19 thoughts on “Um segurista é isto e é triste”

  1. Pois, a argumentação é falaciosa e até dá pena.
    É verdade que António Costa disse que o PS nunca se juntaria no parlamento a uma maioria negativa (sublinhado a partir daqui, please) desde que não houvesse um embrião ou um projecto ou um embrião de projecto ou um projecto de embrião político em cima da mesa (e usou a tese sobre a Moção de Censura Construtiva que os constitucionalistas entenderam, e bem). Por estas, ou por outras palavras, foi isto que naquela noite Jerónimo de Sousa e Catarina Martins ouviram claramente, e é assim que estamos.

  2. Pelo menos foi bastante mais comedida nas palavras, evitando o insulto do seu colega de blogue (“De onde saiu esta asneirenta?”). Acho que nunca é bom começar a discussão logo com um insulto. Parabéns.

  3. Estalou o verniz ao Viriato S. M. o que falta por essa Europa são
    governos liderados por P. Ministros saídos dos segundos, terceiros
    ou quintos partidos que, fazem coligações/acordos parlamentares
    e destronam os primeiros classificados!
    O cronista não gostou de ver o Seguro ser apeado, desde essa altu-
    ra aliou-se à direita para criar obstáculos ao António Costa, dizem
    as boas línguas, que havia uma promessa de um ministério para
    lhe ser atribuído … azarinho !!!

  4. como diria pablo iglesias do “podemos” soromenho marques cada vez mais solicitado pelos media,quiz jogar boxe com antonio costa em vez de jogar xadrez!

  5. Oh … !
    Toda a gente quer comentar e dar bitaites e palpites . Mas mais parecem mulheres de soalheiro ou alcoviteiras a discutir políticas e politiquices e isso acontece não só com comentadores mas também com políticos.
    Parecem não entender que a parte mais significativa da agenda e da acção política de contactos, entendimentos e arranjos entre líderes políticos de países diferentes, é coisa do passado, pois que a Alemanha, astutamente, teve o cuidado de meter tudo o que é relevante, em TRATADOS e acordos inter-estados, desse modo retirando da agenda política muitíssima coisa que se resolvia com conversas entre chefes de estado .
    Tratados que, para a Alemanha, são para cumprir.
    Eles não admitem flexibilizações nem transigem .
    Por conseguinte, isso do ” Mon ami Miterrand ” e do ” Shimon Peres ? Je connais “, agora, já de nada vale ( nem para a esquerda nem para a direita ). É coisa do passado .
    Quer isto dizer que, amarrados a acordos e tratados, e o pior de todos é o famigerado TRATADO ORÇAMENTAL ( lembram-se do porreiro pá ? ) não temos como escapar, pelo menos para já .
    Talvez com ” um, dois, três, muitos Vietnam “, mutatis mutandis, uma, duas, três, muitas Grécias .
    Mas que vemos nós ?
    Cada um dos aflitos, luta por sair da cauda, nem que para isso tenha que empurrar para baixo o mais próximo.
    A Espanha, muy grande para calir e para resgatar, consegue um resgate suave e encapotado, evitando ser humilhada .
    Irlanda, recebe solidariedade anglo-saxónica ( os ingleses afirmaram que Irlanda teria solidariedade britânica e por eles, nunca seria tratada como os demais ).
    Portugal e Grécia, são tratados duramente .
    Em síntese, há filhos e enteados .
    A Alemanha, não transige e tem o apoio americano e da alta finança internacional, que obviamente, vive da crise dos outros ( desde a sua criação até à especulação ) .
    A coisa está negra.
    O Papa Ratzinger não veio cá ?
    Não conseguiu nenhum milagre, pelo que, assim sendo, nem a despesa justificou.
    Talvez reste, ou sair do euro, com todas as consequências, boas e más, ou em alternativa, rezar à N.ª Senhora Desatadora dos Nós e Obstáculos.

  6. “AC deveria ter esperado que fossem os líderes da coligação a tomar a iniciativa de formar governo, que lhes pertence pelo resultado eleitoral, e pela escolha do PR”.

    Ou seja, o líder do PS deveria ser um cão amestrado e obediente.
    Mas não é. Que porra !!!

  7. Empolgante.
    António Costa tem num alvoroço a direita, os patrões, o patrão da UGT, os rapazes mais mal preparados do PS que, presumo, não foram aceites no psd mais as suas velhas células autónomas, mais toda a pasquinagem e comentadores pagos.
    O M.Sousa Tavares também já se encolhe todo!
    Estava a ir tão bem…

    Nada tinha sido tão óbvio até agora.
    O meio débil beleza e o jornalista-escritor protagonizaram um momento de total imbecilidade e propaganda seguirista.
    Agora percebe-se muito melhor ao que vinha Seguro.

    Todos os telejornais anunciam quedas das bolsas em todo o Mundo por causa deste rincon de 10 milhões mal contados querer cumprir democracia.
    As dívidas soberanas estão em perigo. Os juros explodem.
    Os intervalos de informação financeira não dão informação da mesma :
    – falam de António Costa do PCP e BE.

    Mais uns dias e temos o Costa chamado pelo ministério público, a sua vida escrutinada, uma preventiva por condução perigosa mesmo cumprindo o código.

    Afinal José Sócrates tem muita razão :
    – era suposto o PS perder, era suposto denegrir o PS para se subordinar à direita trauliteira.

    Estou empolgada .
    Ouvir Jorge Lacão foi um momento alto de bom intelecto e raciocínio claro.

    O meu voto foi muito bem entregue ao PS de António Costa para que faça dele o que entender.

  8. Não há direito! Estava o casalinho do Pote à Frente de língua espetada e bocarra escancarada, copiosamente salivando e antecipadamente saboreando o delicioso chupa-chupa, com a doce iguaria, pela mão amiga do bacoco vagal, à beira do ponto de não retorno, quase quase quase a cruzar-lhes a fronteira da beiçola e do corta-palha, e eis que a malandragem esquerdelha os deixa com a língua a estrebuchar em seco, lombriga acabadinha de pingar do cu de um rafeiro. Tadinhos, não viram a guita atada à guloseima e a outra ponta no quintal dos canhotos, mafarricos dum raio! Não há direito, não há respeito, não há chupa, não há nada!

  9. Os devotos do Pote à Frente têm uma nova reza. Eis o “mantra” de abertura:

    “Nossa Senhora dos Imaculados Mercados nos acuda, com as suas benditas taxas, flutuações e flatulências, que a ordenha do bezerro de ouro está em risco.”

  10. Tanta sabiduria, tanta filosofía, tantos títulos universitarios e preocupações ambientais, e há um falhanço no básico. Onde é que fica a honestidade intelectual ?.
    Como embostar um artigo num jornal

  11. EDUCAÇÃO DE ADULTOS pois claro!
    Se se tivesse investido nisso hoje não teriamos um PM e um vice-PM mal-educados.

  12. eu acho que é mais na educação auditiva dos pafúncios que ouvem mal e não apresentam as contas que lhes pediram.

  13. Esteve na SIC N a falar a nulidade chamada Eurico Brilhante Dias, uma vergonha,
    em que até o Matos Correia barrosista foi ultrapassado pela direita.

  14. Portanto, para esta criatura só o partido dele (o Livre) é que podia ser governo com o PS. Os outros não. Porque o LIVRE recebeu muitos votos do Povo, não foi? Se tivesse vergonha na cara, nem aparecia. Ou então, pugnava pela extinção do LIVRE e pela sua inclusão no Bloco de Esquerda.

  15. Governo de salvação nacional – já!
    O Silva chama-os lá todos e pronto…
    Mas algum destes merdas se está a preocupar que o país está a definhar dia após dia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.