18 thoughts on “A nossa notícia do dia”

  1. Nao se trata de um blog de esquerda. Trata-se de um blog pluralista. Nao é uma belissima ideia? Vamos fingir que num único espaco se pode transmitir diferentes perspectivas, dilui-se o espaco blogista de esquerda e desacredita-se quem nesse espaco tem posicoes fortes sobre uma matéria. Estes sao julgados como anti-democráticos no final. Excelente…

  2. Estes Luís e Pedro, que estão prá qui a mandarem vir, se calhar até lhe corre sangue neoconista nas veias. Que trastes…

  3. Ó anónimo, nós por acaso não nos conhecemos de outros carnavais?

    Em todo o caso agradeço o elogio.

  4. Esta conversa, do Carlos Narciso, faz-me lembrar os meus colegas que me diziam que nem bebiam muito, mas que as misturas eram muito problemáticas.

  5. Se se trata memso de um blog de esquerda, porwque não há espaço para uma opinião de direita?
    A pluralidade da esquerda sempre foi muito mais radical do que a pluralidade da direita.
    Para bem do nosso futuro, gostava que me fosse demonstrado o contrário.
    Confesso, contudo, que me encontro limitado pelo facto de ter estudado na FCSH e viver numa terra que teve gestão comunista durante mais de 20 anos, me condiciona

  6. há espaço para a opiniao de direita.o francisco rodrigues e outros, confirmam.estou de acordo com o lumumba,é um blogue pluralista,mas onde a maioria dos intervenientes navegam na area do socialismo democratico ou social democracia(o psd não é social democrata),os que pensam que saõ comunistas,são como o camaleão.no poder que tomam pela força tornam-se ditadores e ridiculos como o actual lider da coreia do norte. (a democracia socialista do bernardino soares).é bom que denunciem as referências deste caramelo na campanha à camara de loures.

  7. pedro, o 31 da armada e outros.são o exemplo acabado do que o que nos estás a dizer é falso.a direita é por demais trauliteira por falta de argumentos.!

  8. pssst…nuno cm, estás a falar com o passado. Partida de 1 de Abril do Valupi, isto ficou tudo encalacrado. Mas pode ser que eles te ouçam. às tantas ainda andam por aqui…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.