Aspirina marada

Este blogue esteve mais de 24 horas escondido do mundo e não se pode dizer que tal tenha contribuído para a resolução de qualquer problema da Humanidade. Bem pelo contrário.

Em nossa defesa, dizer que não tivemos culpa nenhuma. Aliás, não temos culpa de nada. A austeridade levou-nos tudo, até os pecadilhos.

10 thoughts on “Aspirina marada”

  1. Aleluia por reaparecerem. Já começava a ficar preocupado. Nunca se sabe de que é que os Calex´s e Rotex´s serão capazes para obedecerem às ordens dos salteadores.

  2. A entrevista de António Costa na SIC
    A 3 meses das eleições AC não se comprometeu com nada. Ideologicamente um “rolha”, vazio de novos rumos.
    Mais pareceu uma espécie de técnico superior de política económica, em pose de senador.
    As tímidas críticas que fez ao governo foram de cariz processual. O status quo é para durar, há só que repor alguns comportamentos legais que este governo não tem cumprido.
    Sobre Sócrates, acobardou-se e ainda fez um elogio à justiça na pessoa da Morgado ex-mrpp, pública defensora da magistratura nos métodos utilizados nesse processo.
    Acho que os portugueses não querem o comunismo, não querem estes neofachistas sem pátria (a Le Pen tem), mas também já sofreram na pele com a social-democracia de pacotilha.
    Resta uma rapaziada de ideologia a recibo verde, prestadores de serviços políticos em nome individual.
    Com tamanha abstenção, quem vai continuar a governar?
    É como o cavalo branco de Napoleão.
    A entrevistadora, fraquinha à caça de “caixa”
    Será que ainda vou gramar outra vez o Seguro na oposição? Abrenúncio!

  3. um partido,não pode ser ser só o seu sec.geral.no governo,terá certamente ministros com arcaboiço tecnico e politico para não deixar mal o povo que confiou no ps. a antonio costa,é um homem mais de executar do que falar,já o demonstrou como ministro e autarca.

  4. Bolas, bolas, os IGNARALHOS devem ter passado muito mal. Como ocuparam pois o seu tempo, sem invetivas, sem preconceitos, sem os seus julgamentos?
    E o mais sonso e bronco de todos, como será que se aguentou? Será que foi desta que leu jurisprudência em vez de asnoprudência?

  5. É verdadeiramente extraodinário o afã com que o novo caniche do Alex se apressou a mijar os cantos à praça mal a loja reabriu !!!

    Não fosse a fidelidade canina que manifesta ao dono limitar-lhe o convivio com os outros animais, e talvez já tivesse percebido que até os asnos ficam estarrecidos com a falta de senso que observam na verborreia de muitos jurisconsultos.

  6. Claro que não tiveste culpa do apagão, Valupi. Nem precisavas de dizer. Todos sabem que em Portugal a culpa, seja do que for, é sempre do Sócrates.

  7. LOL, o abrolhoRODRIGUES logo emergiu, completamente marado como sempre, e esquecendo que ele é que correu ao dispensário. ehehehhe.

    Ó Jrodrugues, bá lá, um copinho do licor da «M»? hum? não ficará mais bem disposto, ó gajo das ex-colónias? Aposto que tens uma tatoo no braço com tinta rafeira a dizer «amor a angola»…

  8. Ó Serra, …

    ….do Sócrates e do Passos, tás abere? oqueie. ( é evidente que o sócrates é imaculado, faz concorrência à Virgem Maria…)

  9. E eu que não percebo nada disto, pensei que o Aspirina tinha “bloqueado” o meu acesso, por nunca pensar como o “corrente” nem ter a mesma cor deste blog … sei lá…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.