Quem é esse misterioso elemento com acesso ao processo, se fazem favor?

A juntar às gaffes, basismos, subserviência ou imbecilidades do primeiro-ministro (“não queremos euro-obrigações”, juros altos é que é bom, para aprendermos), começa agora a ser difícil acompanhar as vigarices de membros do Governo ou chegados. Pena é que, naturalmente, a gravidade de umas neutralize a gravidade das outras, como agulhas chinesas.
Ainda não recompostos dos métodos mafiosos de Miguel Relvas e a desejar que alguma consequência haja, temos agora que, segundo o DN, citando o jornal Sol, a nova operação Monte Branco ficou prejudicada pela divulgação pública de personalidades suspeitas de implicação no esquema de lavagem de dinheiro em contas na Suíça, e ligadas ao Governo, tal como a iminência da prisão de Duarte Lima também já antes fora transmitida ao próprio, com as consequências conhecidas.

“Os investigadores do processo consideram que “algumas das pessoas que estavam a ser escutadas têm relações com o poder político, nomeadamente com elementos do Governo”. “E, através do tráfico de influências, conseguiram que um elemento com acesso ao processo provocasse uma fuga de informação com o intuito de boicotar a investigação”, acrescentam.
Para os investigadores, esta não é a primeira vez que o autor da fuga usa “tal expediente” e recordam que o mesmo aconteceu 15 dias antes da prisão do antigo deputado Domingos Duarte Lima, quando a mesma revista anunciou a sua detenção. Na altura, “no momento da busca à casa do arguido foram encontrados dossiês vazios – sinal de que Duarte Lima, avisado, se livrara de provas que o comprometiam”
.

A Troika é uma cortina extremamente conveniente, de facto. E a tentativa de atrelar o PS também. Alguém abra os olhos ao Seguro. A aliança não é frutuosa, é conspurcadora. Se José Sócrates o incomodava e esta gente lhe merece aproximações, o melhor é ir andando.

8 thoughts on “Quem é esse misterioso elemento com acesso ao processo, se fazem favor?”

  1. Está tudo podre nesta maioria. Mas será que não estava já no tempo do “Portucale”, da “Operação Furacão”, no tempo dos submarinos e das milhentas dúzias de fotocópias de documentos confidenciais do Ministério da Defesa? Estava, não estava? E apesar disso essa gentalha voltou ao Poder! Estamos à espera de quê para lhes darmos um valente chuto no cu? Ah, sim, à espera que as encrencas e os panhonhas que votaram nesta cambada acordem da sua letargia inerte…

  2. metade do país anda metida em esquemas, é por isso que o valor do condomínio é elevado. o original dessa notícia é da felicia cabrita, foi publicado no sol e é para estabelecer a confusão porque o cu da patroa já está a arder.

  3. a história é velha, todo o bicho careta com ligações ao paralelo sabe o que se passa e quando os desentendimentos no gang são grandes há destes ajustes de contas para clarificar a liderança. portantes não há nada a temer, a justiça e a investigação continuam do mesmo lado, processos inquinados e arquivamentos garantidos por falta de provas. siga para bingo que anda falta privatizar mais umas merdas e os gajos fazem falta para lavar as comissões. a cabrita já vai a caminho e o tio balsas não tem pedalada nem empregados capazes do frete.

  4. Mas qual alguém abra os olhos ao Seguro? !!!
    Esse gajo faz parte da pandilha. É o seguro(!) de existência do actual governo. Sem ele à frente do PS, este partido já tinha disparado nas sondagens, o que ainda não aconteceun e não acontecerá enquanto o gajo for SG. Querem então melhor “conforto” para Passos/Portas? Esse nojo (in)Seguro, não está lá por acaso, está lá a cumprir uma função que é a de inviabilizar o aparecimento duma força política que faça oposição e seja uma real alternativa a esta situação de merda em que vivemos.
    O que eu gostava de saber é o que foi feito daqueles célebres 97% de apoiantes de Sócrates no último congresso do PS. Viraram todos a casaca? Seguiram todos carneiristicamente o in(Seguro)?
    Renderam-se todos à actual maioria? Enfim, estou extremamente desgostoso com toda esta trampa!.

  5. Olha a felícia cabrita, olha a felícia cabrita, ó pazinhos, tende cudado, tende cudado, quéla ainda bem aí com as duas narinas afiadas, e o Bal é ovrigado a dar o ai pi.

  6. Ó José, para teu conhecimento, dir-te-ei que eu fui um “daqueles célebres 97% de apoiantes de Sócrates no último congresso do PS”. Digo-o com muita honra! E porque não virei a casaca, já há muito me demiti de militante daquele partido, “enojado” (foi o termo que usei) com o que para ali se tem passado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.