A responsabilidade, segundo o PSD

O social-democrata Jorge Moreira da Silva desafiou o PS a apresentar «alternativas» que permitam a obtenção de dois milhões de euros ou então a ficar ao «lado do Governo». Em declarações à TSF, Jorge Moreira da Silva questionou se a alternativa do PS será o «aumento do IVA ou do IRS, a criação de uma sobretaxa, cortar o SNS ou atacar a escola pública».

«Há um outro caminho que é dizer que, sendo autores do memorando de entendimento das metas de consolidação orçamental, embora preferíssemos outro caminho, neste contexto estaremos ao lado do Governo», afirmou este vice-presidente social-democrata, numa referência aos socialistas. Com esta via, concluiu Moreira da Silva, o PS estaria a «assumir um sentido de responsabilidade, tal como, no passado, o PSD o fez».

Fonte

*

Em conferência de imprensa, e depois da conferência de líderes parlamentares ter agendado para esta quarta-feira a discussão do PEC 4, Francisco Assis lançou um apelo ao PSD.

«O que se exige a um partido como o PSD, que legitimamente aspira a ser uma alternativa política de Governo, é que apresente no debate de amanhã as suas linhas de orientação alternativas», desafiou Francisco Assis. «E, para além disso, e a partir dessas linhas, se disponha a dialogar com o Governo tendo em vista a obtenção de um consenso que nos permita ter em Abril um PEC em condições de ser definitivamente apresentado às autoridades europeias», justificou.

Fonte

*

José Sócrates e Angela Merkel pedem a PSD para “mostrar alternativas”, ao PEC que chumbaram, para que Portugal possa atingir as metas orçamentais com que se comprometeu, “acalmar os mercados e restaurar a confiança”.

No final da cimeira da União Europeia, Angela Merkel afirmou que tanto o Governo, como a oposição “devem tornar claro publicamente que medidas propõem implementar para que os objectivos sejam atingidos de forma diferente”.

José Sócrates acrescentou que “os partidos têm de apresentar alternativas e esta é a hora de o fazer. Só assim contribuem para a credibilidade do País”. Chumbar o PEC sem mostrar alternativas “Não basta”.

Fonte

__

Para melhor se perceber o que significa no discurso deste PSD a palavra “responsabilidade”, tomai e lede:

escrito no pedro (memória da memória)

5 thoughts on “A responsabilidade, segundo o PSD”

  1. socrates,pediu alternativas ao pec 4 que apresentou.este governo está a pedir alternativas à politica que já executou com os resultados desastrosos que estamos a ver. agora,com toda a lata do mundo, vem pedir alternativas à oposição para recuperar 2 mil milhoes de euros em falta.não meus amigos, a vossa agenda ultraliberal levou-vos a dispensar todas as opinioes sugeridas pelos partidos da oposição. agora aguentem! é por pouco tempo,pois a rua é o vosso caminho.

  2. no tempo do socras pedia desculpa
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=1569181

    agora é primeiro ministro diverte-se
    http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/exclusivo-cm/desconto-bruto-arrasa-os-salarios

    o feissebuque do passos continua imparável a coleccionar insultos ao ritmo de 1.000/h, já vai pra cima de 30.000. alô relvas! temos aqui novo problema, há que mobilizar o laranjal e os tangerinas para barrarem o ataque com elogios.

  3. Esta incapacidade de reduzir a divida publica só vem dar razaõ a socrates.Este governo disse que a sua politica ia ser baseada no corte de 3/4 na despesa e 1/4 na receita.está a fazer precisamente o contrario 3/4 vai busca-los atraves de impostos.As parcerias publico privadas que tanto se tem falado não chegam a 2% do pib.porque aumentou o deficit e a divida no ultimo governo de socrates? as despesas do estado mantiveram-se no mesmo patamar, mas as receitas diminuiram substancialmente por força da recessão interna que levou à falencias de empresas,com consequente menos receita de impostos sobre as empresas e trabalhadores que foram para desemprego.um aumento dos apoios sociais aos desempregados, e por ser minoritario,viu-se impossibilitado de tomar medidas que eram muitas das vezes rejeitadas.lembro-me dos 50 milhoes para a madeira.Os pecs foram aprovados pelo psd até marco antonio de gaia dizer que: ou há eleiçoes no pais ou no partido.foi a estes aldrabões que entregamos o poder depois de uma campanha com tanta mentira, que não resistiram a meia duzia de dias de governação de passos coelho.nem em maioria, e com o resgate que tudo fizeram para ser solicitado, conseguem governar o pais.

  4. “Não se pode permitir que os responsáveis pelos maus resultados andem sempre de espinha direita, como se não fosse nada com eles”. “Quem impõe tantos sacrifícios às pessoas e não cumpre, merece ou não merece ser responsabilizado civil e criminalmente pelos seus actos?”

    quem disse… quem foi? um fim de semana grátis em hotel de 2 estrelas em massamá para quem adivinhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.