A direita com raiva a morder na direita raivosa, o retrato acabado da decadência

«Mas sobra-lhe, a essa direita, uma data no calendário: a do julgamento de José Sócrates. Qualquer que seja o resultado, dará margem para um discurso que já foi testado à distância com esta eleição brasileira: ou é o PS que é corrupto (se Sócrates for dado como culpado); ou é o sistema que está corrompido (por não ter culpado Sócrates). O argumento pode repetir-se para Ricardo Salgado, porque para esta direita um e outro são (apenas) a face e contra face da mesma moeda.

Sim, esta nova direita quer correr a pista justiceira, antecipando na política um julgamento que ainda não se concluiu na justiça. Porque é o que lhe resta – e o que lhe resta cola bem com o seu ressentimento: o combate à corrupção, o discurso da elite cartelizada, do país amarrado. Dirá que é preciso menos Estado porque o Estado é corrupto. No Brasil foi Lula e a Petrobras, por cá foram Sócrates e o BES (como se a direita não tivesse tido os seus tristes pecados).

Isto pode não ser um programa eleitoral, mas é bandeira para uma campanha. Como se viu no Brasil, elas fazem-se cada vez menos com programas ideológicos, cada vez mais de discursos identitários, aqueles que unem muita gente diferente, afastando todos os outros. São políticos que promovem a divisão, que detestam o politicamente correto.»


David Dinis

2 thoughts on “A direita com raiva a morder na direita raivosa, o retrato acabado da decadência”

  1. «ou é o PS que é corrupto (se Sócrates for dado como culpado); ou é o sistema que está corrompido (por não ter culpado Sócrates)»

    Foi o comentarista do “eixo do mal” Daniel Oliveira, o purista absoluto da moral (quando convém), que primeiro teorizou num seu escrito “expresso” que seria mais que certo o surgimento de um bolsonaro em Portugal pois bastava que “Sócrates não fosse condenado com ou sem provas” e até mencionava qual o bolsonaro na rampa de lançamento, um tal do “cm”.

    «Isto pode não ser um programa eleitoral, mas é bandeira para uma campanha »

    Ao vil incitamento deste biltre a uma campanha suja contra o actual governo só lhe falta dizer que para defender tal campanha lá estará ele empunhando a bandeira.
    E, como ele viu no Brasil cá estará uma justiça para, à maneira da inquisição, extorquir do Salgado uma “declaração adequada” para, desse modo, ter dois em um: salvam o antigo amigo e dono deles todos e mandam o Sócrates apodrecer na masmorra.
    Mais, deixam feliz o DO porque acertou na sua profecia.

  2. O problema é que aqui é tudo demasiado PAROLO e MANSO.
    Além disso todos os supostos “crimes” de Sócrates vão prescrever.
    No fim só sobrará uma raquítica “fraude fiscal” e mesmo essa com a sombra da dúvida razoável …
    E no final umas pazadas de cal em tudo.
    Uma MISÉRIA.
    Aqui o preço do Juiz deles no mercado são 10 000 euros …
    E é patética mesquinha a campanha contra o outro Juiz …
    E entretanto servem-nos a viúva Rosa … já só falta dizer que essa matou o marido por causa do Sócrates !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.