39 thoughts on “10 euros para a melhor legenda”

  1. AV: ainda havemos de juntar as nossas tropas!!!
    PPC: nem me ter c’o riso posso!!!

  2. camacho & vieira em regime de subsituição depois do galuxo ter impostos sansões ao namoro

  3. série: dois tontos com mascarilha
    episódio: vingança da eleição perdida

  4. “Conheces a fita, não conheces? No fim nós fugimos os dois e o Rui Rio casa com o cavalo.”
    Ou
    Definição de centro: uma cadeira vazia onde se cruzam interesses.

  5. qual é a data limite para apresentação das legendas?
    existe regulamento do concurso aprovado pelo governo civil?
    o doutor camacho e a doutora yobimba fazem parte do júri?

  6. porque é que não se veem pessoas sentadas à volta e está tudo concentrado lá atrás, cordão ideológico ou destaque dos cromos?

  7. Só uma questão de tempo. Para terminar a união de facto é assinarem os papeis para o casamento

  8. quero mudar o meu , que era só para vos fazer rabiar , mas falhei rotundamente , ninguém me ligou pevide -:)

    Teorema !! à la pasolini.

  9. “Dois estupidos ,qual é o mais estupido ?”

    por mais estúpido que pareça, o que acentuar correctamente.

  10. Porquinho querido! A tua obsessão pela minha ilustre pessoa só tem rival na dos descabeçados que passam 25 horas por dia a espetar alfinetes na efígie do mafarrico Sócrates. Não percebeste ainda que sou muita areia para a tua camioneta, cabrãozinho? Bueno, e bueno again, camioneta é modo di falá, queria eu dizer aquele baldinho que há uns anos gamaste na praia a um puto de ano e meio e que te valeu uns estaladões no focinho pela mãe do crianço, lembras-te? Mas lá conseguiste fugir com o balde, caraças! Ganda vitória!

    A propósito, como vai a formação da AAAAAQIIBHMJC (Associação dos Amigos, Apoiantes, Apaixonados e Admiradores do Querido, Ilustre, Insigne, Belíssimo, Honorável e Maravilhoso Joaquim Camacho)?

  11. BFF (fosca-se lê-se nitida(na)mente do criador)
    sem dúvida alguma, o criador a sentir-se usado pela criação, ou a entrega do oscar dos imbecis.

  12. Lembram-se quando Passos Coelho chorava perdidamente a rir quando Centeno, recém-ministro das Finanças, explicava as suas ideias económicas para aplicar na recuperação da economia?
    Também aqui estes dois manos políticos riem copiosamente, como imagem de espelho um do outro, e também só pode ser por fartura de incapacidade mental e falta de inteligência para entender um mínimo de complexidade necessária para gerir a vida de uma nação moderna organizada no mundo actual.
    E, o tempo do homem brutamontes das cavernas de cérebro minúsculo e moca na mão, já foi há muito; mas estes nem disso ainda têm conhecimento.

  13. A mulher morreu, o amante desenrascar-se-á, como sempre, e o cozinhado do ladrão ainda nem foi para o lume e já cheira a esturro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.