A hecatombe das alternativas

Aquando da discussão do PEC IV, o Governo socialista e o PS também perguntaram à oposição qual era a alternativa. Mais: declararam que estavam dispostos a discutir e acolher alternativas. A oposição não queria discutir alternativas, mas foram rápidos a agitar as suas preferências. Que convergiam todas nesta sublime ideia consagrada pelo Presidente da República na solenidade da sua tomada de posse: já chega de sacrifícios. E depois o País foi para eleições, como toda a oposição entusiasticamente queria.

Hoje, o Governo do empobrecimento e a maioria da vergonha perguntam pelas alternativas. E gozam, arrotam, peidam-se alarvemente em público porque não há ninguém que se chegue à frente com alternativas. Nem sequer as eleições são agora uma alternativa, como as sondagens indicam monotonamente e Belém confirma impavidamente.

Mas há uma alternativa à falta de alternativas. Consiste em pensar. Cada um a pensar por si e a pensar para todos.

17 thoughts on “A hecatombe das alternativas”

  1. Valupi… ó pá… isto está ficar complicado… já te disse para deixares o PEC IV.
    É a cemptuagésima quinta vez que falas no PEC IV. Por amor de Deus, do Sócrates, de quem quiseres, mas deixa lá o PEC IV. E vê lá se consegues ter um bocadito mais de nível a escrever. Até és um gájo culto e tal, escreves bem e sabes o que dizes, mas tás possuído, pá. Deixa lá isso e tem calma.

  2. Como é que se pode ter calma, amigo Seabra, quando estamos a ir direitinhos ao abismo? Sabes o que me ocorre? Estes rapazolas já não sabem mais o que fazer e vai daí atiram para o OE com um pacote de cortes, tão violento quanto inconstitucional, a “pedir” para ser chumbado. E pronto, está encontrada a nova desculpa para o desastre que provocaram ao país. A seguir, alegremente, vão à sua vida, e que venha o bloco central de Seguro e de um qualquer PSD para apanhar os cacos.

  3. oh seabra! qual é a costela que te dói quando ouves falar em péque? e já agora que estamos a falar disto, em quem é que votaste nas últimas eleições?

  4. Como Me Sinto Em Fila De Espera, Num Porto Inseguro,Olhando Para Os Barqueiros De Serviço,Já Só Me Apetece Parafrasear Luiz Pacheco:”PUTA QUE OS PARIU”.

  5. o Jorge Seabra tem razão: afinal qual é a alternativa a este orçamento? Isso é um problema que o atual governo, caso se não demita, vai ter que resolver, quando o TC mandar arquivar, no WC, o OE 2014. É então que, depois da ressaca, procurará o tubo da vaselina…..

  6. Para o “fado dos encornados” (que raio de nome!!!):
    Não me doi nada quando ouço falar em PEC IV, parece-me é que temos que andar prá frente, percebes?
    Em quem votei nas últimas eleições é cá comigo, mas posso dizer-te que neste gájos não foi de certeza, e por acaso também não foi nos anteriores. Lembrei-me agora… não votei.

  7. Talvez ajude: a perceber o triunfo do rapazola PPC e Adultola PP.
    (Independentemente de qq simpatia para com o vendedor de banha da cobra JS)
    «A tirania com mais êxito não é aquela que usa a força para assegurar a uniformidade mas a que retira a consciência de outras possibilidades*»
    *Não há ‘alternativa’.
    “A cultura da incultura”
    Allan Bloom
    Ensaio sobre sobre o declínio da cultura geral
    Europa-América (livros de blso)
    ———————————————————–
    “As velhas artes da ilusão e da desilusão”
    «Há uma velha e conhecida táctica. Resume-se a como dar uma má notícia, e obter do lado de quem a recebe um estranho alívio ou um resignado acatar. Este é um processo que se divide em três fases, tal como um magistral truque de ilusionismo»
    Editorial Jornal do Fundão
    10 Out 13 – Nuno Francisco

  8. A alternativa irá aparecer, como por magia, quando os nossos credores, resolverem correr com esta tralha que nos tem governado. Já deu para perceberem, que só com austeridade não vamos lá. Pois se a economia não voltar a crescer, nunca vamos conseguir pagar os juros e amortizar a divida. E os fundos das viúvas e dos reformados que são dos grandes investidores na nossa divida, não são macios, como as nossas viúvas e reformados, que lhes vão aos bolsos e não protestam.

  9. Isto é mesmo engraçado. Então um tipo fica cheio de comichão quando houve falar no PEC4 e depois não vota?

  10. Na minha mais que modesta opinião, concordo com Maria Abril. Estes gente está a fazer um orçamento para ser chumbado, para poder dar à sola…. Aliás tal como o do ano passado,em que foram travados pelo Cavaco que não pediu a verificação preventiva , para os agarrar…. Este ano será pior, pois Cavaco já não poderá jogar sem ser na verificação preventiva , dados os disparates do ano passado…. E a situação vai ficar pior, pois a cambada , vai pedir a demissão se o TC chumbar o OE….Ainda com um problema para resolver ( Machete) e com um chumbo e uma demissão , Cavaco vai ficar super entalado e com eleições para o Parlamento Europeu à porta… É muita areia para a sua camioneta ( dele Cavaco) com a Europa à perna ( D Barroso a entornar o caldo) e não me admira que “adoeça” antes….Até ao fim do ano isto vai ser de loucos e o PS – na minha opinião – não tem alternativa….. A coisa vai complicar-se em grande e provavelmente o FMI esfregará as mãos de contente, já que, nessa altura, haverá condições para aplicar o imposto extraordinário de 10% que sugeriu, a aplicar uma só vez, sobre a riqueza das famílias (Cadilhe há cerca de 2-3 anos sugeriu 14%……). Isto vai aquecer e a rua espera! Talvez agora se perceba porque o tal Ramos passou a mão pelo ao Machete na audição de Neg Estrangeiros , na AR. assim, correr-lhes-á a favor, ganhando tempo.

  11. …a razão mais que suficiente para voltar sempre ao pec IV é bem simples…continua ser hoje a única alternativa… igualmente relevante é ter consciência que…quem não aprende com o passado (isso só revisitando-o muito) arrisca-se a vê-lo repetir-se…

  12. “Não me doi nada quando ouço falar em PEC IV, parece-me é que temos que andar prá frente, percebes?”

    oh seabra, percebo-te perfeitamente. o péque faz-te comichão na consciência e a fuga para a frente alivia-te. quanto ao resto resto já levaste porrada que chegue.

  13. eu ajudo: eles queriam ter um líder que fosse líder, em vez disso têm uma marionete mentecapta rodeada de medíocres que não têm uma ideia, uma visão que seja para o país…e que nos insultam todos os dias. E precisas de boneco e que te expliquem? Deves ter o mesmo nível de inteligência desta merda fedorenta que nos desgoverna

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.