desaparece de imediato. Montenegro é o passismo sem Passos, e o passismo inventou Ventura precisamente para que ele viesse a ter o papel que tem no sistema partidário. Teremos de beber este cálice até ao fim, exercendo tolerância zero junto de quem desonra a herança de Sá Carneiro.

36 thoughts on “Chega cá, diz o PSD”

  1. que vergonha, que nojo. foi por isso que ao passos lhe caiu o cabelo todinho e hei-de ficar consoladinha a vê-lo cair também ao Montenegro e ao Ventura. hão-de ficar carecas até ao tutano. e o Ventura há-de ser ministro de alguma coisa quando o Passos tiver uma rica juba, forte e sadia, natural.

  2. há portugueses que votaram no chega , os deputados estão lá legitimamente , igual aos outros todos. e pronto. quem o o quer excluir do parlamento que faça exame de democracia e examine a figurinha triste que faz. há que aceitar o mau do que defendemos , ou então passamos já para outro regime.

  3. porra, a inveja que a cancio tem do bruno de carvalho por este ser um repórter “a sério” é enorme.
    e nem faz sentido, porque se ela não tivesse apostado tudo em reportagens de revistas cor de rosa sobre a vida amorosa dos nossos governantes acho que ela também teria conseguido ser jornalista.

  4. o parlamento é dos portugueses , topas , não é dos partidos e dos deputados. eu sei que pensm que não porque é isso que vemos na prática , mas estão errados : o parlamento é dos que votaram!! ficou claro?

  5. todos os analistas politicos:

    “esta situação só interessa ao chega. quanto mais se discutir este assunto, mais o chega ganha”

    aspirinab:

    *faz post sobre o assunto*

  6. Ventura tem de ser excluído do Parlamento por ser a antítese da democracia, tem de lhe cair os pêlos todos. e à yo também. um lencinho de seda na cabeça deve ficar-lhe a matar. !ai! que riso

  7. olha , a racista e xenófoba política olinda a fingir que é democrata , quando nem sequer percebe o que é ser democrata : o governo do povo pelo povo para o povo , esta é a definição teórica de democracia , agradecia que se comportassem em conformidade.
    esta gente dos grupinhos é meio chanfrada. não alcançam o que querem dizer os conceitos e suponho que aderem a eles tipo moda.

  8. cale-se imediatamente, careca em potência yo, !ai! que riso, a montante não há Chega – que é o que quero e exijo a jusante:
    1. Todos os cidadãos têm a mesma dignidade social e são iguais perante a lei.
    2. Ninguém pode ser privilegiado, beneficiado, prejudicado, privado de qualquer direito ou isento de qualquer dever em razão de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica, condição social ou orientação sexual.

  9. na constituição portuguesa falta proteger um direito que, percebi agora com as noticias sobre trabalho dos jovem , que é o seguinte : todos os portugueses têm direito a um patrão …

    ( coitados , nunca devem ter ouvido falar na criação do seu próprio posto de trabalho. estudam para advogados , gestores , médicos e tanta coisa que dá para abrir o seu escritório/oficina/loja e trabalhar o equivalente a quanto querem receber…mas isso não , né ? querem receber mais do que trabalham , esperteza saloia.)

  10. ora aí está, a deficiência cognifiva está em si e em quem aceitou aprovar um partido apolítico cujas convicções ferem, na base, a constituição que é a mãe. quero, e exijo, a dissolução do Chega enquanto organização de pessoas com ideias apolíticas que visam, portanto, o mal comum. exijo a dissolução desse privilégio que nos prejudica.

    e a si levo-a à máquina zero, não me apetece esperar que caia, rapo-lhe a trança piolhosa, e ofereço-lhe um lenço de seda. !ai! que riso

  11. e é por essa razão que as empresas abrem, e estão a abrir cada vez mais, falência: porque os clientes não mandam nada, nem as leis de mercado regulam o mercado: são os patrões de si próprios que não querem ter uma felicidade financeira.

    é mesmo piolhosa, yo, se não percebe que ter direito a um patrão significa ter direito a ser assalariado.

  12. aiii , e como é que vai fazer , olinda , nesse mundo imaginário de rainha de copas maluquinha? quando nascem ,as pessoas com olhos azuis vão ser patrões e as de olhos castanhos assalariados? quer obrigar gente a ser patrão para você ter emprego?
    ó pá , uma ditadora à maneira , a simplória olinda.

  13. ENSINAMENTOS BÁSICOS DESTINADOS A ALGUMAS PESSOAS CULTAS SIMPATIZANTES DO FASCISMO.
    «O fascismo ancora-se na ideia de um inimigo que precisa ser combatido e propaga-se amarrado em alguma crise real ou criada, que geram medo e incerteza. Um nacionalismo de base chauvinista é sempre evocado, colocando a pátria amada acima de tudo e de todos, convidando à atitude bélica e militarizada para defender a nação. Essa estratégia é amplamente utilizada na manipulação das massas, buscando conferir uma característica popular ao processo. O tipo de “argumento” empregado é uma retórica agressiva, com intuito de causar agitação e violência.
    Os meios de comunicação ajudam na difusão do discurso enérgico. Aliás, os meios de comunicação sempre foram aliados da retórica agressiva de todo fascista. Atualmente, com redes sociais e a velocidade do whatsapp, as notícias falsas, com intuito de confundir, foram viralizadas causando grandes danos – como por exemplo sobre vacinação.»

    https://catarinas.info/o-lugar-da-mulher-na-concepcao-fascista/

  14. as feminazi também são fascistas. aliás , a perspetiva de género sobre o mundo nada me diz , posto que a realidade é construida por dois géneros complementares . ( os números extremos na estatística não entram , de aí não considerar os lgtb)

  15. Fernando elas/eles não tem cura. Passam por cima, por baixo e ao lado do que a Constituição diz. Cá dentro,. neste momento estão entusiasmados com a Meloa(zinha) que vai, agora sim, governar cinco anos, e uma geringonça mas como e de direita não e geringonça. Na Suécia não e bem assim, primeiro porque quem manda na geringonça e um partido de centro direita não os facistoides da Meloa(zinha), mas não são uns santinhos já por ali anda muita antiemigracao. A guerra na Ucrânia destabiliza e a direita está a utilizar o mal estar que a situação provoca. A direita tem uma característica adapta-se ao terreno enquanto a esquerda não gosta de por as suas convicções em causa. Olhemos para os extremistas do Chega que cá dentro não estão contra a guerra na Ucrânia, mas o que os move não e a solidariedade e o aproveitamento do muito nacionalismo que existe na luta da Ucrânia. A democracia e difícil de instalar e os percursos são complexos. Entre a Rússia e a Ucrânia temos o combate entre dois nacionalismos. O russo aproveitado e manipulado por Putin e o seu bando para defenderem o poder e o ucraniano que move o desejo de independência daquele povo. Dirão que estou a dizer que há nacionalismos e nacionalismos. Sim, há um que e defendido pelos oligarcas de um país que saquearam e outro que e o único motor que um povo utiliza, depois de anos de dependência política, para se livrar de um usurpador. A Democracia lá chegará.

  16. Mjp , eu gosto imenso de conversar com todo mundo , sendo que agora tenho 3 “amigos” suecos , calhou beber café com eles uns dias antes das eleições e todos queriam ir votar porque , dizem os políticos suecos estão a soldo da blackrock e encheram o país de escurinhos que lhes violam as mulheres e a levaram a lugares cimeiros de criminalidade violenta.. ah pois , a Suécia da excelência foi-se pela mão dos “democratas” contemporâneos , com o seu conceito hiper alargado do que é democracia.

  17. estraga-me com mimos nisso de me chamar simplória, yo, porque, de facto, o conceito de mãe – até enquanto constituição – é simples. e também é uma papalvice aos olhos embaciados de olhos como os seus. mas já todos sabemos que a yo é do avô e do pai e das mangas porno japonesas.

    confesse, yo, gostava de ter nascido mangalhuda para se tornar inadvertidamente visível no seu canhão. !ai! que riso

  18. jp,

    pra jogar sueca são precisos 4, pelo que essa parte da história bate certo. e que a yo seja amiga de gente com aquela visão do mundo também não surpreende por aí além. mas quando ouvimos alguém queixar-se da democracia que em vez de pedir mais democracia pede menos, percebemos logo ao que vem. aliás, para os que chegaram agora e possam eventualmente estar mais confusos – a linha da barricada é esta.
    infelizmente, nos dias que correm a grande parte dos auto denominados defensores da democracia não passam de padrecos e limitam-se a discutir teologicamente rituais que muitas vezes já não têm qualquer substância ou ligação à realidade sócio-política dos seus concidadãos ficando assim sem argumentos objectivos para combater as pulsões totalitárias engendradas pelos defeitos – há muito conhecidos – do sistema económico em que essa mesma democracia assenta.

  19. quem sabe do convento é quem lá está dentro , jp… e vieram morar para cá porque os impostos na suécia são muito altos…

    e olinda , quem é freudiana é você. eu gosto de ser mulher.

  20. e norris , se eu visse que as pessoas lutavam contra uma “democracia” que protege claramente empresas em lugar dos cidadãos talvez tivesse uma postura diferente. mas teoria sem prática a mim não me diz nada.

  21. e este artigo do tadeu , sei lá

    são as mulheres que votam na direita ?
    objectivos de vida diferentes entre homens e mulheres?
    os homens , com grande apetência por poder , veem a democracia como uma hipótese de o alcançar?
    as mulheres querem a casa organizada e sossegada e estão aborrecidas com as brincadeiras dos homens que põem em risco o futuro dos filhos e do planeta?
    os homens vivem no plano teórico e as mulheres na prática ?

    bom , se se confirmar que são as mulheres que votam na direita , suponho que os democratas dos partidos possíveis governantes pavões , irão acabar com o sufrágio universal -:) -:)

  22. hum , e ???
    se o PS angariou na Mota-Engil e donos do Pestana e Sana , qual é o problema ? o champalimaud ser rico há mais tempo que as construtoras que fazem trabalhos para o estado e indianos donos de hotel?

    devias ler o que linkas , jp -:) -:)

  23. e interpretei bem . querias dizer que os “velhos” ricaços são maus porque financiam a extrema , dando a entender que os “velhos” ricaços são mamões.
    mas , está lá que o ps recebe dinheiro das empresas que ganham concursos do estado….a mota e os indianos que exploram as pousadas de portugal. ou seja , esses fazem negócio com o nosso dinheiro. o do champalimaud é dele.
    é só tiros nos pés.

  24. Lá está, tu vês o problema com as palas que tens.

    A extrema, como tu lhe chamas (belo nome né?), é que está sempre a pregar contra a subsidiodependência.

    “bem prega Frei Tomás, faz o que ele diz, não faças o que ele faz”

  25. ah , mas aqui ruído na comunicação : para mim o financiamento de partidos não é receber subsídios , para ti parece que é.
    ainda que não concorde com financiamento de partidos por particulares. provavelmente , no hipotético cado do ventrix governar , champalimaud cobrará o financiamento . e com juros. tal e como fazem a mota engil e o pestana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.