As causas da bancarrota intelectual

As causas próximas da bancarrota foram três: a governação irresponsável e perdulária de Sócrates (que já fora o menino querido da direita de 2005 a 2008), a recusa do apoio alemão consubstanciado no chumbo do PEC IV, que obtivera o acordo de Merkel, e os efeitos do disparo dos juros resultado da situação gerada pela Alemanha ao suscitar uma “crise das dívidas soberanas”, tendo como alvo a Grécia. À data do PEC IV, a Alemanha já se apercebera dos efeitos em dominó da “crise das dívidas soberanas” e temia o contágio para a Espanha e a França. Por isso, foi complacente com Sócrates e ficou furiosa com o PSD e Passos Coelho quando este chumbou o PEC IV. Os “mercados” fizeram o resto e a bancarrota era inevitável.

Pacheco

__

Não se percebe para quem é que o Pacheco escreve, se para o eleitorado da direita, ou do centro, ou até do PS. Se calhar, apenas para o grupo de fãs. No que não nos enganaremos é se dissermos que escreve para si próprio. Isso explicará um parágrafo como este que cito.

À mistura com factos e evidências que são inquestionáveis, o artigo onde este sofisma aparece contém outras pérolas, como a tentativa de branqueamento do maior logro alguma vez registado em democracia: a traição que uma direita decadente fez em 2011 só para chegar ao poder. Não há mistério em que o marmeleiro mantenha a sua visão sectária, pois abandoná-la implicaria concomitantemente ter de abandonar a sua paixão por Sócrates. E esse funesto destino ele levará para a cova.

Ora, o vice-rei do comentário político afiança que Sócrates teve uma governação “irresponsável” e “perdulária”. É uma escolha lexical que revela a intenção moral no julgamento em causa. Porém, precisamente pelo investimento emocional que se está a fazer nessa acusação, onde está a demonstração? Onde estão os dados e as contas, os contextos e as circunstâncias, as lógicas e os objectivos, as causas e os resultados? Porque será que não se encontra no texto qualquer dado que sustente este pressuposto? Será difícil apresentar com objectividade um caso de governação “irresponsável” e “perdulária”, seja ele qual for e onde for neste mundo? Se estivermos a lidar com alguém que lhe baste ter módica honestidade intelectual, a demonstração sairá instantaneamente. Não aparecendo, estamos a lidar com pulhas.

Tendo repetido pela enésima vez que está apaixonado por Sócrates, daí odiá-lo de morte e para a vida, ficava com um berbicacho entre mãos: como explicar que Merkel, assim como o BCE e a Comissão Europeia, tenha feito tudo o que pôde para que Portugal aprovasse o PEC IV e não optasse pelo suicídio do resgate? Resolveu tratando os leitores como borregos e reduziu a situação a um infantilismo esquizóide. Segundo o Pacheco, Merkel tinha a mesma consideração por Sócrates que ele tem. Mas, com medo de umas cenas na Europa, não o tratou como o bandido merecia. E prontos, ’tá despachado mais um naco de brilhante análise política paga principescamente.

Quase todo o debate político em Portugal, onde se inclui aquele que o PS de Seguro promoveu (salvo as honrosas excepções individuais na bancada e no partido), é uma torrente sectária que depende da desonestidade intelectual para se manter à tona. O PS de Costa ainda não encontrou antídoto para a calamidade de termos o espaço público envenenado por uma alergia às competências intelectuais.

40 thoughts on “As causas da bancarrota intelectual”

  1. só um ponto sobre Daniel Oliveira.
    Em 2015, é o “remake” da dupla Gel e Falâncio, com tempo da antena enquanto malhar no PS.
    Ainda não sabe que é um sabonete de hotel.

  2. o pacheco é como tu, passam metade do tempo a justificar as asneiras que disseram e a outra metade as que dizem, tudo porque não há espelho meu que lhes resista. é bué de conveniente manter a treta da bancarrota e esquecer que o comunidade disse para gastar à fartazana para justificar toda a maldicência anterior, sócras ainda faz sombra e há que tirar dividendos destes anos de perseguição. o resto é a verdade ao serviço das reservas morais e ideológicas do psd para ser usado como memória futura. a velha diz a mesma merda e o bolicoiso só não diz porque tem medo que o bpn nãp prescreva. resumindo, têm todos medo do sócras e desatam em avé marias quando ouvem falar dele, tu incluído. sim, já fizeste uns postes com umas dúvidas metafísicas e umas verdades absolutas sobre o gajo, enfim, conversa de puta.

  3. A grande lição é não confiar nos amigos de infância com malasPinoquiolopes à Perna e sim nas ilhas Caimão !

    Tanta conversa de putas e Igorâncios sem tusa sobre o menino pinoquio

  4. Queria dizer : A grande lição é não confiar nos amigos de infância com malas à Perna e sim nas ilhas Caimão !

  5. As única estatística que de facto interessa é a do número de vezes que o pec iv é referido neste blog.

    Cada vez mais me convenço que foi um erro não terem deixado o 44 syrizar o país a sério, enterrar a coisa de vez, para que nunca mais tivéssemos de gramar com a corja socialista na tv.

    Feito como foi feito, fia sempre o argumento de que a coisa tinha ido ao sítio porque tinha tido o apoio da Alemanha, yeah, right… A acumular deficits de 10% ao ano e sem ninguém disposto a financiá-lo o 44 tinha conduzido o país a um abismo ainda pior que o da Grécia. Foi preciso o néscio do beiças, que falhou em tudo menos na evidência de confrontar o psicopata de Évora e chamar a ajuda internacional a sua revelia.

    Enfim, é o que é que os camaradas do 44 aprenderam entretanto? Nada, absolutamente nada. O próximo mandato ps enterra a coisa de vez.

  6. Básico, não te faças de estúpido. Há dois anos com défice fora de controlo pelas causas que todos sabemos. As mesmas que espalharam destruição por metade da Europa. O país está enterrado de vez. E foi a actual coligaçao acolitada pelo Presidente da República que o enterraram. Sem ponta de norte ou estratégia, sem forças próprias na finança, no empresariado, na ciência,…. Está enterrado num lamaçal de Josés Antónios Saraivas e Correios da Manhã, hipnotizado com merdices que valem 5 minutos de fama ou desgraça de alguém, com Básicos, e até Pachecos, a sentirem-se muito alividados com as narrativas bancarrota, 44 e despachos dos tribunais a serem feitos pelos jornais. Só por milagre este país vai ser reconhecido no mundo por outra coisa que preste além de um bom jogador de futebol de 20 em 20 anos. Isto não tinha que ser assim. É mau demais.

  7. O amor e fidelidade ao 44 é LINDO

    Os socialistas querem “introduzir o conceito de pena contínua de prisão na habitação com vigilância electrónica”, uma possibilidade que existe já para os detidos em prisão preventiva, mas que seria alargada às situações de cumprimento de pena efectiva.
    A proposta consta do projecto de programa eleitoral do PS, que foi hoje apresentado e que se encontra em discussão pública e ainda sujeita a alterações e à introdução de novos contributos. A prisão em casa com vigilância electrónica permitiria, ainda, a possibilidade de saídas para trabalhar, lê-se na proposta.

    Esta medida insere-se num conjunto que passa por aperfeiçoar o sistema de execução de penas e valorizar a reinserção social. “O PS acredita que o cumprimento das penas, qualquer que seja a sua natureza, deve ter uma função genuinamente ressocializadora”, lê-se no documento.

  8. Cumprir a pena em casa em companhia das tardes da Júlia, dos jogos da sport tv, a beber umas minis, comendo entremeada. Parece que o ps também quer pagar um salário aos presos, o rsi ou coisa do género, deve ser para ajudar a sustentar o lifestyle em casa.

    Que corja de partido.

  9. Pacheco Pereira escreve, por exemplo, para mim! Que não sou nem de direita, nem de esquerda. Sou simplesmente alguém que vota em quem acha que se preocupa. Pensando bem… deve escrever para muita gente! Escreverá certamente muita coisa que ora interessa a uns, ora a outros… Eu, que me considero uma pessoa correcta e minimamente culta, diria que gosto de ler ( e ouvir), o quê? Talvez uns 95% do que diz – porque me faz pensar, faz sentido, dá gosto…. É certo que tem uma capacidade intelectual sempre muito superior “aos restantes” que o costumam acompanhar. Mas claro, cada um tem a sua opinião. Um gajo da claque do futebol nem deve saber bem de quem se trata… PS: Vou votar no PSD em .. Outubro?

  10. Val, como acabo de fazer a prova novamente, basta ler os comentários que me antecedem para ver que o “público” que frequenta o seu blogue mudou muito de há, digamos, 2 anos para cá…. E o que o Valupi ganhou/ perdemos, foi um bando de visitantes que só aqui vêm para “deitar abaixo”, tal é a raiva que demonstram pelos seus textos. Ora como o meu caso é diferente: não perco um dia de “visita”, mas como de modo geral ESTOU ABSOLUTAMENTE DE ACORDO COM AS SUAS ANÁLISES – Ó QUANTO OPORTUNAS! – já nem me apetece reagir ao lixo que por aqui aparece…pois nem comentários são…

    Mas no caso do Pacheco Pereira e dos seus escritos, ele nunca – mas nunca – perde a oportunidade de “cavalgar” sobre a destruição da imagem/memória de José Sócrates, como é notório neste parágrafo.

  11. Os inteletualerdas acordam sempre uns com os outros. E quando eles se apresentam como donos da verdade, ui….nem perguntam ao espelho quem é o «mais belo». Não vale a pena, eles sabem tudo.

  12. Heheh

    O que é que o ps aprendeu até a data com a bancarrota Sócrates?

    Que talvez seja possível ufanar as mesmas tretas e ainda assim voltar ao poleiro com o antigo número 2 Na liderança. Porra que é preciso um povo ser especialmente burro para cair nas mesmas tretas.

  13. Na nova e estafada narrativa à BANCAROTA nunca existiu; nem foi o pinocrates o PM xuxa que a pediu; nem ninguém é culpado nem responsável – porque a malandragem se juntou para reprovar o genial e salvifico PEC IV com assinatura e autorização da Merkel. Tudo estaria bem se o providencial Pinoquio e a Xuxaria governassem a seu bel prazer com modelos decrépitos, irresponsáveis
    e insustentáveis … não, não é só burro este zé
    povinho! É também, e sobretudo, Chico esperto e oportunista! Por isso elegem e idolatram os seus ídolos onde se espelham e melhor servem a sua gananciazinha e oportunismo ! Sócrates é o paradigma perfeito deste alter ego luso troglodita. Costa idem com a desvantagem de ser mais patego e balofo!

  14. marrativa à bancarrota é a dívida aumentar a ritmo nunca visto, com o preço do pitróil mais baixo de sempre, juros negativos e mão de obra ao preço de xungai. agora temos a privatização da tap por 20 milhões e o estado a assumir a dívida de 1 mil milhões, por cada euro que entra nos cofres do estado saem 50 para financiar os amigos do relvas, “se queremos vencer na vida, temos de ser exigentes e metódicos” é este o lema do suburbano de massamá que aprecia dias lóreiro: “conheceu mundo, é um empresário bem-sucedido, viu muitas coisas por este mundo fora e sabe, como algumas pessoas em Portugal sabem também, que se nós queremos vencer na vida, se queremos ter uma economia desenvolvida, pujante, temos de ser exigentes, metódicos”.

  15. Ignorantz, sempre criativo nos nicks “toi calhau, moi non plus.”

    “marrativa à bancarrota é a dívida aumentar a ritmo nunca visto” ai e? Podias calcular o ritmo de crescimento da divida entre 2006 e 2011?

    “com o preço do pitróil mais baixo de sempre” ai e? tens a certeza que o preco do brent em euros esta mais baixo que a media de 2006 e 2010?

    “mão de obra ao preço de xungai” ai e?

    “Agora temos a privatização da tap por 20 milhões e o estado a assumir a dívida de 1 mil milhões” se fizessemos o que o PS diz, a divida da TAP nao ficava na esfera publica na mesma? E quem e que injectava 350 milhoes de capital que a empresa precisa?

    Es burro todos os dias.

  16. oh burro do caralho, é só para dizer que tens andado com pouca atenção às notícias e às lições que te tenho dado, picolho’style. já respondi a isso tudo e tive o trabalho de botar exemplos e linques. agora é a tua vez, queres provar o contrário, arranja argumentos e fontes credíveis.

    quanto à tap fazer um concurso de privatização para escolher quem dá menos pela companhia e ainda ter de desmbolsar 980 milhões, nem ao ganda gestor lóreiro lhe passava entre orelhas. percebe-se que tenha de ser rapidinho e à canzana para sacar algum e fazer face as despesas de toner da paullete e impressão das biogeografias do massamólas durante o próximo período de dieta. neste momento o correio do calex já deveria estar a revelar escutas havidas entre o relvax e o afromobich e as tranferências para o bilhete de identificação do jaquim coimbra.

  17. ó básico, e por acaso não aconteceu nada, nadinha, entre 2006 e 2011?
    tás esquecido todas as manhãs ou é coisa para o dia inteiro?

  18. a tap vai custar ao contribuinte 980 milhões, fora os emolumentos, honorários, comissões e gratificações e o burro do caralho preocupado com 380 limões.

  19. o CALHAU e CALHORDAS do IGNORANTEZES deve ter comprado o tapete com os dizeres em francês numa lojinha chinesa, amiga do XUXA COMUNA COSTA. É que…está errado…

  20. O ignorantz, tu de facto es uma estampa de burrice, um poster child de um asno.

    1 – A TAP JA CUSTA AOS CONTRIBUINTES 1 BILIAO, E UMA EMPRESA FALIDA DE CAPITAIS PUBLICOS, LOGO, A DIVIDA JA E ESTATAL.
    2 – A TAP AO LONGO DOS ANOS CUSTOU MILHOES DE EUROS EM INJECCOES DE CAPITAL, AQUELA MXRDA NAO DA LUCRO NEM QUE OS AVIOES FOSSEM DE OURO.
    3 – SE A TUA RESPOSTA AO PONTO ACIMA E “MAS ELES ATE DERAM LUCRO NO ANO X”, CALCULA O PREJUIZO ACUMULADO DURANTE OS ULTIMOS 10 ANOS.
    4 – SE NAO CONSEGUES, RESOLVER O PONTO ACIMA, TENTA COMPREENDER O CONCEITO DE CAPITAIS PROPRIOS NEGATIVOS, E COMO E QUE ELES JA ATINGEM PRAI UNS 500 MILHOES DE EUROS

    LOGO, NAO DEIXO DE NOTAR QUE PARA TI E MAIS RELEVANTE UMA COMISSAO DE VENDA NUMA EMPRESA QUE NAO VALE NADA, DO QUE UM ROLL DE INJECCOES DE CAPITAL (OU FALTA DELAS) PASSADAS, E TODAS AS FUTURAS INJECCOES DE CAPITAL QUE A EMPRESA PRECISARIA.

    MAIS, O ESTADO ESTA IMPOSSIBILITADO DE LA METER DINHEIRO, LOGO, O PONTO ACIMA NAO E TECNICAMENTE POSSIVEL

    MAIS, A SUGESTAO DO CHAMUCAS, DE PRIVATIZAR 49% DUMA EMPRESA COM CAPITAIS PROPRIOS NEGATIVOS E COM UM HISTORIAL DE PREJUIZOS VALE ZERO, OU MELHOR, SE AGORA AS OFERTAS PARA CONTROLAR A EMPRESA VALEM 350 MILHOES, NO FORMATO DO CHAMUCAS AS OFERTAS VALERIAM ZERO.

  21. oh burro do caralho, quanto é que o estado português tem de devolver ao afromobich se não lhe der a tap para o gajo não bater com a língua nos dentes? há expectativas criadas e comissões pagas com o primeiro borrego. o embuste do barão tvi para a encenação bué de interessados e o outro azul para disfarçar o ajuste directo a que chamaram concurso, têm que receber todos qualquercoisinha, nem que seja prémio de figurante.

  22. a concierge esta semana dá lições de françiú, prá próxima dá piano e solfejo.

  23. O Ignorantz, tu es um espectulo, perante mais um arrial de pancada intelectual, sacas de especulacoes tipo X-Files.

    “quanto é que o estado português tem de devolver ao afromobich se não lhe der a tap para o gajo não bater com a língua nos dentes”

    Recomendava-te um retiro espiritual num sanatorio qualquer, pode ser que ainda consigam recuperar uma ou outra celula cinzenta do meio da pasta castanha que tens entre as paredes cranianas.

  24. um “arrial” de pancada intelectual é encenar um concurso para ver quem dá menos pela tap, assumir o passivo de 1.000 milhões e ainda dar créditos fiscais de 350 milhões. tou admirado como é que isabel dos santos não levantou o caderno de encargos, a frota actual ainda não larga parafusos.

  25. Ó FERRACOLHO, eu não frequento os teus linques.

    IGNATEZ, continuas a comprar tapetes no chinês, pá….

  26. Mas nota, em resposta ao teu nick, deixa-me cá explicar-te mais uma vez que lá por tu seres assíduo do buraco dos outros, e deixares aceder aos outros, não podes ver as pessoas pela tua vida ( celle dont tu parles fréquemment). Tás a bere?

  27. falhei 1 minuto, o profe de françiú foi ao google e finalmente percebeu que já o mandei apanhar no cu várias vezes. manda bordar no tapete antes que ikaias noutra.

  28. Li há instantes uma frase muito gira, do escritor Umberto Eco, apropriada para o Ignoratz de serviço: “No momento em que todos têm direito á palavra na Internet, damo-la aos idiotas”.

  29. LOL. LOL. LOL. A lot of LOLS.

    Ó IGNATZ, conta aí, quem é a bécula? hum? quem é? Just a guess – eu digo que ÉS TU, e os teus apêndices de ignorância que se reproduzem como os coelhos e aparecem em molho como os ciganos.

    Vamos, agora, utilizar o discurso do FERRACOLHO castanho « ganda malha», Senhora Anónima. Os meus cumprimentos.

  30. Ó IGNORANTEZES, tu és sempre livre de opinar, mas olha, o cego és tu. Continuas a ir à loja errada e a comprar o que está «démodé». Tiras as palas, pá. Moderniza-te, ou arranja um dicionário, algo que os chineses usam muito….tás abere, ó sale pêdé. deves ter dentes amarelos, pá. fica-te com o estudo da Olinda, que te assenta a matar. GANDA RENDA OLINDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.