Can my machine talk to your machine?

Este divertido filme, para além da pitoresca nostalgia, pode bem ter sido uma das inspirações gráficas para o psicadelismo de Kubrick no 2001. Ou para o que viria a ser a melhor loja do mundo, a Amazon.

2 thoughts on “Can my machine talk to your machine?”

  1. tão gira esta abordagem à globalização: mudam-se os tempos mas, afinal, não as vontades – continuamos a querer, e a fazer, as mesmas coisas mas de forma diferente. nunca tinha pensado nesta coisa de o conhecimento ser capitalista e fiquei curiosa e descobri o Mário Murteira. mas também, e sempre, e depois, isto remete para as máquinas mais velhas – e daí mais sábias – do mundo: o meu coração consegue falar com o teu coração?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.