AC-DC

Vou votar António Costa e daqui, desta tribuna de galáctico alcance, recomendo a todos os eleitores para reflectirem um bocadinho nestas palavras e depois concluírem pela decisão de seguirem o meu exemplo. Inclusive o conselho adequa-se a eleitores de outros concelhos, esses que estão a pensar abster-se. Pois que venham para Lisboa e digam que querem votar no Costa. Vale sempre a pena tentar porque isto na confusão nunca se sabe, né?

O que o edil alfacinha fez pela Capital é verdadeiramente extraordinário dadas as condições financeiras que têm condicionado os seus mandatos, e seja lá qual for o ponto de vista por onde se queira pegar. Seria um caso em que a unanimidade não assustaria, pois o mérito está provado. E acresce a este ditirambo o facto de ele ter vindo para Lisboa num contexto de sacrifício pessoal, assim abandonando o Governo onde era uma figura de forte influência. Nunca saberemos o que teria feito ao lado de Sócrates durante o período em que a crise internacional rebenta e depois no ciclo de calúnias e conspirações que a direita lançou. Mas adivinhamos que fez muita falta.

Dito isto, recomendo a leitura do que o André Macedo escreveu – A culpa de António Costa. É um justo lamento e um efeito do bloqueio político a que a direita e a esquerda, voluntariamente, conduziram o País. O que acontecer com António Costa depois de largar o poder autárquico não apaga as dores desta travessia do deserto em que o PS não tem liderança.

17 thoughts on “AC-DC”

  1. Votarei em AC sem qualquer indecisão. Discordo em absoluto do artigo do André Macedo. É um cartaz muito bem conseguido mas, como demonstra AM, afinal nem todos foram capazes de assimilar a mensagem. A Estrela Serrano explica.

  2. …”o facto de ele ter vindo para Lisboa num contexto de sacrifício pessoal”…
    Sacrifício pessoal? Foi para Lisboa porque assim quis e acordou com Sócrates. Porque é que ele se recusou a subsitituir Seguro, depois daquela palhaçada no largo do Rato, quando toda a gente esperava que o fizesse? Porque é um calculista que só pensa nele e na sua hipotética eleição para presidente da república. Com dirigentes assim, não é de admirar que o PS esteja com falta de liderança. Coragem, precisa-se!

  3. Carlos Barbosa Oliveira, eu também gosto do cartaz. Mas não gosto da ausência de uma ideia para Lisboa, o ponto que o André assinala, nem gosto da fulanização a que tal conduz.

  4. já vi, é outro – em fundo verde: preciso do seu voto no próximo domingo. mas se calhar o que evidencia o cartaz é a expressão facial do senhor. está sereno, com um sorriso cúmplice, e transmite confiança.

  5. eu não votar no antonio costa.voto no pizarro.homem competente e solidario.no governo socrates,era ele que devia ter ocupado o lugar deixado vago por correia de campos.na campanha,não matou porcos!

  6. Se a minha área eleitoral fosse Lisboa, votaria AC sem pestanejar.

    O caminho diário para o trabalho permite-me observar a Lisboa renovada e linda que tem vindo a renascer das cinzas por obra de António Costa.

    Até temos elevador gratuito da Baixa para o Castelo – Costa! :)

  7. nuno cm, se não votas no seara portuense, o menezes, votas no pizarro, votas no costa, acho que era esse o sentido.

    ignatz, mais uma demonstração de que o tempo é circular: a maluquita que acha que o menezes é bem capaz de cumprir o pagamento pessoal das rendas dos desfavorecidos portuenses, antecipou-se em vários anos para trás ao pensamento do Val, que ainda a acompanhou a tempo, embora com algum atraso…

    NB:Em Lisboa, esta semana, o seara teve de interromper o desfile na av. da liberdade – falta de gente e de apoio. bom sinal. Lisboa, primeiro e último reduto de esperança- ao contrário do que receava há umas semanas, agora acredito ser certo: o psd vai levar derrota estrondosa. Em tempos de crise e sofrimento, é ofensa demasiada quererem impingir-nos palhaços para nos fazer rir distraidamente do facto de estarmos prestes a cair no resgate nº 2, a estocada final. E o Costa tem de facto, “mérito provado”. Para além de ser um senhor…

  8. “não gosto de da ausência de uma ideia para Lisboa”. Se vives em Lisboa, recebeste de certeza a lista – o programa- para Lisboa. Na caixa do correio. Podia fazer como seara? Pór umas bocas no cartaz? Podia. Já o João Soares se lixou por descuidar a questão da campanha dos cartazes. Deve ser um gene socialista envergonhado….falta de liderança. No caso, muita uva, pouca parra, ou embrulho.

  9. Eu também votarei Costa por três razões:
    Porque sou alfacinha.
    Porque uma vitória arrasadora de AC poderá mandar o Seguro para o local de onde ele nunca devia ter saíddo.
    Porque uma candidatura como aquela que se lhe opôs, só lembra ao careca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.