Ahahah!

"Devo dizer até que, curiosamente, a solução que acabou por desbloquear o ultimo problema que estava em aberto, que era justamente a solução quanto à utilização do fundo [de privatizações], partiu de uma ideia que eu próprio sugeri. Quer dizer que até tivemos, por acaso, uma intervenção que ajudou a desbloquear o problema", disse Passos Coelho, numa conferência de imprensa no final da cimeira da zona euro.

"Foi justamente uma ideia que eu sugeri e que verifico que acabou por ser utilizada pelos negociadores com o primeiro-ministro grego", Alexis Tsipras, indicou.


Passos diz que foi ideia sua que desbloqueou negociações

46 thoughts on “Ahahah!”

  1. gostei especialmente do “por acaso”. o gajo continua ao nível dos tempos da jsd e da bisca lambida.

  2. Sim, depois duma derrota em toda a linha, e mesmo de crer numa afirmacao do mentiroso patologico Tsipras, o tal que convenceu o povo grego que segunda feira apos o referendo os bancos abriam e que o novo acordo estaria assinado.

  3. Mais um prolongamento da novela grega.

    Os gregos são incorrigíveis mas a europa tem que levar com eles.

    Se fosse eu que mandasse, a Nato que se entendesse com eles, Inglaterra e EUA.

  4. Vamos então supor que o verdadeiro patrão do Eurogrupo, o ”camerlengo” por detrás da cortina e de toda a conjura, a sussurrar ao ouvido da senhora Merkel, a puxar aqui e acolá os cordelinhos, era o Pedro Passos Coelho, manipulado ainda por baixo da cena, no alçapão do ”ponto”, por Paulo Portas?
    Poderíamos então assegurar que Portugal tem futuro.
    E que acrise era o estímulo de que carecia a economia e a governabilidade de Portugal.

  5. Reaça,
    és um total ignorante e a tua ideia exposta acima é, certamente, semelhante à que passos, outro idiota pedante ignorante, diz que sugeriu e foi utilizada.
    Sabe que a Europa anda há 2500 anos 2500 a viver das ideias, essas sim ideias únicas e inultrapassáveis até hoje, que os gregos no legaram e que é o maior império legado ao mundo do pensamento e guia de acção para toda a nossa actividade social posterior.
    Ainda hoje o mundo escreve milhares de livros anualmente para discutir entre o idealismo platónico e o materialismo de Leucipo e Demócrito ou entre o imóvel e o ser-ou-não-ser de Parménides e o eterno fluir de Heráclito, para além das Reformas de Sólon que levaram à descoberta da Democracia.
    Eles, os gregos, foram os incorrigíveis únicos capazes de, com Tales de Mileto, deixar de pensar nos deuses como o princípio original da existência e olhar diferente para “conhecer-se a si próprio” e partir para a descoberta de um elemento físico como causa original da vida e, desse momento inicial de partida, a pesquisa do conhecimento humano e científico sofreu o maior abalo e nunca mais parou.
    Também a visionária Reforma de Sólon obrigou-o, numa reacção inicial dos seus contemporâneos idiotas, a sofrer maus tratos e o exílio mas passadas umas décadas as suas ideias vingavam e a Democracia foi possível.
    É sintomático que hoje também sejam gregos que nos chamam a atenção para a situação do mundo e nos pôem todos a discutir acaloradamente a democracia desta Europa actual.
    E já conseguiram, como seu ganho de causa, retirar a esta Europa o diáfono mânto que a cobre e disfarça o embuste que paulatinamente teceram e onde a querem encerrada.

  6. PPCoelho tem imaginação. Consegue pôr os IGNAROS ( não inclui BÁSICO) a falar dele. Basta-lhe uma pequena frase ( não vai precisar de falar muito em campanha, nem de gastar. Os public relations dele têm estado numa azáfama de corropios aos tribunais, com direito a chauffeur «e tudo»). LOL.
    ( Básico, não carregue muito, precisamos de nos rir. Se os «mata» ficamos sem material…)

  7. O que terá assustado a Alemanha para ceder desta forma? Sim, porque só pode ter sido susto, depois de mil vezes deixar perceber (in)confessada vontade de ver os gregos fora do euro. Um dia destes saberemos. Enganam-se os que pensam que foi para entalar Tsipras. Para os alemães Tsipras vale um zero à esquerda. Tanto como o nosso Passos.

  8. Ui, que me quedo com tanta sabedoria reflexiva. Se os PIGS começarem todos a seguir os passos do TSIPRAS ou o tivessem seguido, teremos certamente o conceito tradicional de país e de fronteira, o que não dá jeito a quem assina e partilha de tratados, como o de Lisboa – a BASE do «mando eu».

  9. Das frases de PPC não sei em qual acreditar mais: se a de que a GRE não foi ameaçada e humilhada ou que foi a sua proposta que acabou por salvar euro!

  10. Bem visto, Numbejonada. Ele e preciso dar espaco para que o comentario flua, se nao o material de comedia nao aparece.

  11. Talvez não seja má ideia, o Sócrates fazer um telefonema explicar tudo ou mandar a sua comitiva de advogados em peregrina explicação. Claro está que em Portugal, sempre podemos contar com um sumit dos ilustres para explicar a coisa.

  12. Com este comentário eu apenas pretendo cumprimentar o Aspirina por nunca ter cedido à tentação de censurar (ou “mediar”….) os comentários. Ao permitirem que certas pessoas se exprimam como o fazem, o Aspirina presta-nos a todos um inestimável serviço público, pois ajuda muitos cândidos, entre os quais me incluo, a compreender que estamos muito longe de viver num mundo civilizado, e que não podemos desistir de lutar por ele.
    A todos, sem excepções, o meu sincero Obrigada!

  13. não só manda na europa, como entendem o que ele diz e fazem o que ele manda. a hilária que se cuide se os republicanos o descobrem.

  14. “Repudio a atitude do Primeiro Ministro de esperar até à última para dar uma ideia para salvar o acordo. Foi só para fazer sofrer a Grécia.”

  15. “Também ajudei o PM Grego. Ele dizia “Mas vocês querem que faça o oposto do que prometi, é impossível”. Mostrei-lhe o nosso programa eleitoral.”

  16. mais um aproveitamento de problema oncológico alheio, depois acciona a matilha contra a falta de princípios que não respeita o sofrimento dos outros.

  17. Vão acusar-me de ter sido eu a dar o remate final no acordo entre o Eurogrupo e o senhor Tsipras. E só tive que lhes mostrar o programa eleitoral do Pedro Passos Coelho. Perguntou-me o senhor Tsipras: ”O Rosário Teixeira vem no pacote?”. Do resto não quis saber. Assinou de cruz.

    Até já, cegueta.
    Pescas alguma coisa de karate?

  18. Tenham orgulho almas lusas! INVEJOSOS e IGNONCIOS !

    Mais uma vez salvámos o Mundo, neste caso o europeu!

    O Costa Chamuça convenceu o François Bollande e o Passos ajudou o Tripas.

    Palavras para quê! Artistas portugueses!

  19. IGNAROS: Vejam lá se o senhor engenheiro, esse sim, uma pessoa modesta sem pretensões que pensa coisas, disse que tinha sido ele a dar a ideia ao senhor Tripas. Sim, o referendo na hora. Não contando com a falência na hora. Tudo na hora.

  20. José Neves, cuidado, se continuas mais umas linhas ainda és acusado de negacionista do holocausto!
    Sabes que essa falta é passível de pena de prisão?

  21. Ahahahahahahahahahaha…
    eu num disse que o homenzinho ía gastar as fichas todas?!…
    poiszé! o passolas, na sua prosápia, é tão previsível como o descolhoado do cegueta atrás do monitor! Ahahahah!…

  22. ALVORADA, num tens de agradecer, pá. Tu tens falta de ideias e eu tenho muitas. Posso partilhar contigo numa dinâmica de informação a quem da mesma precisa. É só dizeres, tipo «apitó comboio», tás a bere?

    ( Mas dás um bom exemplo do que tu e os teus comparsas fazem quando alguém diverge deles – expulsão. Ó pá, eu só sou do signo carneiro – com ascendente em escorpião – tás a bere? oqueie. Faz uma petição pública, bá.) Pasto contigo também, pá, mas afasta-te desse canto, que eu pus inseticida, tá beie…?

  23. “Devo dizer até que, curiosamente…” foi ideia minha, atar uma pedra à perna grega para ir mais depressa ao fundo.
    Era isto, que o nosso chanceler-adjunto quis dizer, e ninguém percebeu…

  24. Que seria da Grécia se não fosse o Passos Coelho! Com um bocado de sorte ainda acaba promovido ao Olimpo…

  25. o marco silva já treina olympiakos, portantes se o massamólas for para encarregado de limpezas no òlimpo é perfeitamente compatível.

  26. Ó Val, não gozes, sabes que o Pedro foi fundamental. O gajo virou-se para o Tsipras, e olhos nos olhos disse-lhe:
    – Ou assinas essa merda ou não liberto o Sócrates.

  27. Vamos rebobinar a cassete! Quem foi que soprou a idéia ao
    Passos Láparo? Uma breve investigação mostra que, a trans-
    ferência de 50 mil milhões de euros do Estado Grego para
    o “Instituto do Luxemburgo para o Crescimento” que, por
    mero acaso é gerido pelo KfW um Banco Estatal Alemão cujo,
    “chairman” é o sr. Schäuble acolitado pelo “vice-chairman” o
    conhecido social-democrata Sigmar Gabriel ponto
    É natural que, para gerir os activos gregos de tão elevado va-
    lor lá para o fim do ano se torne necessário admitir alguém
    com experiência em “ajustamentos” … ora, quem será o “de-
    sempregado” que, pode acrescentar no seu currículo essa
    valia assim como, a outra não menos importante, o abrir por-
    tas por esse mundo afora ???
    Acho que não será preciso contratar um explicador para o
    bom entendimento da situação, qualquer pessoal normal
    já viu o que está em causa … até o Gasparoika se safou para
    o FMI com a ajuda de quem???

  28. Bem, mas melhor que a peta do Passoilo, bem melhor, é esta do cegueta: “Tu tens falta de ideias e eu tenho muitas”.
    Presunção e água benta…..
    Decididamente este cegueta é mesmo básico.

  29. FART (inho), LOL,pum, pum, claro que se usasse a tua linguagem diria outra coisa. Conta, qual é o teu problema? Patogenia? Hum? Oqueie, toma benuron, para as dores. Se persistirem os sintomas, atira-te da varanda abaixo. Podes sempre beber licor de »M» e dares-te com a garrafa na cabeça.

    Agora, pousa as dianteiras no chão e não voltes a ofender a Natureza.

  30. A ideia do pindérico foi esta?

    “The Press Project has done some digging on the Luxembourg “Institution for Growth” to which the 4-page eurogroup paper demands that €50bn of Greek state property must be transferred. Guess what. This Luxembourg “institution” is wholly owned subsidiary of German KfW and the chairman of its board is a certain Wolfgang Schäuble.”

  31. Pensamento Socialista do Dia:

    Celebremos o fim da velha austeridade recessiva na Grécia. Aplaudamos a nova austeridade expansionista. Afinal, há alternativa à esquerda !

  32. oh Rosinha, oh Rosinha do meio,
    vem comigo malhar o centeio,
    o centeio, o Centeno e a cevada,
    sem esquecer também a Alvorada

    Rifrão

    oh Rosinha oh Rosinha trigueira
    a mais bonita garota da eira
    lá na eira malhando na manada
    oh Inacia vais ficar bem mais corada

    Rifrão

  33. Passos Coelho conseguiu o feito de transformar o partido laranja em templo adorador da austeridade e do neoliberalismo, local de refúgio de todos os escravos deste Moloch do século XXI, homens destituídos de capacidade de reflexão e idealização autónomas que não ousam, nas suas mentes limitadas, questionar a sua crendice acéfala na austeridade e no neoliberalismo.

  34. o interlúdio quer música, mas nada mais consegue que aquilo que a Luísa ganhou entre o centeio.

  35. ó João – que és o único que se aproveita neste manicómio, o resto são acéfalos e acéfalas – não conseguiu nada, o Passos é um merdas, ao nível do Socratolas, dois jotinhas, farinha do mesmo saco, epifenómenos, os melhores retiraram-se e foram viver dos rendimentos, outros não quizeram o lugar, e eles foram aos caídos.
    Olha olha, o Cabaco está a falar na Tv sobre a estabilização da sardinha !
    Tá visto, não tomou a medicação.

  36. Ó DISCORDO, bê lá, eue num sofro de acefalia, tá beie? bê lá. Ataõe, tás a confundir-me. Bá, pede desculpa, atãoe, onde já se biu, ofendere um dôtore e olha que num sou dótóre em histórria, tá beie? Num há dótores in história, tá beie? bê lá.

  37. tu deves ser mazé animador kultural de festas pimba e durante a semana vendes cobertores roubados de fábrica na feira da malveira.

  38. Também vendo preservativos com marca da UE para evitar a reprodução de gajos como tu. Ele há, porém, quem use o método da Buraca, evidentemente. Qual Pascoal Melo para tapar aquilo, mas vá, dali não sai nada, apenas vento, quando as entranhas resolvem protestar. COMUNA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.