A importância do berço para o futuro das crianças

A predisposição para a fraude académica no ensino superior em Portugal é maior nos estudantes do sexo masculino, com menor média e cujos agregados familiares têm rendimentos mais elevados, conclui um estudo da Universidade de Coimbra.

Fonte

5 thoughts on “A importância do berço para o futuro das crianças”

  1. :-) mas vamos lá a saber: o que é que ajudar um colega tem de imoral e fraudulento? isso pode ser solidariedade. e apresentar o mesmo trabalho em várias disciplinas pode bem ser aplicação prática de transversalidade do conhecimento. homessa! :-)

    desonestidade na educação é alguém perder um anel na casa de banho e depois quem for a seguir não o devolver – assim como um aluno ser obrigado a debitar a sebenta gordurosa do professor, um professor que anda há uma década a fazer doutoramento, para conseguir passar à disciplina.

    e depois há tanta coisa que supostamente ensinam por lá que não é, de todo, para aprender. ocupar o cérebro com coisas que não valem a pena é inteligência. desonestidade é decorar coisas só para convencer uma pauta.

  2. Foi preciso o Relvas sair do governo para a Universidade de Coimbra concluir o estudo.
    Será que o estudo também estudou o número de professores que alinham a passar equivalências a burros e se a maioria desses professores são do sexo masculino?

  3. Notícia no Huffington Post sobre um estudo, realizado nos EUA, neste tema:
    http://www.huffingtonpost.co.uk/2012/02/28/rich-people-cheat-lie-break-law_n_1306167.html

    Link para o artigo científico:
    (http://www.pnas.org/content/early/2012/02/21/1118373109.abstract?sid=9130e8e0-76bb-45ed-9b92-4de1fa1ce149)

    “Seven studies using experimental and naturalistic methods reveal that upper-class individuals behave more unethically than lower-class individuals.”

    Já há dois mil anos o JC dizia mal dos ricos. Há coisas que não mudam.

  4. Ora, onde é que está a surpresa? Não é justamente nos agregados de maior rendimento, nas classes mais privilegiadas, com poder de compra para mandar os seus “meninos” para bons colégios privados que se desenvolve o enorme ego de que tudo lhes é permitido, que o mundo se deverá curvar perante eles? Esses , desde o berço, são formatados para se sobrepor a tudo e a todos, que se não deverão preocupar demasiado com ter que estudar para tudo conseguir. Para eles, tudo vale, até, porque não? uma “fraudesita” sorrateira. Enfim, escola dos Relvas deste País!

  5. Por ter sido denunciado pelo professor que copiei no 1.exame do 9.ano,fui impedido de efectuar os restantes,pelo director, ao arrepio do procedimento habitual (dava-se um 2 ou 4 não me recordo agora) e, o aluno prosseguia os seus exames. mais : o chefe de secretaria, chamou o meu irmão mais velho, para lhe dizer, que em 24 anos de funcionario da escola,nunca nenhum aluno foi impedido de continuar os exames. Tal aconteceu, por se encontrar de baixa.o diretor,a quem durante muitos anos lhe chamei filho da puta,quando nos cruzavamos,depois de abril tratou de pedir asilo politico ao mdp/pcp.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.