2 thoughts on “Aveiro rules”

  1. Não ‘percebo'(para usar o mesmo termo do Crato) para que existem tribunais, juízes, sentenças etc. Só os ‘desgraçadinhos’ acatam as sentenças. Cortava-se esta “gordura do Estado” e não nos escandalizávamos com tanta desobediência às decisões judiciais.

  2. Alguém me explica, muito bem explicadinho, porque é que um juiz não dá seguimento a um despacho do Supremo!?
    Se existe explicação possível, qual será então a razão de existirem tribunais supremos? Serão só eficientes para os meros mortais, estando os sapientes juízes longe do seu braço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.