1ª boa notícia do ano

Hoje vamos ter a última mensagem de Ano Novo da autoria de Cavaco. A última em toda a História de Portugal e do universo. Ou universos. Isto merecia um foguete. Raios, merecia fogo-de-artifício e fanfarras do Minho aos Algarves.

15 thoughts on “1ª boa notícia do ano”

  1. Lá vai acontecer o mesmo que às outras nove. Não ouço… Mas comemoro um futuro sem aturar a boliqueimada criatura. Hip! Hip! Hurra!
    Agora só falta não haver mensagens de Ano Novo do marmelo…

  2. Também não ouvirei, mas corroboro o que o Pedro Abrunhosa proferiu no seu espetáculo de passagem de ano para mais de cem mil pessoas no Porto, que o aplaudiram delirantemente, que será das coisas boas deste início de ano, porque trinta anos é muito tempo e, disse, ele em nada contribuiu para tal… Nem eu, disse, também.

  3. Hurra! hurra! hurra!
    Será que é desta que nos vemos livres de tão nefasta criatura? Lá diz o ditado bem português: “não há mal que sempre dure. H U R R A

  4. Uma coisa é também certa,é que o “atrás de mim virá quem de mim bom fará”,não se cumprirá,até o emplastro das televisões serviria…

  5. Será que vai viver lá para a Quinta da Coelha? Imaginem o quarteto para jogar a sueca: Catroga, Oliveira e Costa, Fantasia e Cavaco.

  6. Cavaco, o homem da democracia! Quem o povo escolheu em 3 vezes para primeiro ministro e 2 para presidente da república. Nestas eleições de janeiro, nem o Marcelo terá mais votos. Os outros deverão ficar envergonhados se compararem o que o povo gostava do Cavaco com as suas próprias votações.

  7. Concordo e assino por baixo .
    Diz que a espécie de génio da banalidade – Saramago dixit – para mim, é da vagalidade, vai editar paletes de roteiros – será em suporte de papel ou em blu-ray ?
    Tenho para mim, que será em bolo-rei :^)
    Adeusinho pró Anibal Badagaio ?

  8. Bolas que me esqueci de teclar .
    Quanto às fanfarras, venha o vira, verde-gaio, e sobretudo, badagaio .
    Quanto a sucessores de Portas, também há duas catequistas, a Cecília, e a Cristas .
    Outro putativo é um tal João de Al-Meida . Tem o perfil adequado ao rosto : completamente destravado, ar de tresloucado – parece saído de fresco do loony bin – e usa penteado à foge-que-te-fodo .
    Ou estarei equivocado ?
    Ah … Falta o Telmo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.