Até tu, Cavaco?

Ao que o Diário Económico apurou, o facto de não poder usar as escutas, impediu o partido de avançar com três diligências que podiam trazer factos novos: o pedido de uma alegada carta enviada por Isaltino Morais, autarca de Oeiras, a Zeinal Bava questionando-o sobre o interesse do Taguspark na TVI; a suspeição levantada pelo facto de existirem alegadamente 144 chamadas feitas por Armando Vara em apenas 15 dias com a estação como tema; e ainda o requerimento a São Bento do registo de entradas e videograma que permitia provar se Granadeiro esteve em S. Bento a 23 de Junho.

Fonte

*

O PSD adensou, e agravou, a posição dos magistrados de Aveiro, a qual afirma ter existido crime de atentado contra o Estado de direito envolvendo Primeiro-Ministro, PT, BCP, BES e Taguspark, pelo menos. Na sequência da extracção das certidões, as suspeitas de envolvimento aumentaram, passando a incluir o Procurador-Geral, o Presidente do Supremo e, agora, o Presidente da Comissão de Inquérito ao caso PT/TVI, todos acusados, com maior ou menor desplante, de serem cúmplices no encobrimento das provas e na defesa de Sócrates. Como esta posição é mantida após meses de audições e interrogatórios, o PSD está a validar a tese de Aveiro, sendo que Aveiro legitima a tese do PSD.

Para além de ficarmos a saber que o Pacheco está aborrecido por não ter apanhado Granadeiro no Isto Só Vídeo, e que Zeinal Bava é uma triste e corrupta figura que o insigne Isaltino Morais põe no seu lugar por carta, espero ardentemente pelo momento em que o grupo parlamentar do PSD suspeite de Cavaco por estar em silêncio perante as evidências que o deputado-espião espalha aos quatro ventos. Não vale a pena negar: tanto encontro semanal, e a sós, só se explicava por um pacto secreto.

6 thoughts on “Até tu, Cavaco?”

  1. Cavaco Silva sabe jogar com o tempo e algo mais. Quando lhe convém vem com declarações para angariar mais simpatia. Quando lhe são adversas cala-se como um rato do rio ou faz como a toupeira, mete a cabeça debaixo da terra. O Cardeal Patriarca de Lisboa acusa-o da cobardia que usou e acho que tem toda a razão. Aproveitar-se da visita do Papa a Portugal para fazer campanha política e passados 3 dias do Papa se ir embora ratificar o casamento gay é de uma cobardia a toda a prova. Mais cobardia por se insurgir contra e ratificá-lo.

  2. Manuel Pacheco

    Rato do rio? Ratos, para além dos roedores propriamente ditos, só se forem os que habitam os palácios de Belém e de S. Bento.
    A toupeira “mete a cabeça debaixo da terra”? A toupeira mete TODO o corpo debaixo da terra, homem…
    A sanha de dizer mal é tanta que até inventam!
    (Não se esqueça de registar a patente…)

    Como se não houvesse já motivos de sobra para atacar “o” Cavaco! Entre eles posso sugerir o apoio que tem dado a este 1º-ministro…

  3. Mário Pinto:
    Na minha terra e nas ciências do corpo humano e animais irracionais a cabeça faz parte do corpo. Se na sua é o contrário não sei o que lhe faça. Há pessoas que ao fazer correcções se tornam ridículas. Mas que temos de viver com elas… isso temos.

  4. Manuel Pacheco

    O seu comentário dispensa esclarecimentos porque é por demais evidente nos seus propósitos.
    Ridiculo, foi o que escreveu? Tem toda a razão.
    Essa palavra é a ideal para resumir o seu comentário.
    Vivendo e aprendendo, sempre.

  5. Mário Pinto:
    Quando era pequeno e me doía a barriga a minha mãe passava a mão por ela – barriga – e dizia-me que era umas das formas da dor passar. Acredite que no acto imediato eu sentia-me melhor. Por isso digo que com dores de barriga deve estar o senhor e aconselho-o a que arranje alguém para a esfregar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.