Agora com a banda sonora respectiva

O primeiro-ministro comparou, esta sexta-feira, durante uma visita à Associação dos Deficientes das Forças Armadas, a situação do país a uma guerra.

Pedro Passos Coelho classificou esta guerra como «intensa que às vezes nos parece (porque é) tão injusta, como a Guerra do Ultramar, que produziu este resultado».

«É uma guerra diferente em que precisamos de encontrar em cada cidadão um soldado que esteja disposto a lutar pelo futuro do país», acrescentou o chefe do Governo

Fonte

3 thoughts on “Agora com a banda sonora respectiva”

  1. A Associação dos Espoliados do Governo, em formação, vem por este meio convidar sua excelência o primeiro-ministro para a cerimónia de inauguração da nossa agremiação.

    Traje à prova de pau e capacete aconselháveis.

  2. Ouvi esse hino durante 13 anos.

    Ainda hoje oiço com imenso agrado.

    Ao contrário da India e São João Baptista de Ajudá, Angola e outras irmãs salvaram-se. (por enquanto).
    Timor foi ainda preciso umas velinhas.

    Mas agora é Angola a tentar dar a mão, mas a malta (os caputos) ainda não entendderam.

    Não entenderam nem ontem nem hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.