Cavação

«Cavaco diz que o que mais o “impressiona” hoje é a “agressividade na linguagem dos políticos”. “As minhas relações com os políticos da oposição – do Partido Comunista ao CDS – foram sempre cordiais. Hoje, há demasiados insultos na política, demasiadas falta de respeito. E isso afasta os eleitores, particularmente os jovens, que não se reveem nisso”, lamenta.

"A mim, surpreende-me muito que o insulto se tenha tornado tão corrente no combate político – e eu participei em muitos, como sabe. Mas nunca olhei um adversário como um inimigo. Nunca ouvi insultos, nunca insultei ninguém. Agora é comum.", acrescenta.

Em concreto, Cavaco Silva diz que no seu tempo “não estávamos, um ano depois de chegar ao Governo, a culpar governos anteriores”. “Hoje, cinco anos depois, vejo-os culparem o Dr. Passos Coelho, que fez, ainda por cima, uma obra altamente meritória e tirou Portugal da bancarrota”, afirma Cavaco Silva.»

🖕

Fonte

10 thoughts on “Cavação”

  1. Como diria um conhecido filósofo, este cavácuo calado é um poeta. Rompeu uma coligação com o PS na altura certa, depois da intervenção do FMI e antes da entrada no el dorado da CEE, que mal teria ele para dizer de quem lhe fez a papinha toda?
    Quanto ao dr. Passos, passo a parte da salvação do país, que foi mais uma afundação, e recordo este velhote, aparentemente cheio de alzheimer, que o “salvador” garantiu inúmeras vezes que não se desculparia com os seus antecessores, tendo depois feito exactamente o contrário.

  2. Quando, escondido atrás do arbusto, se serve do bobi para acusar mentirosamente o governo em funções de andar a espiá-lo, não está a insultar ninguém, não senhor! Quantas vezes terá o parvalhão de nascer para, além de estúpido, deixar de ser aldrabão?

  3. Com o decorrer dos anos o cavaquistão do Dr. Ca vácuo está mais vazio. Não tem nada, mas mesmo nada é o vazio absoluto.

  4. Usa dizer-se que presunção e água benta cada um toma a que quer. Também se pode aplicar à múmia, mas a mais correta será “a ignorância é a mãe do atrevimento”. Um atrevido hipócrita é o que a múmia é.

  5. Cavaco tem razão na questão da educação atual, mas não na da salvação do Coelho, os meus 2 cêntimos então para o Cavaco, já que as ações do banco deram pouco lucro, mas o seu genro está muito bem orientado (lol), bem haja Dr. Cavaco e querida Família e todos os seu honestos amigos e suas famílias claro, são todos uns lindos meninos… :P:D

  6. O velho “eucalipto” não desiste de tentar reescrever a História recente de Portugal!
    Claro que, a culpa não é dele pois, hoje sabe-se como foi levado em ombros na sua
    longa carreira política sim, foi um mero carreirista sem qualquer visão para o país que,
    durante os seus mandatos muitos milhões recebeu vindos da CEE e, espanto nosso
    as principais reformas ficaram por fazer, resta um CCB e BPN falido que andamos a
    pagar … claro e, muito alcatrão, muita demagogia, desvio da riqueza produzida para
    os mesmos encostados nas tetas do Estado!
    Sobre a agressividade na política basta rever a actuação de alguns dos “tenores” do
    PPD/PSD na própria A.R.! Ainda hoje o Cavacoiso não sabe do que aconteceu em 2008,
    nem assume o seu papel no derrube do Governo de José Sócrates quando este já
    tinha assegurado o financiamento para o país e, ele mais o Passoilo chumbaram o
    tal PEC IV que era muita austeridade disseram eles … depois viu-se!!!

  7. Este súbito regorgitar de cavaquices, acompanhado pela orquestra do observador, e nāo só, traz água no bico. Nāo creio que se avizinhe um regresso de cavaco: cavaco está velho e nāo tem a energia de Soares e, mesmo que assim não fosse, é e sempre foi um cobardola e teme que desta vez não se repita a benevolência com que foi tratado relativamente às ações da sln e à quinta da coelha. Não. cavaco está apenas a varrer o caminho para passos coelho, o d. sebastião que a direita tem à espreita. É que para a direita o momento é crucial e cavaco sabe-o, como o sabia em 1985. Mesmo com a crise da covid (em 1985 também havia crise), a verdade é que, como em 1986 a partir da adesão à CEE, vem aí muito dinheiro, cuja distribuição pode ter um papel fundamental no modelo de sociedade que podemos ter. E a direita quer estar aos comandos desse encaminhamento do dinheiro para o sítio (para ela) certo. Não me parece que o plano Costa Silva lhe sirva minimamente…

  8. Joré Pedro : estou de acordo contigo às 10.10.
    Sempre que aparece dinheiro no horizonte, a Direita começa a sprintar… porque carga de água é que tem de ser a Banca a fazer a triagem dos capitais que (?) chegarão ? As Finanças não estão muito melhor informadas da situação financeira de cada um, que essa cambada de oportunistas? Mais valia entregar o dinheiro à Santa Madre Igreja, que,depois de retirar uma parcela para maior explendor do culto, o distribuiria caritativamente…
    Vejo,com nitidez o que acontecerá. Todos o vemos e mesmo assim ficamos calados???

  9. Nem de propósito: para aqui a falar do sprint da Direita, porque lhe cheirou a dinheiro, e surge esta ultrapassagem do Bloco de Esquerda a toda a manada de direita, declarando-se único e irrepetível,com muita capacidade para governar sózinho,se o deixassem.
    O sr. Professor Louçã há muito que relata coisas onde uma sibila ágil poderia encontrar o sumo da decisão de hoje. Eis um assunto de demonstração demorada , mas clarinha como água cristalina.
    O fio do pano foi rasgado,mais uma vez. Vão lá votar no Bloco que ainda trazem um Coelho de brinde! E também podiam trazer um Cavaco, se este não estivesse fora de prazo,um perigo para
    a Saúde Pública !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.